Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

28 de fevereiro de 2011

Cece confere instalações do Porto Seco nesta terça

Os vereadores da Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Juventude (Cece) visitam, nesta terça-feira (1º/3), as instalações do Complexo Cultural do Porto Seco, na Zona Norte da Capital. O objetivo da visita é conhecer de perto a realidade dos equipamentos já instalados e os projetos do Executivo para aquele espaço. O deslocamento da comitiva inicia às 14h30min, e tem como convidados a Secretaria Municipal da Cultura (SMC), o Conselho Municipal de Cultura, Associação das Entidades Carnavalescas de Porto Alegre e do Rio Grande do Sul, além de escolas de Samba do Grupo Especial da Capital.

Leonardo Oliveira (reg. prof. 12552)

Leia mais:
Carnaval terá oficinas especializadas no Porto Seco

O Texto, ou... A Vida em Azul

Quando a mídia e o meio cultural insistentemente o nomeavam com a alcunha de Imortal, em sua natural humildade e simpatia de médico sanitarista, ele pedia que o chamassem de Mico. Moacyr Scliar era o doutor, o professor, autor de livros e artigos. Mico era o gurizinho do Bom Fim.

Em sua auto biografia O Texto, ou: A Vida, Scliar comenta que esta duplicidade tinha suas vantagens, “cada vez que começo a ficar com o ego inflado, cada vez que fico muito Moacyr, penso no Mico e volto à minha dimensão verdadeira."
Dono de uma simpatia e de um carisma generalizados, Moacyr Jaime Scliar era considerado uma pessoa que gostava de gostar de pessoas, dedicando-se tanto à família quanto à sociedade da qual fazia parte. Como médico de saúde pública, a proximidade com a dor e o sofrimento humanos não apenas lhe concederam uma reflexão e compreensão maiores sobre a vida e a morte, como também serviram de mote para obras ficcionais como A Majestade do Xingu e não-ficcionais, como A Paixão Transformada: História da Medicina na Literatura.
Apaixonado pelo fazer literário, escrevia por prazer e por necessidade, não importando onde estivesse. Em casa, no aeroporto ou em pleno vôo, Scliar era capaz de abstrair da realidade ao entorno, concentrando-se apenas em transferir para a tela em branco a tradução automática dos seus pensamentos em palavras. Em entrevista ao Clic RBS, em março de 2007, Scliar comentou que “se o escritor não tem prazer escrevendo, o leitor também não terá. Aquilo tem de corresponder a uma necessidade tua que, realizada, se expressa nesse prazer, o prazer do texto, de que fala Roland Barthes”. Deste romance de uma vida inteira com as palavras, resultaram mais de 70 livros, além de artigos e das colunas semanais que escrevia como colaborador dos jornais Zero Hora e Folha de S. Paulo.
Como integrante de uma geração que precisou lutar pelo direito à liberdade de expressão, suas obras não podiam deixar de conter as tintas da denúncia política, ainda que disfarçadamente, por meio da imaginação, sob a influência de autores como Franz Kafka ou Gabriel García Márquez, ou ainda por meio da ironia inteligente, aliada ao famoso humor judaico.

Representante notável de sua cidade e de seu estado, assim como de sua origem e antepassados, Moacyr Scliar deixa, além de uma vasta obra para o deleite de seus leitores, uma tão maior saudade no coração daqueles que tiveram o privilégio de conhecê-lo e de participar, de alguma forma, de sua vida. Saudade do ser humano amigo e solidário, que tinha sempre uma palavra de carinho e incentivo para todos. Saudade e gratidão, por sua vida e pelo grande presente que foi sua obra para todos nós.




Escola Embaixadores do Ritmo celebra São Jorge

Foto: Jonathan Heckler/PMPA
Escola se apresenta no Porto Seco na madrugada deste sábado, dia 5 de março Escola se apresenta no Porto Seco na madrugada deste sábado, dia 5 de março
Neste carnaval, a  Embaixadores do Ritmo entrará na passarela do samba com 1,1 mil integrantes, distribuídos em 18 alas e cinco carros alegóricos. Sua bateria tem 180 ritmistas, e a madrinha é Cássia, que foi princesa do Carnaval 2010. Segundo o carnavalesco Gustavo Giró, haverá uma grande surpresa: "São Jorge estará na Avenida, cabe a cada um usar a imaginação e vê-lo por lá". (fotos)

Adolfo Giró comanda a escola Embaixadores do Ritmo, que tem Luiz Fernando Reis e Gustavo Giró como carnavalescos. Paulinho Mocidade e Farelo vão interpretar o samba-enredo da escola, que entra na avenida às 3h20 da madrugada deste sábado, 5 de março. Joubert dirige os 180 integrantes da bateria; Diego Machado e Jacqueline Gomes são mestre-sala e porta-bandeira.

A Entidade Cultural Beneficente e Carnavalesca Embaixadores do Ritmo foi fundada em 11 de fevereiro de 1950. Um de seus fundadores, João Luiz Foques, foi responsável pela introdução do tamborim no carnaval de Porto Alegre. Embora seja uma das mais antigas escolas da capital gaúcha do Rio Grande do Sul, jamais venceu o desfile principal.

Uma das principais figuras da Embaixadores é seu presidente Adolfo Giró, que foi porta-estandarte da escola de 1953 até 1959. No segundo semestre de 2009, a entidade anunciou mudanças em seu símbolo e cores. O tradicional bordô foi trocado pelo vermelho por uma questão prática - havia dificuldade de encontrar a quantidade necessária de tecido na cor bordô para as fantasias. No símbolo da escola foram adicionados dois ursos polares. Os principais títulos foram o de campeão do grupo II em 1958 e 1985.

Samba-enredo 2011
"A música, a mística, a fé, a lenda — Salve Jorge"
(de Vinícius Maroni, Vinicius Brito e Canalli)
SOU DEVOTO DE JORGE
E FILHO DE OGUM
SOLDADO GUERREIRO,
MEU MANTO É VERMELHO
EU SOU MAIS UM
DE UMA LEGIÃO QUE CANTA FORTE:
SALVE JORGE!
PEÇO PARA O SANTO PADROEIRO
QUE TRANSFORME EM CAVALEIRO
MEU AMADO EMBAIXADOR
QUE VAI À LUTA EM PROCISSÃO
CANTANDO SAMBA EM ORAÇÃO
VEM DA CAPADÓCIA
ESTA HISTÓRIA DE UM CAPITÃO VALENTE
QUE EM ROMA COMBATIA
E POR SUA GENTE
FEZ VALER A SUA FÉ EM NOME DA CRUZ,
A DESPEDIDA BRILHA NO CÉU
A PROTEÇÃO DE NOSSA VIDA
OGUM... ODUDUA
CRIOU DE ORUM À AIÊ
VEM MEU ORIXÁ OGUM YÊ,
DEIXA GIRAR SARAVÁ!
IFÉ... SENHOR DO FERRO
ENTÃO REINOU ENTRANDO NA FLORESTA
O GUERREIRO A DESBRAVAR
PRA NESTE CHÃO PLANTAR
COMO ENSINOU ORUNMILÁ
A DOR QUE VARA A NOITE
EM CADA AÇOITE
PELO MAR EMBALA A FÉ
DO NEGRO A VER NO SANTO
UM ORIXÁ PEGA NA LANÇA
PRA LUTAR SUA DEMANDA
É VENCER MAIS UM DRAGÃO
MORA NA LUA,
ILUMINA A PROCISSÃO

