Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

31 de março de 2012

Prefeitura lança cartões postais de Porto Alegre

Parabéns à conselheira Berenice Sica Lamas - Academia Literária Feminina-ALF , que foi uma das autoras dos cartões.

O conselho  representado por seu presidente também estava presente à convite da CARRIS.

Para divulgar e enaltecer pontos da Capital, foram lançados sexta-feira, 30, cartões postais sobre Porto Alegre. O evento ocorreu no Palco Elis Regina da Usina do Gasômetro. (fotos)

As lembranças de lugares que não estão necessariamente no roteiro turístico cultural tradicional estão presentes nos 25 cartões postais produzidos pela prefeitura. Cada um com um texto e uma imagem referente a um local, destacam ainda a relação da cidade com o transporte público.

Realizado pela Companhia Carris, através da Unidade de Documentação e Memória, o concurso aconteceu em parceria com as secretarias municipais da Cultura, de Governança e de Turismo, o Gabinete de Comunicação Social, a Procempa e os centros administrativos regionais (CARs).

O prefeito José Fortunati ressaltou a participação da sociedade nos eventos da cidade. "Iniciativas como esta possibilitam que as pessoas desabrochem sua criatividade, poesia e manifestações culturais, dentro de uma pluralidade fantástica que é Porto Alegre". Fortunati lembrou a carência da cidade em cartões portais.

"São cartões que foram produzidos pela alma das 17 regiões do Orçamento Participativo. É a expressão da cultura, da participação da população em cada um de seus bairros", afirmou o diretor técnico da secretaria de Coordenação Política e Governança Local, Plínio Zalewski. Também participaram da cerimônia o presidente da Carris, Sérgio Zimmermann , e o diretor do Inovapoa, Newton Braga Rosa.


/poa240anos
Texto de: Bibiana Barros
Edição de: Vanessa Oppelt Conte
Postais mostram lugares que não estão necessariamente no roteiro turístico
Fortunati ressaltou a participação da sociedade nos eventos da cidade
Foto: Luciano Lanes / PMPA


Festa de posse e sarau na Casa do Artista Riograndense as 17horas

 
PARABÉNS DESDE JÁ PARA TODOS ESSE ABNEGADOS E SUCESSO NA NOVA EMPREITADA.
 
GUIMARÃES

 

HOJE tem festa de posse e sarau na Casa do Artista Riograndense

Serei Presidente mais 3 anos...  abaixo a nova diretoria

 

SINDICATO DOS MÚSICOS FECHA PARCERIA COM CASA DO ARTISTA RIOGRANDENSE
- SARAU NO ÚLTIMO SÁBADO DE TODOS OS MESES

Todo último sábado do mês acontecerá sempre às 17h na Casa do Artista Riograndense

Dia 31 de MARÇO – Sábado - Homenageada ELIS REGINA

Músicos, atores, bailarinos e circenses convidados para celebrar Elis Regina

Nova Diretoria e Conselho Fiscal da Casa do Artista Riograndense

Luciano Fernandes – Presidente

Edison Costa Marques – Vice-Presidente

Shirley Silveira Peralta - 1ª Secretaria

Luisa Hanisch Lopes - 2ª Secretaria

Maurício Rosa Marques -  1º Tesoureiro

Jessica Hiroko de Oliveira – 2ª Tesoureira

Conselho Fiscal

Vanja Clara Michel

Mary Caetano Costa

Artur Luiz França Carravetta

 

 

Atenciosamente,
Luciano Fernandes
Presidente da Casa do Artista Riograndense
www.casadoartistariograndense.blogspot.com

Rua Anchieta, 280 – Bairro Glória
no FACE: https://www.facebook.com/pages/Casa-do-Artista-Riograndense/143277515779403

 