Vila do IAPI homenageia cultura alemã e Oktoberfest

Foto: Guilherme Santos/PMPA
Escola se apresenta com escola com 19 alas Escola se apresenta com escola com 19 alas

A União da Vila do IAPI entra no sambódromo com o samba-enredo “Com o líquido dos Deuses, vem pra Vila brindar a Oktoberfest”. A escola desfilará com 19 alas e 1,8 mil integrantes, sendo 200 ritmistas. A bateria é preparada e conduzida por mestre Boneco, o carnavalesco é Sérgio Guerra e o intérprete é Kaubi. Segundo o presidente da escola, Jorge Sodré, o público ficará surpreso com a inovação no abre-alas, que terá apresentação inédita no carnaval do Rio Grande do Sul. A escola foi fundada em dia 21 de março de 1980 e adotou as cores azul, vermelho e branco, tendo como símbolo uma locomotiva. (fotos)

Inicialmente era apenas um pequeno bloco que desfilava nas ruas do bairro IAPI, mantido por seus fundadores com o auxílio da comunidade. O primeiro nome do grupo era “Bloco do Bolinha”, mas a manifestação e o entusiasmo de todos foram levados tão a sério que, hoje, a União da Vila do IAPI é considerada  "a simpatia do carnaval". Atualmente a sede da escola fica no bairro Sarandi.

A escola jamais venceu o grupo especial, tendo seus melhores desempenhos em 1991 e 2004, quando foi vice-campeã. Antes, em 1984, a escola foi campeão do Grupo II. A União da vila do IAPI  foi a escola que introduziu os ritmos afros nos ensaios na sua quadra. A escola instalou sua primeira quadra, naturalmente, no Bairro IAPI, transferindo-se para a Chácara das Pedras em 1990. 

Evandro e Hélida formam o casal mestre-sala e porta-bandeira. Entre as figuras folclóricas e bem conhecidas do carnaval de Porto alegre estão a Família Guedes, Jorge Sodré, e Claudião da Vila (intérprete da escola nos anos 1980).

Samba-Enredo
"Com o líquido dos deuses, vem pra Vila brindar na Oktoberfest"
COMPOSITORES: Diego Nicolau e Rafael Tubino
 
Dourada como os raios do sol
Agraciada pelos deuses
“Quem eu sou?” 
O pão originou
A bebida que o desejo saciou 
Entre lendas, mitos e magias
Águas rolaram pelos jardins 
Tantas Histórias... “Realidade ou fantasia!”
Atravessando os mares viajei
Em cerveja me tornei
Na produção dos nobres, me purifiquei
 
SOU COMBUSTIVEL QUE CONTAGIA
CHEGA MAIS, QUE VILA É ALEGRIA!
CANTA FORTE, COMUNIDADE!
“NUM PORRE DE FELICIDADE!”
 
No meu Brasil, a bebida mais pedida 
Pelas ruas lá vou eu te fazer feliz da vida
Vejo flores coloridas
Brotando nos bosques de Blumenau
No berço da cultura alemã
A festa é tradicional
Vem sentir o sabor inspirando amor
Do povo eu sou a mais querida
Beba dessa fonte saborosa
Até no barril sou maravilhosa
Oktoberfest hoje é meu carnaval
“E embriaga com meu alto astral...”

TEM CERVEJA GELADA... PRA BRINDAR!
O NOSSO SHOW VAI COMEÇAR...
É O TREM DA ZONA NORTE, QUE CHEGOU!  
VEM SER VILA POR AMOR!

Baile Dá Saudade abre Carnaval de Salão na Capital

Foto: Divulgação/PMPA
Baile será no Caixeiro Viajantes no dia 4 de março Baile será no Caixeiro Viajantes no dia 4 de março

O Baile Dá Saudade – Folia Não Tem Idade abrirá a temperada dos bailes de Carnaval de Salão do Estação Folia 2011 na sexta-feira, 4 de março, a partir das 17h, no Clube Caixeiros Viajantes. Dirigido especialmente ao público da terceira idade, da Capital e do interior do Estado, o baile terá edição única com o tema Faraós e Rainhas do Egito e irá premiar a fantasia mais original e o bloco mais animado. De 5 a 7 de março, os bailes para o público adulto em geral serão oferecidos de forma alternada nos três clubes de Porto Alegre que há oito anos promovem o Estado Folia: além do Caixeiros, o Lindóia Tênis Clube e o Farrapos.
O programa foi criado pelos clubes para incrementar o fluxo de público nos bailes carnavalescos de salão e, desde 2009, tem o apoio da Secretaria Municipal de Turismo e do trade turístico da Capital por oferecer mais uma opção de lazer e ser uma alternativa de melhorar a ocupação hoteleira e de outros serviços receptivos da cidade no período de verão. Para que também visitantes de outras localidades, que optam por viajar dentro do próprio Estado em busca de atrações diferentes nesta época do ano, possam reviver os tradicionais bailes de salão, com descontração e segurança, foi articulada uma rede de agências de turismo receptivo que, em parceria com os clubes, formatam e comercializam pacotes de viagem que incluem o ingresso para os bailes.
Bailes - O tema deste ano do Estação Folia é  “Viagem ao Mundo em Quatro Noites” e cada clube representará um país ou cidade. O baile adulto do Lindóia terá como tema a China e animará os foliões no dia 5. O baile do Farrapos transportará os foliões para a cidade de Veneza no dia 6, e o Caixeiros Viajantes irá explorar o clima tropical do Hawai, no baile do dia 7. Os bailes nos três clube começarão as 23h e terão a animação da Atração Banda Show. Ainda no dia 6, Lindóia, Caixeiros e Farrapos promoverão bailes infantis simultaneamente a partir das 16h.
As agências e operadoras que organizam pacotes para o Estação Folia são a Pampas Viagens & Turismo (51 3251.5192 ou atendimento@pampasviagens.com.br), a Rota Cultural (51 3348.1649 ou alo@rotacultural.com.br), a Textur Viagens e Turismo (51 3023.7995 ou zanata@textur.com.br), a Uneworld Viagens (51 3511.0666 ou receptivo@uneworld.com.br), a Bonete Tur Viagens e Turismo (51 3019.0689 ou medbonete@terra.com.br), a TriLegal Turismo (51 3221.7201 ou trilegalturismo@hotmail.com) e a Liga Turismo (51 3085.4466 ou contato.poa@ligaturismo.com.br).