30 de março de 2012

Carris lança postais de locais relacionados com o transporte

Serão lançados 25 postais do Concurso Fragmentos Urbanos
Serão lançados 25 postais do Concurso Fragmentos Urbanos
Nesta sexta-feira, 30, às 18h, no Palco Elis Regina (Usina do Gasômetro), a Companhia Carris, em comemoração aos 240 anos de Porto Alegre e seus 140 anos, lançará os cartões postais do Concurso Fragmentos Urbanos. O prefeito José Fortunati participará do evento.
Realizado pela Companhia Carris, através da Unidade de Documentação e Memória, o concurso aconteceu em parceria com as sSecretarias municipais de Cultura, de Governança e de Turismo,  o Gabinete de Comunicação Social, a Procempa e os centros administrativos regionais – CAR.
O objetivo é divulgar e destacar lugares da cidade que não estão, necessariamente, no roteiro turístico cultural tradicional. Serão lançados 25 postais, cada um com um texto e uma imagem referente a um ponto da cidade, destacando sua relação com o transporte público.


/carris Texto de: Silvana Martins
Edição de: Álvaro Luiz Oliveira Teixeira

FAC 2012: maior investimento direto à cultura na história do RS

Em 2012, o Governo do Estado, através da Secretaria da Cultura, aposta no fomento direto para estimular todos os setores e etapas que envolvem os processos criativos nas diversas regiões do Estado através de 16 editais do Fundo de Apoio à Cultura – FAC.
Na próxima terça-feira, 3 de abril, o governador Tarso Genro anunciará um investimento total de R$ 10 milhões que permitirá à Secretaria da Cultura realizar os dois primeiros editais de Estímulo ao Desenvolvimento da Economia da Cultura, um para sociedade civil e o outro para prefeituras municipais. Estas duas primeiras seleções somam um total de R$ 5 milhões e já terão a primeira fase de inscrições aberta a partir do anúncio. O evento acontece às 17 horas no Teatro Bruno Kiefer da Casa de Cultura Mario Quintana e é aberto ao público.
O diferencial destes primeiros editais é que, ao invés de determinarem áreas culturais, os textos propõem que cada segmento encaixe seu projeto em uma das finalidades do processo criativo, reforçando o conceito de Economia da Cultura. Tal iniciativa dialoga com um conceito contemporâneo de cultura, no qual as fronteiras entre as áreas estão diluídas. Assim, a seleção de projetos de todas as áreas culturais e artísticas acontecerá de acordo com cinco finalidades : Apoio à Criação e Produção; Apoio ao Registro e à Memória; Apoio à Difusão e à Circulação; Apoio à Programação Continuada em Espaços Culturais e Apoio à formulação de Indicadores, Informação e Qualificação.
Ainda no primeiro semestre de 2012, serão lançados os demais editais para concessão de apoio à programação em Feiras de Livro e a projetos de eventos com mais de cinco edições realizadas. O FAC também vai conceder Prêmios nas áreas de Artes Cênicas, das Artes Visuais, da Música e do Audiovisual, além de bolsas para criação nas áreas de literatura, dramaturgia e roteiros. Projetos de educação patrimonial, de circulação de acervos históricos e de curadoria de acervos em museus públicos de artes visuais também compõem o conjunto dos 16 editais do FAC neste ano.
O Fundo de Apoio à Cultura, estabelecido por lei em 2001, só teve um único edital lançado até hoje, em dezembro de 2010. Esta seleção distribuiu um valor total de R$ 880 mil reais em 2011.

Baile da Cidade: um dos maiores encontros da história da MPG

Foto: Ricardo Stricher/PMPA
Baile da Cidade.

Baile da Cidade.

Um encontro raro na história da música popular gaúcha acontecerá no 23ª Baile da Cidade, programado para este sábado, 31, a partir das 20h30 em comemoração ao aniversário de 240 anos da capital no espelho d'água do Parque da Redenção. Artistas como Kleiton & Kledir, Nei Lisboa, Bebeto Alves, Isabella Fogaça, Gelson Oliveira, Raul Ellwanger, Vitor Hugo, Gisele de Santi, Cigano, Lourdes Rodrigues, Ângela Jobim e Luciah Helena subirão ao palco para interpretar canções célebres da cidade, coroando as comemorações da 53ª Semana de Porto Alegre. O evento é realizado pela Prefeitura e tem o patrocínio da Pepsi.

O baile inicia com o sambista Caio Martinez e o grupo Gafieira Elétrica. No repertório, clássicos da MPB de nomes como João Nogueira, Ary Barrozo, Djavan, entre outros. A Banda Municipal de Porto Alegre, sob a regência do maestro André de Oliveira, traz ao palco doze convidados que irão interpretar as canções que festejam a cidade.

São eles: Kleiton & Kledir, que vão cantar "Deu Pra Ti"; Nei Lisboa com "Berlim Bom Fim"; Bebeto Alves com "Pegadas"; Isabella Fogaça com "Porto Alegre é Demais"; Gelson Oliveira com "Ramilonga"; Raul Ellwanger com "Pealo de Sangue"; Vitor Hugo com "Horizontes"; Gisele de Santi com "Menino Deus"; Cigano com "Porto City"; Lourdes Rodrigues com "Alto da Bronze"; Ângela Jobim com "Rua da Praia" e Luciah Helena com "Porto dos Casais". Os arranjos destas canções ficaram a cargo dos maestros Garoto e Tasso Bangel.

A Banda Essência será responsável pela parte final da festa. Grandes telões, banheiros químicos, segurança da Brigada Militar e da Guarda Municipal, apoio da EPTC para o trânsito e DMLU para limpeza, além de quiosques vistoriados pela Vigilância Sanitária completam a infraestrutura do evento. A produção do 23º Baile da Cidade é da Coordenação de Música da Secretaria Municipal de Cultura e a apresentação será do radialista Gerson Pont.

Leia mais

/poa240anos /semanadeportoalegre

Texto de: Livia Auler: estagiária (SMC) / supervisão: Marcelo Oliveira
Edição de: Pedro Fernando Garcia de Macedo

Retratos da Leitura no Brasil



No dia 28 de março, o IPL – Instituto Pró-Livro divulgou os resultados da 3ª edição da pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, considerada o mais aprofundado estudo do mercado dedicado a conhecer o perfil do leitor brasileiro. No seminário realizado em Brasília, o levantamento foi apresentado à autoridades, dirigentes, especialistas de órgãos de Educação e Cultura, entidades, estudiosos e formadores de opinião.

Metodologia: Com a visita a mais de cinco mil municípios brasileiros, o propósito da pesquisa é diagnosticar e medir o comportamento leitor e levantar junto aos entrevistados opiniões relacionadas à leitura. Para isso, foi utilizada a pesquisa quantitativa de opinião com aplicação de questionário estruturado por meio de entrevistas presenciais (com duração média de 60 minutos).

Veja mais em: http://www.prolivro.org.br/ipl/publier4.0/texto.asp?id=2732

Centro de Dança divulga selecionados do Projeto Quartas na Dança 2012


Segue abaixo a relação dos Espetáculos selecionados no Projeto Quartas na Dança e suas datas.