Adeus Moacyr Scliar



            Dizem que os imortais nunca morrem. E nesta verdade cegamente acreditávamos. A Academia Brasileira de Letras declarou que o escritor gaúcho Moacyr Scliar era imortal a partir de seu ingresso naquela conceituada instituição. Só esqueceu de combinar esta moção junto aos desígnios superiores.
            Scliar faleceu neste domingo, 27 de fevereiro de 2011, depois de um período de coma, em que lutou bravamente pelo bem maior que é vida. A noticia se espalhou rapidamente pelo estado, deixando entristecidos seus leitores e todos aqueles que reconheciam a sua importância para a cultura rio-grandense.
            Como presidente atual da Sociedade Partenon Literário, reconheço que Scliar teve um papel importante para nossa instituição quando proferiu uma palestra histórica atendendo a convite do ex-presidente Serafim de Lima. E isto numa época em que ainda se estabelecia o processo de reativação e fortalecimento do Partenon. Agradecemos profundamente escritor imortal sua contribuição para nossa entidade pioneira e espero que este agradecimento chegue até à dimensão em que agora te encontras.
            Pessoalmente tive dois encontros com o mestre da literatura. Primeiro em 2004, quando ele era Patrono e parou para conversar comigo num dos corredores da Feira do Livro de Porto Alegre. Depois em 2008, novamente na Feira do Livro, quando pedi para que ele posasse para uma foto que deixo abaixo como uma imagem que guardo até hoje no meu acervo.
            Sua partida nos demonstra a grande verdade de que a vida é muito perene. Mas muitos fazem dela uma lição de dignidade, de amor e dedicação ao conhecimento como é o caso de Moacyr Scliar. Adeus Escritor. Sua obra é imortal!

Benedito Saldanha
«Membro da Academia de Letras do Brasil
Presidente do Partenon Literário


Carnavalescos aprovam infraestrutura na Muamba

Foto: Ricardo Stricher/PMPA
Rei Momo exaltou presença do público nas arquibancadas nos dois dias Rei Momo exaltou presença do público nas arquibancadas nos dois dias

A Muamba oficial do Carnaval 2011 aconteceu nos dias 25 e 26 de fevereiro e teve a participação de 12 escolas de samba no Complexo Cultural Porto Seco, com grande afluência de público, apesar da chuva na sexta-feira. Divididos em seis escolas por noite, os desfiles começaram às 23h30, na sexta-feira, e 22h45, no sábado, e serviram para testar as novidades do Complexo. Acesse a galeria de fotos.
Segundo o coordenador de Manifestações Populares da Secretaria da Cultura de Porto Alegre, Joaquim Lucena, a Muamba foi perfeita no cumprimento de seus objetivos. O Rei Momo Fábio Verçosa destacou também o ensaio técnico das escolas: "Quem esteve lá viu que algumas delas interromperam mais de uma vez o desfile para corrigir detalhes na evolução das alas, de modo a acertar um desfile sem defeitos na semana que vem. Também cumpriu o objetivo de dar chance ao publico com menos poder aquisitivo, ou que eventualmente não poderá estar no Porto Seco nos dias do desfile oficial, de ver as escolas gaúchas em ação", afirmou. O ponto mais positivo para o Rei Momo é o fato de que as duas noites tiveram um público significativo. "Mesmo na sexta-feira, com chuva, as arquibancadas permaneceram ocupadas do início ao fim, independentemente do tamanho da escolha que estava na pista", resumiu Verçosa.
Nesses dias funcionou também a venda de ingressos para os desfiles do Grupo Especial, nos dias 4 e 5, e para o desfile das campeãs, no dia 12 de março, sempre a partir das 20h, nas bilheterias do Porto Seco. Os ingressos custam R$ 10,00, com desconto de 50% para idosos acima de 60 anos. Crianças até seis anos não pagam. Ainda restam 10.320 ingressos para as três noites. O desfile do Grupo de Acesso, no dia 6, será gratuito com retirada de senhas nas bilheterias.
A Muamba - Na Muamba, escolas de samba e profissionais envolvidos na folia têm a oportunidade de dar os retoques finais em quesitos como harmonia, evolução e desempenho. A organização do evento, por seu lado, tem a chance de observar o funcionamento dos serviços, incluindo nisso fluxo de trânsito, limpeza, qualidade e funcionalidade dos banheiros, etc. A comissão organizadora do Carnaval, composta pela Secretaria Municipal da Cultura (SMC) e Associação das Entidades Carnavalescas de Porto Alegre e do RS (Aecpars), reunida com Brigada Militar, EPTC e Secretaria Municipal de Saúde (SMS), checou os últimos detalhes técnicos e de estrutura. Cerca de 700 pessoas estiveram envolvidas na organização do ensaio geral.

Bambas leva 1.300 integrantes ao sambódromo

Foto: Guilherme Santos/PMPA
Trabalho é intenso nos barracões da Bambas no Porto Seco
Trabalho é intenso nos barracões da Bambas no Porto Seco
A Sociedade Beneficente Bambas da Orgia foi fundada em 6 de maio de 1940 por um grupo de ex-integrantes dos Turunas na Rua Santana. No seu primeiro desfile apenas 13 componentes entraram na avenida. Em 1942 houve uma dissidência entre alguns fundadores, o que ocasionou a fundação da Sociedade Nós, os Democratas, na Rua Santana, onde a Bambas da Orgia teve sua primeira sede social.  A escola é detentora de troféus especiais por suas conquistas, entre eles o Troféu Zé Pereira, Troféu Vicente Rao e o Troféu Aimoré Silva.

Os principais títulos são os de campeã do carnaval de Porto Alegre nos anos de 1956, 57, 58, 59, 60, 74, 77, 79, 80, 83, 84, 85, 86, 89, 98, 2002, 03, 04 e 07. Em 2001, foi campeã no grupo intermediário A.
Ao entrar no sambódromo, às 23h50 da noite de 4 de março, a Bambas da Orgia vai apresentar 18 alas, com aproximadamente 50 integrantes cada, totalizando, com seus destaques e mais de 200 ritmistas, cerca de 1300 componentes. A apresentação contará com cinco alegorias. A presidente Rosalinda Conceição garante que “a força, a garra e a união da nação azul e branco mostrarão porque a Bambas da Orgia têm 70 anos de glórias”.