Las Cuatro Esquinas - 18 de Abril

A Flor da Pele - 16 de março

A Nossa Cara - 27 de junho

Em Meio a este Luto eu Luto -11 de Julho

Viva o Folclore - 15 de Agosto

30 Anos de Jazz - 26 de Setembro

Tabuleiro aos Cubos - 17 de Outubro

Bom Voyage - 14 de novembro

Lendas e Folclores do Oriente - 5 de Dezembro

Concurso deverá elaborar projeto para Parque da Cultura e Folclore Gaúcho

O plenário da Câmara Municipal de Porto Alegre, na sessão ordinária desta quinta-feira (29/3), aprovou projeto do vereador Bernardino Vendruscolo (PSD) que institui, na cidade, concurso para a elaboração de projeto de estruturação do Parque Temático da Cultura e Folclore Gaúcho, localizado no Parque Maurício Sirotsky Sobrinho – também conhecido como Parque da Harmonia.
A proposta define como objetivos a que se destina o parque: a preservação e a divulgação da cultura e das tradições do povo gaúcho; a manutenção da originalidade dos usos e dos costumes de todas as etnias que povoaram o Estado do Rio Grande do Sul; e a constituição de espaço cultural, turístico e de lazer. Se aprovado, o projeto será executado por meio de Parcerias Público-Privadas (PPP).
De acordo com Vendruscolo, o parque temático "terá tudo que possa representar nossos usos e costumes, dos diversos rincões que compõem o nosso Estado". Segundo o autor da proposta, deverá prevalecer a demonstração de como era e como é até hoje a vida do homem do campo e da colônia, aquele que desenvolve as atividades rurais na busca de sua sobrevivência junto à natureza. O Parque da Harmonia, explica Vendruscolo, foi "uma escolha natural que se deu ao longo dos tempos, por ser de fácil acesso e com área bastante para comportar estacionamento".
Carlos Scomazzon (reg. prof. 7400)

APROVADO, ONTEM, O PARQUE TEMÁTICO NA HARMONIA!

Até representa que eu tenho premonição.


Domingo, dia 25, fiz uma postagem intitulada O Tradicionalismo e a Copa do Mundo. Nesta matéria, coloquei que estamos mal estruturados e temos pouco a oferecer, em se tratando de gauchismo como um todo, aos milhares de turistas de toda a parte do mundo que visitarão nosso estado em 2014.



Nesta postagem cobrei do Vereador de Porto Alegre, Bernardino Vendruscolo, em que pé que estava seu projeto sobre o Parque Temático da Cultura e Folclore Gaúcho usando a terminologia de que ele (projeto) tinha ido para o "beleléu".



Educadamente, na segunda-feira, o vereador disse que tinha lido nosso blog e respondia que sua luta continuava. Seu e-mail foi exatamente este:



Prezado Léo Ribeiro

Alias, “Grande Léo”

Fui citado no teu blog, e quero ponderar e tentar contribuir. Eu, como Vereador, da Capital Internacional do Gaúcho, tenho procurado fazer a minha parte.

Sou autor dos seguintes projetos tramitando, além dos que já foram aprovados:

- Parque Temático da Cultura Gaúcho – Proc. 00732/2010

- Memorial ao Chimarrão – Proc. 03299/2010

- Museu do Gaúcho – Proc. 01500/2010

- Acampamento Farroupilha extraordinário durante o período da Copa do Mundo de 2014 – Proc. 03298/2010

Entre outros.

Agradeço o apoio de todos.

Fraternalmente.

Bernardino Vendruscolo
Vereador
PSD - 51-32204296



Pois agora a pouco (agora são 21:32) o vereador nos repassa, em primeira mão, outro e-mail com o seguinte teor:


Até que enfim entre “trovoadas de CPIs”, aprovamos nosso tão esperado projeto que busca Instituir o Parque Temático da Cultura e Folclore Gaúcho.

PROC. Nº 0732/10
PLL Nº 028/10

PROJETO DE LEI

Institui, no âmbito do Município de Porto Alegre, concurso para a elaboração de projeto de estruturação do Parque Temático da Cultura e Folclore Gaúcho e dá outras providências.

Art. 1º Fica instituído, no âmbito do Município de Porto Alegre, concurso para a elaboração de projeto de estruturação do Parque Temático da Cultura e Folclore Gaúcho, localizado no Parque Maurício Sirotsky Sobrinho.

Art. 2º A elaboração do projeto de estruturação do Parque Temático da Cultura e Folclore Gaúcho observará, dentre outros objetivos a que se destina esse Parque:

I – a preservação e a divulgação da cultura e das tradições do povo gaúcho;

II – a manutenção da originalidade dos usos e dos costumes de todas as etnias que povoaram o Estado do Rio Grande do Sul; e

III – a constituição de espaço cultural, turístico e de lazer.

Art. 3º A execução do projeto elaborado nos termos dos arts. 1º e 2º desta Lei dar-se-á por meio de Parcerias Público-Privadas (PPPs).