Severo Luzardo é o carnavalesco e Rosalina Conceição, a presidente da Bambas. Mestre Estêvão comanda a bateria da escola e Evandro Ferraz e Fabiana são o mestre-sala e a porta-bandeira.
Samba-enredo 2011
Ô Abre-Alas que eu quero passar
Compositores: Anderson Pereira, Cláudio Dias, Vanderson Rodrigues, Wagner Barcellos, Rogério Barcellos, Gustavo Mendes e Vilsinho Astral
VOU FESTEJAR, VOU SACUDIR ESTA CIDADE
CORAÇÃO AZUL E BRANCO, RAZÃO DE MEU CANTO,
SOU BAMBAS E NINGUÉM VAI ME DERRUBAR
Ó ABRAM-ALAS!!
Ô ABRAM-ALAS, DEIXEM MINHA ÁGUIA PASSAR
NA PASSARELA DA FOLIA,
ESBALDAR FELICIDADE
CANTAR, PULAR ANTIGOS CARNAVAIS
EXTRAVASAR, CRIAR A FANTASIAA NAÇÃO INFEITIÇADA
NA FESTA DO MOMO, VAI SE ACABAR
QUEM TE VIU QUEM TE VÊ (ÔÔÔ)
VOCÊ ME CONHECE?
MAIS UM MÁSCARADO, MAIS UM “ZÉ POVINHO”
QUE HOJE VIRA ARTISTA NA TV
(BATUCA NEGRO PRA VALER!!)
BATUCA NEGRO PRÁ VALER, A TUA RAÇA INSPIRA FÉ…
NO SAMBA A VIRTUDE, NOSSA NEGRITUDE,
O RITUAL DO BOM AXÉ
RELEMBRAR!! COM CONFETE E SERPENTINA
TURUNA EU FUI VI MEU SONHO AFLORAR
BAMBAS PISA NA FORTE NA AVENIDA (BRILHA!!)
LANÇA-PERFUME PELO AR
NA FORÇA DE UM POVO GUERREIRO
O INDÍO É CULTURA, FOLIÃO BRASILEIRO!
VICENTE RAO, EM SEU REINADO GENIAL
CHAMAVA O POVO PRA CANTAR……
“Ó MEU AMOR, NÃO FAZ ASSIM,
EU SOU O BLOCO TIRA O DEDO DO PUDIM ”
“COMIGO NINGUÉM PODE”, “TE ARREMANGA E VEM”
MUAMBA NA “SALDANHA “EU VOU TBM”.

CURSO DE INICIAÇÃO A PROJETOS CULTURAIS

Ministrante: Wagner Ferraz*

 

Apresentação

O Curso de Iniciação a "Projetos Culturais" busca proporcionar conhecimentos básicos para a elaboração, gerenciamento e prestação de contas de projetos no âmbito cultural.  Aborda conteúdos teóricos e práticos que possibilitem ao aluno elaborar seu próprio projeto cultural para editais e a Lei Federal de Incentivo a Cultura, pontuando metodologia para elaboração e cadastramento destes para avaliação.

 

Objetivos do curso 

  • Proporcionar que artistas, gestores, empreendedores, técnicos e produtores culturais e demais interessados com experiência em distintas áreas, tenham acesso às informações básicas sobre projetos culturais e cadastramento no Ministério da Cultura e/ou em editais;
  • Apresentar as etapas necessárias para o sucesso de um projeto cultural, passando pelo planejamento, elaboração, gerenciamento e prestação de contas;
  • Possibilitar conhecimentos básicos para a elaboração e desenvolvimento de seus próprios projetos além de exercitar de forma prática as etapas dessa elaboração;

Público-alvo:

Estudantes e graduados em artes visuais, dança, teatro, música, design, comunicação, jornalismo, educação, moda e áreas afins.  Profissionais de diferentes áreas e produtores culturais que buscam entender o processo de elaboração de projetos culturais.

 

Modalidade: Presencial

 

Local: Avenida Independência 330/sala 410 – Porto Alegre/RS

 

Data de Início: 16 de março de 2011

Dia da Semana:Quartas-feiras

 

Horário: 19:00hs às 22:15hs

 

Carga Horária: 36 horas

 

Investimento:R$ 270,00

 

Matrícula:R$ 20,00

 

Programa:

- Cultura e Gestão Cultural;

- Elaboração de Projetos (etapas);

- Orçamento;

- Lei Rouanet – Incentivo Fiscal Federal;

- SalicWeb;

- Editais para Projetos Culturais;

- Divulgação do Projeto;

- Captação de Recursos;

- Prestação de Contas e Relatório.

 

Cronograma:

Aula

Temática

Dia

Duração

Unidade 01

Cultura e Gestão Cultural

16/03

03 horas

Unidade 02

Elaboração de Projetos (etapas)

23/03

03 horas

Unidade 03

Elaboração de Projetos (etapas)

30/03

03 horas

Unidade 04

Elaboração de Projetos (etapas)

06/04

03 horas

Unidade 05

Elaboração de Projetos (etapas)

13/04

03 horas

Unidade 06

Orçamento

27/04

03 horas

Unidade 07

Lei Rouanet – Incentivo  Fiscal  Federal

04/05

03 horas

Unidade 08

SalicWeb

11/05

03 horas

Unidade 09

Editais para Projetos Culturais

18/05

03 horas

Unidade 10

Divulgação do Projeto

25/05

03 horas

Unidade 11

Captação de Recursos

01/06

03 horas

Unidade 12

Prestação de Contas e Relatório

08/06

03 horas

Total

36 horas

 
Certificado:

Será fornecido a todos os que tiverem, no mínimo, 75% de frequência.

 

Ministrante:

*Wagner Ferraz

Especialista em Gestão Cultural.  Cursa Especialização em Educação Especial (conclusão em fevereiro/2011). Graduado em Dança pela ULBRA. Atuou como Assessor da Coordenação de Cultura da ULBRA 2009/2010.  Coordenador e pesquisador do grupo de pesquisa Processo C3, idealizador e editor da Revista Digital Informe C3 Corpo, Cultura, Artes e Moda (www.processoc3.com/ISSN: 2177-6954). Idealizador e Coordenador da 1ª Reunião Moda como Cultura/RS. Coordenador de Projetos e Pesquisa e Planejamento da Terpsí Teatro de Dança. Presta Assessoria para a elaboração de Projetos Culturais. Atualmente esta Cursando a formação em Intérprete/Tradutor de LIBRAS.

 

Mais informações: 
 

 

27 de fevereiro de 2011

Ônibus levará formalização aos bairros da Capital

Foto: Divulgação/PMPA
Cronograma de visitas começa no bairro Sarandi, em abril
Cronograma de visitas começa no bairro Sarandi, em abril
A prefeitura, por meio da Secretaria Municipal da Produção, Indústria e Comércio (Smic) e da Carris, em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/RS), lançará dia 15 de março a “Linha da Pequena Empresa”.

A iniciativa inédita levará aos bairros de Porto Alegre formalização, capacitação profissional, microcrédito e concessão de alvarás aos micro e pequenos empreendedores. A solenidade acontecerá às 10h, no Largo Glênio Peres, com as presenças do prefeito José Fortunati, do secretário da Smic, Valter Nagelstein, e do diretor-presidente da Carris, João Pancinha.
De acordo com Nagelstein, o objetivo é levar informação e trazer para a formalidade muitos empreendedores que trabalham na informalidade. “A Smic tem realizado diversas ações no sentido de qualificar o empreendedorismo local, incentivando a formalização das atividades”, destaca.
Cronograma
 04 a 08 de abril – Sarandi
11 a 15 de abril – Rubem Berta
18 a 20 de abril – São Geraldo
25 a 29 de abril – Passo D’Areia
02 a 06 de maio – São João
09 a 13 de maio – Floresta
16 a 20 de maio – Rio Branco
23 a 27 de maio – Farrapos
30 de maio a 03 de junho – Cristo Redentor
06 a 10 de junho – Vila Ipiranga
13 a 17 de junho – Passo das Pedras
20 a 24 de junho – Jardim Sabará
27 de junho a 01 de julho – Mário Quintana
04 a 08 de julho – Vila Jardim
11 a 15 de julho – Centro
18 a 22 de julho – Petrópolis
25 a 29 de julho – Bom Jesus
01 a 05 de agosto – Jardim Carvalho
08 a 12 de agosto – Jardim Botânico
15 a 19 de agosto – Santana
22 a 26 de agosto – Menino Deus
29 de agosto a 02 de setembro – Partenon
05 a 09 de setembro – Santo Antônio
12 a 16 de setembro – Cidade Baixa
19 a 23 de setembro – São José
26 a 30 de setembro – Aparício Borges
03 a 07 de outubro – Santa Teresa
10 a 14 de outubro – Cascata
17 a 21 de outubro – Morro Santana
24 a 28 de outubro – Cristal
31 de outubro a 04 de novembro – Cavalhada
07 a 11 de novembro – Nonoai
14 a 18 de novembro – Camaquã
21 a 25 de novembro – Lomba do Pinheiro
28 de novembro a 02 de dezembro – Restinga
05 a 09 de dezembro – Vila Nova
12 a 16 de dezembro – Ipanema

Governo do Estado vai lançar prêmio literário com o nome de Scliar este ano


O governo do Estado vai lançar ainda este ano um prêmio literário batizado em homenagem a Moacyr Scliar. O anúncio foi feito pelo governador Tarso Genro agora há pouco, durante visita ao velório do escritor gaúcho na Assembleia Legislativa.
Tarso esteve no Salão Júlio de Castilhos por cerca de 40 minutos, tempo em que cumprimentou familiares e autoridades presentes. Na saída, disse à imprensa que o Grande Prêmio Moacyr Scliar está em fase de preparação, e que os valores da premiação ainda são tema de negociação com a Petrobras. O governador lamentou a perda de um dos maiores autores gaúchos.
— Era um ser humano extraordinário. Os gaúchos devem lembrar dele como um judeu universal — disse Tarso, que decretou luto oficial de três dias no Estado.
Segundo o secretário da Cultura, Luiz Antonio de Assis Brasil, e o presidente do Instituto Estadual do Livro, Ricardo Silvestrin, o prêmio Moacyr Scliar deverá ser anual, voltado alternadamente às categorias poesia e conto — a primeira edição deverá ser realizada ainda este ano, voltada à poesia.
Também esteve no velório o primeiro secretário da Academia Brasileira de Letras, Domicio Proença Filho, que definiu Scliar como “um dos membros mais atuantes e representativos” da ABL.
— Ele ia todas as quintas-feiras para as sessões (a sede da ABL fica no Rio de Janeiro), sempre muito participativo. Deixa um grande legado na literatura brasileira. Ele chegou em um momento em que a ABL busca se aproximar do público, e certamente contribuiu muito para isso.
O escritor gaúcho Fabrício Carpinejar chegou ao velório com uma homenagem visual inusitada ao escritor: o corte de cabelo forma as letras da palavra “Scliar”.
— É o mínimo. Ele sempre esteve na nossa cabeça. A perda dele é uma orfandade, ele sempre foi um referencial para várias gerações.
A Academia Brasileira de Letras (ABL) decretou luto oficial de três dias por causa da morte de Scliar. Segundo a entidade, a bandeira acadêmica será hasteada a meio mastro.

Por Luis Bissigo

IGTF promove reunião para tratar da Semana Farroupilha

A Comissão Estadual dos Festejos Farroupilha 2011 realizou hoje (25/02) na sede da Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore (IGTF) a primeira reunião do ano para tratar sobre a organização da Semana Farroupilha, que acontecerá nos dias 13 a 20 de setembro em diversos municípios do Rio Grande do Sul.

O encontro foi coordenado pelo presidente do IGTF, Rodi Pedro Borghetti, que, por disposição legal, passou a presidência e vice-presidência para Erival Bertolini e Claudio Knierim, eleitos pelos demais integrantes da comissão.

A Comissão tem como tarefa organizar os festejos farroupilha, elaborar seu calendário de eventos, o temário específico de cada ano e orientar as Comissões Municipais nas atividades integrantes das comemorações de cada ano.

Um dos assuntos abordados foi o tema dos festejos, aprovado anteriormente pela Comissão e homologado pelo Congresso Tradicionalista Gaúcho do MTG
deste ano. O tema, denominado “Nossas raízes”, é abrangente e tem como objetivo explorar a história do Estado e buscar, em alguns episódios e períodos, indicadores da identidade do povo gaúcho. Revisitar a história e retirar dela os aspectos que melhor retratem a formação sócio-cultural do nosso Estado é tarefa que não se esgota e ajudará a entender melhor a identidade cultural regional.

Embora o tema geral se aplique a todo o Estado, cada município poderá imprimir suas características locais, aprofundando, assim, a discussão sobre os aspectos e especificidades que contribuíram para a sua formação cultural, de acordo com a predominância de uma ou outra etnia.

Para desenvolver o temário geral, foram selecionados os seguintes momentos da história do Rio Grande do Sul: os jesuítas no território gaúcho, Colônia do Sacramento e tropeirismo, a fundação da província, os açorianos e a fundação de Porto Alegre, a época das charqueadas, a Revolução Farroupilha, a Guerra contra Rosas e do Paraguai, a Revolução Federalista e a participação dos alemães, italianos, portugueses, negros, charruas, guaranis, entre outros, na formação da cultura e identidade regional.

A comissão deverá aprofundar esses e outros assuntos nas reuniões que acontecerão durante o ano. A próxima, será realizada no dia dois de março, às 10h, na sede do IGTF.


Participaram da reunião Rodi Pedro Borghetti, Claudio Knierim e Valter Carneiro, presidente, diretor técnico e administrativo do IGTF, respectivamente, e demais representes Comissão: João Menine, Secretaria de Estado da Cultura; Erival Bertolini e Edison Debom, Movimento Tradicionalista Gaúcho; Carla Chilanti Pinheiro, Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (FAMURS); capitão João Silveira Cardoso, Brigada Militar; Gladis Terezinha Garcia, Secretaria de Turismo; Edson Mendes Mello Rosa e Laureci Catarina Martins Gulart, Secretaria da Educação e Marcelo Begnini, Secretaria Esporte e Lazer.