Art. 4º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.


ver o projeto na íntegra

29 de março de 2012

FOTOS REUNIÃO CONSELHO DE CULTURA DIA 29/03/2012

PAUTA: INCENTIVO À CRIAÇÃO E VALORIZAÇÃO DAS COMISSÕES DE CULTURA JÁ EXISTENTES.
O Conselho de cultura em reunião com quórum deliberativo aprovou importantes encaminhamentos, que logo enviaremos para todos.
Guimarães Presidente  Conselho Municipal de Cultura
F: 3026.6777 / 9987.5880
Twitter Guimarães:http://twitter.com/notas_guimaraes
Blog Conselho POA:http://cmcpoa.blogspot.com


1ª RODA - 03 E 04 DE ABRIL DE 2012



1aRODA
03 E 04 DE ABRIL DE 2012
RODADA DE DEBATES SOBRE ARTE

INSCRIÇÕES PODEM SER FEITAS PELO E-MAIL
RODAINSCRICOES@GMAIL.COM

NOVAS REFLEXÕES SOBRE ARTE
A 1a Rodada de Debates sobre Arte se propõe a investigar o cenário artístico contemporâneo a partir de uma série de conferências ministradas por profissionais cujo trabalho se destaca em frentes de atuação diversas. Acadêmicos, curadores, críticos, artistas, jornalistas e galeristas, nossos convidados gozaram de plena liberdade para a escolha dos temas de suas palestras, uma vez que o projeto se destina, justamente, à apresentação de novas reflexões sobre o mundo da arte.
Partindo de uma composição heterogênea de conferencistas, a rodada de debates privilegia o encontro de profissionais cujas trajetórias sinalizam novos horizontes para a arte nacional e internacional. Nesta primeira edição do RODA, o grupo será composto por uma geração que se desenvolveu paralelamente ao processo de globalização, à emergência de artistas oriundos de países periféricos e à crescente absorção da arte pelo mercado e pelas mídias; por outro lado, presenciou o surgimento da arquitetura espetaculosa dos museus, a pletora de bienais e feiras de arte e o que se convencionou chamar de pós-modernidade.
Orientado pelo princípio da diversidade e da autonomia intelectual, o 1a RODA busca aproximar Porto Alegre de profissionais, instituições e centros urbanos que compõem, atualmente, o vasto tabuleiro da atividade artística mundial.

Bernardo José de Souza
Coordenador de Cinema, Vídeo e Fotografia
Secretaria de Cultura de Porto Alegre

PROGRAMAÇÃO
DEBATES CONTARÃO COM TRADUÇÃO SIMULTÂNEA

DIA 3 DE ABRIL - SALA P. F. GASTAL
18 HORAS E 30 MINUTOS:
Elaine Tedesco
(artista e professora do Instituto de Artes da UFRGS)
O ARTISTA NO OBSERVATÓRIO
Um observatório é um lugar onde se tem uma visão privilegiada e instrumentalizada sobre um determinado objeto ou tema; tais dispositivos permitem que o observador estabeleça suas estratégias de análise e interpretação. No presente contexto o artista é simultaneamente o observador e o observado.

20 HORAS:
Fabio Cypriano
(crítico de arte do jornal Folha de S. Paulo e professor da PUC/SP)
ARTE CONTEMPORÂNEA BRASILEIRA = DECORAÇÃO DE CASA DE EMERGENTE?
O ciclo econômico positivo que o Brasil atravessa gera uma nova classe média alta, com novas casas e muitas paredes brancas, que se tornou uma nova e importante fonte de compra nas galerias de arte. Com isso, esse mercado de emergentes passou a ser determinante para a constituição da produção nacional que, se nos anos 1960 e 1970 foi marcada pela experimentação, agora virou decoração. Artistas, nesse contexto, acabam submetendo sua produção à demanda das feiras. A questão que resta: existe em algum lugar uma produção que rompa com esse ciclo?

21 HORAS E 30 MINUTOS:
Storm Janse van Rensburg
(curador independente e ex-diretor da Goodman Gallery Cape Town)
IT’S A STRANGE, STRANGE WORLD WE LIVE IN, MASTER JACK*
A palestra consistirá em um breve panorama da arte contemporânea sul-africana no contexto global dos últimos 20 anos, recuperando alguns eventos importantes, como a extinta bienal de Joahannesburg e a mal-sucedida bienal da Cidade do Cabo, além das trajetórias de artistas como William Kentridge e Candice Breitz e seus respectivos impactos na percepção e recepção da arte sul-africana. Também abordará a recente sensação do grupo de zef rap Die Antwoord, em particular a relação entre sua dança desajeitada e a arte contemporânea, entre outras coisas. A discussão se dará no contexto filosófico de Altermodern (como articulado por Nicholas Borriaud) e de Afripolitanism (como articulado por Achille Mbembe).
*Título do único hit internacional da banda sul-africana Four Jacks and a Jill, de 1967.

DIA 4 DE ABRIL - SALA P. F. GASTAL
18 HORAS E 30 MINUTOS:
Gabriela Motta
(curadora do Itaú Rumos/Artes Visuais e crítica de arte)
NOTAS SOBRE A INDIFERENÇA – Arte Contemporânea Enquanto Categoria Institucional
O que se vive na atualidade, em termos de produção, talvez seja uma intensificação dos dilaceramentos e indeterminações perpetradas pelo que se convencionou chamar de arte moderna. A voracidade com que os trabalhos de arte se substituem hoje em dia e a ansiedade por periodizar um momento autorizam instituições e críticos a categorizar uma produção sem especificidade conceitual ou paradigma histórico.

20 HORAS:
Sam McAuliffe
(professor da Goldsmiths/Universidade de Londres)
ADORNO E A APORIA DA AUTONOMIA ESTÉTICA
“A Arte é autônoma e não é”. Para Adorno, a obra de arte inscreve-se em um duplo-vínculo, do qual ela não pode – embora deva – dissociar-se.
Serão examinadas as várias consequências deste duplo-vínculo tal como aparece na teoria estética de Adorno e na arte contemporânea, mais especificamente na obra de Sarah Morris.

21 HORAS E 30 MINUTOS:
Susanne Pfeffer
(curadora-chefe do KW Instituto de Arte Contemporânea)
DESAFIANDO AS CONVENÇÕES DE EXIBIÇÃO DE OBRAS DE ARTE
Discorrerá sobre sua prática profissional, que nasce do intenso diálogo com os artistas e do produtivo intercâmbio de ideias artísticas e curatoriais. A partir deste sempre renovado modo de trabalho e das questões específicas do espaço e do tempo, novas ideias sobre a construção de uma exposição se desenvolvem e convenções sobre a apresentação de obras de arte são desafiadas.

Cultura divulga indicados ao VI Açorianos de Artes Plásticas

Foto: Divulgação/PMPA

O VI Açorianos de Artes Plásticas vai premiar os trabalhos que se destacaram durante o ano de 2011.

A cerimônia de premiação será no dia 8 de maio, dia do Artista Plástico, no Teatro Renascença, a partir das 20h.
LISTA DE INDICADOS

Destaque em Pintura:
Beatriz Balen Susin – Transfigurações do Real - Galeria Xico Stockinger CCMQ
Britto Velho – La Photo Galeria e Espaço Cultural
Frantz - O ateliê como pintura – MACRS - Galeira Xico Stockinger - CCMQ
Gisela Waetge – Desenhos e Pinturas - Galeria Gestual
Pablo Ferretti – Proibido Mortal - Sala da Fonte - Paço Municipal

Destaque em Escultura:
Antônio Augusto Bueno – Gravetos Armados – Galeria Iberê Camargo – Usina do Gasômetro
Ismael Monticelli – A paixão faz das pedras inertes um drama – Instituto Goethe
Leonardo Fanzelau – Conjecturas - Galeria Gestual
Rommulo Conceição – Entre – Casa M