Assessoria de Imprensa
Rita Escobar - Mtb 6079
(51) 9327.5434 / 3228.1711

Moacyr Scliar será homenageado na Semana de Porto Alegre

Foto: Cristine Rochol / PMPA
Moacyr Scliar, que também era médico, foi parceiro da prefeitura em diversas campanhas Moacyr Scliar, que também era médico, foi parceiro da prefeitura em diversas campanhas
 A Prefeitura de Porto Alegre une-se às manifestações de pesar pelo falecimento do escritor Moacyr Scliar, solidarizando-se com seus familiares e leitores, admiradores e amigos. O prefeito José Fortunati lamenta com pesar o falecimento do escritor porto-alegrense, ocorrido na madrugada deste domingo, 27, na Capital.

Fortunati afirmou que a cidade tem obrigação de homenageá-lo, e por isso a semana comemorativa aos 239 aniversário da cidade levará o seu nome: Semana de Porto Alegre Moacyr Scliar. A semana, que  ocorrerá de 19 e 26 de março, terá sua programação alterada para homenagear o autor, membro da Academia Brasileira de Letras.

Por meio da Secretaria Municipal de Cultura (SMC), serão organizadas diversas atividades. Já estão confirmadas iniciativas como como debates sobre a obra de Scliar, que publicou romances, contos, crônicas, ensaios e ficção infanto-juvenil, além da publicação de artigos e crônicas em jornais de grande circulação, como Zero Hora. Também haverá leitura pública e exposições.

“É uma homenagem da cidade, do seu aniversário, a um escritor completamente enraizado com a capital de todos os gaúchos. Suas obras sempre fizeram referência à cidade”, destacou o prefeito. Por todo o seu legado pessoal e profissional, Porto Alegre presta homenagem e reconhecimento a esse ilustre porto-alegrense, que muito contribui para o seu desenvolvimento social, cultural e intelectual da cidade.

Livrarias se inspiram no passado para enfrentar avanço das mídias digitais

Lojas investem em espaço atrante para experiência impossível no ambiente virtual

Livrarias brasileiras investem em espaços mais convidativos com poltronas e cafés - Fernando Gomes
Livrarias brasileiras investem em espaços mais convidativos com poltronas e cafés
Foto:Fernando Gomes

Jaime Silva | jaime.silva@zerohora.com.br
Em busca de um rumo para seu futuro, as livrarias buscam inspiração no passado. Para enfrentar o crescimento dos meios digitais, como as vendas online e o nascente mercado de e-books, as empresas do ramo no Brasil investem para tornar suas lojas um espaço atraente, que ofereça uma experiência impossível de ser reproduzida no ambiente virtual.

A proposta lembra as livrarias das grandes capitais europeias que serviam de ponto de encontro para escritores e amantes da literatura no início do século 20, quando a ideia de comprar livros sem sair de casa não passava de fantasia. A versão contemporânea desse conceito se traduz em lojas aconchegantes — com poltronas e um café, por exemplo —, atendimento especializado e a realização de atividades culturais paralelas, como palestras e oficinas literárias.

— A livraria que ainda se basear só em um grande balcão e estantes vai fechar — sentencia o vice-presidente da Associação Nacional de Livrarias (ANL), Ednilson Xavier.

O debate sobre o futuro das livrarias enquanto modelo de negócio ganhou força nos últimos dias com o anúncio da concordata da rede norte-americana Borders, fundada em 1971 e considerada a criadora do formato de megalivraria. A derrocada da Borders, uma rede de 650 lojas e 19,5 mil funcionários, colocou em discussão o modelo de grandes lojas e a concorrência dos e-books, que no passado cresceram 164,4% nos Estados Unidos.

No Brasil, o cenário é distinto. As vendas de e-books são tão incipientes que ainda não oficialmente mapeadas, afirma Ednei Procópio, integrante da Comissão do Livro Digital da Câmara Brasileira do Livro e pesquisador do tema. Apenas em 2010, as grandes livrarias passaram a oferecer e-books regularmente em seus sites. Para Procópio, uma das razões para os livros eletrônicos venderem pouco no Brasil é a escassez de títulos em português, cerca de 5 mil. Apenas como comparação, a Barnes & Noble, maior rede de livrarias dos EUA, quando colocou o seu e-reader no mercado, contava com mais de 1 milhão de títulos.

— Além de não termos o mesmo nível tecnológico no Brasil, ainda temos de avançar muito em ampliação de público leitor.

Se algum dia uma livraria fechar no país, não será por causa do e-book — diz Procópio.

>>>Leia reportagem completa na edição de Zero Hora deste sábado
ZERO HORA

FOTOS MUAMBA SÁBADO- 27/02/2011








Carnaval de rua leva foliões à Cidade Baixa

É Carnaval em Porto Alegre!


Neste sábado, milhares de foliões do bloco Maria do Bairro tomaram a Rua Sofia Veloso, no bairro Cidade Baixa, em Porto Alegre. O bloco, fundado em 2007, retoma a antiga cultura dos blocos de rua: com marchinhas, confete e serpetina.
Confira imagens da festa:


FONTE;ZERO HORA

Império da Zona Norte homenageia Portugal

Foto: Jonathan Heckler/PMPA
Escola se apresenta com 2,4 mil, divididos em 21 alas
Escola se apresenta com 2,4 mil, divididos em 21 alas
A Império da Zona Norte foi fundada em 20 de março de 1975 por Pedro Guilherme Lopes, Waldir Alves, Oscar Alves, Heitor Lopes, Carlos Alberto, Gildo Lopes e Ana Regina Lopes. Inicialmente localizada no bairro Sarandi, a escola mudou de bairro e foi para Navegantes, sem sair da zona norte. Sua quadra está localizada na avenida Sertório. (fotos)
Com as cores amarelo, branco e prata, a escola venceu o carnaval de 1982, mas, em seguida, passou a enfrentar sérias dificuldades até o final da década de 90. Em 2005, subiu novamente para o grupo especial, sendo vice-campeã nos dois anos seguintes (2006 e 2007), sob o comando de Antônio Ademir Moraes (o Urso). A Império da Zona Norte conseguiu finalmente conquistar o primeiro lugar do carnaval de Porto Alegre em 2008.
Os principais títulos da Império, além das conquistas de 1982 e 2008, foram campeã do grupo A em 1995 (1B) e 2005, campeão do grupo B em 2004 e campeã do grupo II em 1976.
Os Leões da Zona Norte, como é conhecida a escola, enfrentam a avenida com 2,4 mil componentes, sendo 200 na bateria, divididos em 21 alas. A apresentação contará com cinco alegorias. Agora dirigida por Marco Antonio Moraes, a Império defende o samba-enredo “Portugal – Terra Mãe Gentil deste gigante chamado Brasil” , de Fábio Pavão, tendo Sandro Ferraz como intérprete.
Sandro Gravador é o mestre da bateria e Alexandre e Isabel Cristina, o mestre-sala e a porta-bandeira.
PORTUGAL, TERRA MÃE GENTIL DESTE GIGANTE CHAMADO BRASIL
Autor – Fábio Pavão
SOBERANA…TRIUNFA A COROA LUSITANA
NO GRANDE BAILE IMPERIAL
DOM MANUEL E SUA CORTE
ABENÇOAM O FIDALGO NAVEGANTE
ASSIM PARTIU CABRAL AO NOVO MUNDO
PELOS MARES DE NETUNO
CHEGA EM PAPAGALI… UM PARAÍSO TROPICAL
AS FLECHAS SAGRADAS DE TUPÃ
SE UNEM AOS BRASÕES DE ALÉM-MAR
A FÉ CRISTÃ SEMEIA NOSSO CHÃO
DE PORTUGAL VEIO A COLONIZAÇÃO
BEM-VINDO DOM JOÃO, NO CORTEJO REAL
MEU POVO É SÓ FELICIDADE
ABRIU OS PORTOS, DO SEU FILHO UM BRADO FORTE
INDEPENDÊNCIA OU MORTE!
MEU SAMBA E O FADO SE MISTURAM
FESTEJANDO AS HERANÇAS CULTURAIS
JOGOS DE DAMAS, DADOS E BARALHO
O DICIONÁRIO PIONEIRO DE MORAIS
VINHO DO PORTO, CULINÁRIA SOBRE A MESA
NA BOEMIA DOS BOTEQUINS
EU ESQUEÇO AS TRISTEZAS
VEM ZÉ PEREIRA, NA MARCAÇÃO
VAMOS UNIR NOSSAS BANDEIRAS
TERRA MÃE GENTIL
VERDE E AMARELO É O CORAÇÃO DO MEU BRASIL
IMPERIANO EU SOU, ME ORGULHO E SOU FELIZ
BATO NO PEITO, SARANDI MINHA RAIZ
AÇORIANOS SELARAM MINHA SORTE
SOMOS OS LEÕES DA ZONA NORTE

26 de fevereiro de 2011

Programação da Secretaria Municipal da Cultura-março


9,16,23 e 30 de Março

Noite de Walpurgis –Novas Caras
Incentiva novos talentos da cidade.
Tendo origem nas tradições pagãs de celebração à chegada da primavera na Europa, a noite que dá título ao espetáculo foi acusada pela Igreja de ser dedicada à magia e ao culto do diabo, embora fosse, na realidade, uma festa de alegria dramática.
Local: Teatro de Câmara Túlio Piva
Horário: 20h
Entrada Gratuita

11,12 e 13 de Março

Frida Kahlo, à revolução – Homenagem ao dia Internacional da Mulher
Texto inédito, focado no princípio revolucionário. A própria Frida conduz o espectador por uma redescoberta ética e estética, da arte como denúncia solidária e solitária, possível através da mágica que é o fazer teatral. Direção: Daniel Colin.
Local: Teatro Renascença
Horário: sexta e sábado, às 21h e domingo, às 20h.
Entrada Gratuita – senhas 1h antes do espetáculo

15,22 e 29 de Março; 5 de Abril

A Cantora Careca – Teatro Aberto

Projeto para espetáculos experimentais.
Dois estranhos dialogam sobre banalidades como: o tempo, o lugar onde vivem, quantos filhos têm para, surpreendentemente, descobrirem que são marido e mulher, Ionesco inspirou uma revolução importante nas técnicas dramáticas e consagrou o "teatro do absurdo" ou o "anti-teatro".
Local: Auditório Álvaro Moreyra
Horário: 20h
Entrada Gratuita – Senhas 1h antes do espetáculo


25,26 e 27 de Março
Como agarrar um Marido antes dos 40

Aborda, de forma bem-humorada, a busca pela alma gêmea. Lúcia, uma bem-sucedida advogada, percebe que vai fazer 40 anos e ainda está solteira. Ela entra em total desespero e resolve achar de qualquer maneira um marido. A história conta todas as investidas, atropelos e aventuras da protagonista na busca de um grande amor antes do seu 40º aniversário. Direção: Claudio Benevenga.
Local: Teatro Renascença
Horário: sextas-feiras e sábados, às 21h e domingos, às 20h
(Até 17 de Abril)
25,26 e 27 de Março

A Tecelã
Uma tecelã, capaz de converter em realidade tudo o que tece com seus fios, busca preencher o vazio de seus dias criando, para si, o suposto companheiro ideal. O espetáculo trata, de forma poética, da solidão feminina, das dificuldades de relacionamento e do poder criativo como possibilidade de transformação. Direção: Paulo Balardim.
Local: Teatro de Câmara Túlio Piva
Horário: sextas-feiras e sábados, às 21h e domingos, às 20h
(Até 17 de Abril)
26 e 27 de Março

História da Tigresa
Conta a homérica história de um soldado chinês que, por motivos alheios, separa-se de sua tropa. Entregue a própria sorte, ele se vê obrigado a salvar o único fio de vida que lhe resta. Enfrenta tempestades, avalanches de água, escala montanhas, corre por descampados enormes, sobe encostas, até que encontra uma gruta onde pode se abrigar. Entretanto, ali também é a morada de uma tigresa e seus filhotes. Surpreendentemente, ele não vira comida de tigres. Ao invés disso, começa uma relação nada comum entre um homem e um animal. Direção: Arlete Cunha.
Local: Auditório Álvaro Moreyra
Horário: sábados, às 21h e domingos, às 20h
(Até 17 de Abril)

19 e 20 de Março - 24h de Cultura

Apresentações gratuitas de Música, Teatro Adulto e Infantil, Teatro de Rua, Dança, Cinema, Oficinas abertas de Artes Plásticas, Palestras com autores convidados.