Destaque em Desenho:
Adauany Zimovski, Gabriel Netto, Guilherme Dable, James Zortéa, Lilian Maus e Túlio Pinto - Instâncias do Desenho – Galeria Augusto Meyer - IEAVI - CCMQ.
Eduardo Haesbaert – A última Cena - Galeria Bolsa de Arte
Flávio Gonçalves, Guilherme Dable, Vivian Herzog e Amélia Brandelli - Maisimerso -ESPM
Nick Rands - A Gente - Museu do Trabalho

Destaque em Cerâmica:
Rodrigo Núñes – Objetos de Desejo - Jabutipê
Tânia Resmini – Objetos de Desejo - Jabutipê

Destaque em Gravura:
Jander Rama – Homem-máquina - UFCSPA
Programa Artista convidado - Fundação Iberê Camargo
Rodrigo Pecci – Polipalimpsesto - Fita Tape

Destaque em Fotografia:
Leandro Selister – Há tempo atento ao tempo - ESPM
Luiz Carlos Felizardo –A fotografia de Luiz Carlos Felizardo - FestFotoPoa - Santander Cultural
Luiz Eduardo Achutti – Achutti Percurso do Artista – Sala Fahrion UFRGS
Raquel Martinuzzi Buriol– O corpo que virou coisa-Galeria Iberê Camargo-Usina do Gasômetro
Tonico Alvares – Rastros – Galeria Xico Stockinger - CCMQ

Destaque em Mídias Tecnológicas:
Ana Norogrando – Sobre as águas – Galeria Sotero Cosme - CCMQ
Chico Machado, Guilherme Dable, Panetone, Fernando Bakos, Giancarlo Lorenci e Danm Laser Vampires - Objeto Som - Fundação Ecarta
Eny Schuch – Vide – Museu do Trabalho
Nelton Pellenz e Dirnei Prates – Marestesia - Ecarta

Melhor Exposição Individual:
Ana Alegria – Meu Pequeno Circo - Galeria Gestual
Eduardo Haesbaert – A última Cena - Galeria Bolsa de Arte
Ismael Monticelli - A paixão faz das pedras inertes um drama - Instituto Goethe
Leandro Machado – Ferpa no Coração – Arte & Fato
Nelson Wilbert – Remix – Bolsa de Arte

Melhor Exposição Coletiva:
Cartão de Visita: Bruno Borne, Dirnei Prates, Marília Bianchini e Nathalia García - Galeria Gestual
Dispor: Mara de Carli, Marcos Sari e Tiago Giora - ESPM
Estados Alterados: Dione Veiga Vieira, Glaucis de Morais, Kim Fielding, Marcela Tiboni, Mariana Silva da Silva e Sarah Bliss - ESPM
Histórias e Lendas de Porto Alegre: Grupo Aflecha - Studio Clio
Maisimerso: Flávio Gonçalves, Guilherme Dable, Vivian Herzog e Amélia Brandelli - ESPM

Destaque de espaço institucional, público ou privado, de divulgação artística:
Espaço Cultural ESPM
Fundação Ecarta
Instituto Goethe
Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul
Museu de Arte do Rio Grande do Sul

Destaque em Projeto Alternativo de Produção Plástica:
Maria Lucia Cattani – Performance e lançamento do livro “Um ponto ao Sul” - Biblioteca Pública do Estado.
Projeto Desvenda - Feira de Arte Contemporânea - Travessa dos Venesianos

Destaque em Textos, Catálogos e Livros Publicados:
A fotografia de Luiz Carlos Felizardo - Luiz Carlos Felizardo
Arte Moderna no Brasil – Icleia Borsa Cattani
Caminhos do Santiago - Neltair Rebés Abreu - Susana Gastal (Org.)
Frantz - O ateliê como pintura - Paula Ramos (org.)
Pintura Da matéria à Representação - FVCB

Destaque em Curadoria:
Ana Albani de Carvalho - A Medida do Gesto - Um Panorama do Acervo do MACRS
Gaudêncio Fidelis - O Museu Sensível - MARGS
José Francisco Alves - Do atelier ao cubo branco - MARGS
José Francisco Alves - Labirintos da Iconografia - MARGS
Paula Ramos – Frantz - O ateliê como pintura - MACRS