Atividades Confirmadas:


Dia 19


Praça Marechal Deodero (Matriz)
11h- Paulo Markun – 50 Anos de Legalidade (Palestra)
Teatro de Câmara Túlio Piva
16h – Histórias da Carrocinha (Teatro Infantil); 20h- Encantadores de Histórias.
Bairro Glória
17h às 22h – Carnaval Comunitário
Usina do Gasômetro
17h30 – Show James Liberato; 18h30 – Show Antônio Carlos Falcão e Banda; 19h30 – Funkalister (música).
Parque Moinhos de Vento (Parcão)
17h30 – Orquestra Jovem de Porto Alegre
Área Externa do Centro Municipal de Cultura
A partir das 19h30 – DJ e “Laurita Leão” (Lauro Ramalho).
Auditório Álvaro Moreyra
20h30 – Animal Agonizante (Teatro Adulto – Direção: Luciano Alabarse); 22h30 – Antônio Cícero: Como Ler Poesia (Literatura); 23h30 – Voltaire Shilling: Hitler, O Anjo das Sombras (Palestra).
Atelier Livre
21h30 – Maratona Literária / Livro: Cães da Província (Autor: Luíz Antônio de Assis Brasil);
Oficinas Abertas de Artes Plásticas.
Teatro Renascença
22h – Show Alegre Correa; 23h – Sarau Elétrico (“Erotismo e Pornografia”); 00h- Hard Working Band; 01h – Zé Adão Barbosa Show; 04h – Show Wander Wildner.
Sala de Cinema P.F. Gastal
Mostra Cao Hamburger (serão exibidos 2 filmes desse cineasta).
Informações: (51)32898137


Dia 20


Parque Farroupilha
10h – Clube do Choro (música); 11h – Banda Municipal de POA; 12h- Programação Brique; 12h30 – Os Fagundes (música);11h às 13h – Roda de Capoeira.
Auditório Álvaro Moreyra e Saguão do Centro Municipal de Cultura
15h30 – Apresentação e lançamento do DVD de Silvia Soter - Professora da UFRJ e crítica de dança do Jornal O Globo. Prêmio Klauss Viana – FUNARTE/2010
Teatro de Câmara Túlio Piva
16h – Histórias da Carrocinha (Teatro Infantil); 20h- Encantadores de Histórias.
Teatro Renascença
16h –Faz de Conta que... (Infantil) - Grupo Experimental de Dança da Cidade;
20h – Pulp Dances - Grupo Experimental de Dança da Cidade,com participação especial dos Bailarinos Premiados no Açorianos de Dança 2010
Bairro Belém Novo
17h às 22h – Carnaval Comunitário
Praça da Encol
18h – Frank Solari (música)
Bairro Partenon/Bar do Ricardo
Roda de Samba.


24 de Março - Medalha de Porto Alegre



Local:
Horário:


26 de Março - Baile da Cidade



Local: Parque Farroupilha

Horário: A partir das 21h





Entrada Gratuita


4, 5 e 6 de Março


Desfile dos Grupos Especiais e do Grupo A

Local: Complexo Cultural Porto Seco


8 de Março



Abertura das Notas dos Jurados – Divulgação dos Resultados

Local: Complexo Cultural Porto Seco


12 de Março


Desfile das Escolas Campeãs

Local: Complexo Cultural Porto Seco
Informações: (51) 3348-9202
www.carnavalpoa.com.br

Até 12 de Março
Pinturas da artista Franca Taddei

Curadoria: Renato Rosa
Local: Casa Torelly – Sala Paulo Osório Flores
Horário: segundas a sextas, das 9h às 12h e das 14 às 18h
Entrada Gratuita


15 a 27 de Março

Exposição em homenagem ao ator Cacá Correa

Ator, diretor e produtor teatral.
Local: Centro Municipal de Cultura – Saguão
Entrada Gratuita

A Partir de 15 de Março

Salão de Arte Cidade de Porto Alegre

Local: Paço Municipal – Sala Aldo Locatelli
Horário: segundas a sextas-feiras, das 9h às 12h e das 13h30min às 18h e sábados, das 13h às 17h
Informações: acervo@smc.prefpoa.com.br (51) 3289-3735
Entrada Gratuita
(Até 16 de Abril)





O processo para os cursos regulares do Atelier Livre da Prefeitura é o seguinte:


14 a 18 de março


Entrevistas com alunos novos



14 de março


Início das aulas para alunos rematriculados



21 de março


Início das aulas para alunos novos

Local:Atelier Livre da Prefeitura

Informações: (51) 3289.8057
13:33 26/02/2011, noreply@blogger.com (Programação e Eventos), Programação da Secretaria Municipal da Cultura
Sessões abertas para discussão.


Dia 14 - O que é Sucesso?
Participação: Airton de Oliveira, Daniel Colin, Eva Schul, Patricia Fagundes e Zé Victor Castiel.


Dia 15 - Como Fazer um Sucesso?
Participação: Alexandre Vargas, Camilo de Lélis, Hamilton Leite, Marcelo Adams e Roberto Oliveira.


Local: Teatro Renascença
Horário: 20h
Entrada Gratuita

30 de Março

Lançamento
Consiste em visitas artístico-pedagógicas nas quais crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, por meio do circo e da música, potencializarão em suas vidas o ato de criação.

Local: Centro Municipal de Cultura – Saguão
Horário: 19h30
Entrada Gratuita
Informações: (51) 3289.8061


Projetos da prefeitura são apresentados à Uampa

Foto: Ricardo Stricher/PMPA
Projeto Cuidadores da Cidade foi um dos destaques Projeto Cuidadores da Cidade foi um dos destaques
Com a presença de lideranças comunitárias históricas e representativas dos bairros da Capital, foi aberto na manhã deste sábado, 26, o Seminário Construindo a Cidadania, promovido pela União das Associações de Moradores de Porto Alegre (Uampa). O evento acontceu no plenário Ana Terra da Câmara Municipal (Plenarinho). fotos

O encontro teve as participações do presidente da Uampa, Sandro Chimendes Porciúncula, do presidente da Carris, João Pancinha, do secretário-adjunto de Governança, Marcos Botelho, e do líder comunitário Firmo Trindade, um dos fundadores da entidade.

Em nome da prefeitura, Botelho apresentou o 5º Congresso da Cidade e o projeto Cuidadores da Cidade, e logo após foi aberto espaço para intervenções, com a colaboração dos líderes Paulista, da Associação de Moradores da Vila Vitória da Conquista, José Renato (Fumaça), do bairro Rubem Berta, e Sérgio Cupini, do bairro Sarandi.

Hoje à tarde ainda serão discutidos temas relacionados aos movimentos sociais, organização e planos de metas da nova diretoria da Uampa. A participação no 11º Congresso da Confederação Nacional de Moradores, que acontece de 26 a 29 de maio, em Praia Grande (SP), também está na pauta do encontro.


Programa do seminário
9h - Abertura e composição da Mesa
9h15 - Histórico do Movimento Comunitário em Porto Alegre e a Trajetória da Uampa - Pedro Dias
10h - Apresentação da organização do V Congresso da Cidade - Marcos Rafael G. Botelho
11h - Apresentação da Federação Gaúcha das Associações de Moradores- Fegam - Atual conjuntura política e a relação com movimentos sociais e o Congresso da Conam - Valério Lopes
12h - Almoço
14h - Painel Relação dos Movimentos Sociais com os poderes Institucionais - deputado Raul Carrion
15h - Apresentação dos Conselheiros e Diretores dos Departamentos da Uampa e a organização do plano de trabalho para 2011 - Sandro Chimendes, presidente da Uampa
18h - Encerramento