Patrocínio e/ou apoio a eventos ligados às artes plásticas:
CEEE
Fundação Iberê Camargo
Instituto Goethe
Koralle
Marcopolo

Destaque em Acervo/ Memória:
A Medida do Gesto - Um Panorama do Acervo do MACRS
O Museu Sensível – MARGS
Zorávia Bettiol - Aos Grandes Mestres - Centro Cultural Erico Veríssimo

Artista revelação:
Isabel Ramil - Órfão (O Tempo Sem Ponteiros) - Galeria Xico Stockinger - MACRS
Ismael Monticelli - A paixão faz das pedras inertes um drama – Instituto Goethe
Nathalia García - Cartão de Visita – Galeria Gestual



/cultura
Texto de: Livia Auler
Edição de: Álvaro Luiz Oliveira Teixeira
Autorizada a reprodução dos textos, desde que

Lançado edital do Concurso Histórias de Trabalho

A prefeitura abre as inscrições para o concurso literário Histórias de Trabalho entre os dias 2 de abril a 11 de maio. O edital está disponível aqui. Tendo como temática central o trabalho, escritores, poetas, fotógrafos e artistas ligados às histórias em quadrinhos ou cartuns poderão optar pelas seis categorias oferecidas:

* Histórias Verdadeiras (memórias do trabalhador);
* Histórias Inventadas (contos);
* Poesia;
* Ensaio Acadêmico (pesquisas de cunho analítico e acadêmico sobre questões relativas ao trabalho);
* Histórias em Quadrinhos / Cartuns;
* Fotografia.


Cada autor poderá inscrever até três trabalhos inéditos em cada categoria, com exceção de Fotografia, onde o limite é de seis fotos.

Os selecionados nas seis modalidades serão premiados com a publicação de um livro coletânea com seus trabalhos no livro “Histórias de Trabalho”. O concurso é gratuito e contempla trabalhos de fotógrafos, artistas, escritores iniciantes e trabalhadores comuns de todo o país.
As inscrições podem ser feitas de segunda-feira a sexta-feira, das 9h às 12h e das 14h às 18h, na Coordenação do Livro e Literatura (avenida Erico Verissimo, 307 – bairro Menino Deus. Porto Alegre – RS. CEP: 90160-181). Também poderá ser feita pela Internet. Clique aqui para fazer a inscrição online .
Informações:
Telefones: 3289 8072 e 3289 8071 - Fax: 3289 8077
E-mail: cll@smc.prefpoa.com.br


/literatura
Edição de: Paulo Tomás Velho Cardone

Lançamento Livro Oficina de Dramaturgia - Clube de Mães do Cristal

 
Olá! amigos
 
No dia 30 de março ,no horário das 18h, estaremos lançando o  Livro da Oficina de Literatura, no Clube de Mães, sua presença nos  Alegrará .
 
Abraços
 
Madalena

Concluída licitação para estudo de viabilidade do Bonde Histórico

Foto: Divulgação/PMPA
Ideia é criar um novo atrativo turístico que resgate valores históricos da cidade
Ideia é criar um novo atrativo turístico que resgate valores históricos da cidade
Nesta quinta-feira, 29, o Diário Oficial de Porto Alegre publica o resultado da licitação realizada pela Secretaria Municipal de Turismo (SMTUR) no intuito de contratar o estudo de viabilidade para implantação do Bonde Histórico no centro de Porto Alegre. Das quatro empresas concorrentes no certame venceu o consórcio formado pela Quanta Consultoria Ltda. e a Água & Solo Estudos e Projetos S/S Ltda. que obteve a melhor pontuação no julgamento final. A partir da ordem de início, o consórcio terá prazo de 120 dias para concluir o estudo, ao custo de R$ 293.744,20.
O projeto preliminar prevê para o Bonde Histórico um trajeto de 3,3 quilômetros, que se inicia no antigo abrigo dos bondes, passa pelo Largo Glênio Peres em direção à rua Sete de Setembro até a Praça Brigadeiro Sampaio, seguindo pelas ruas Coronel Portinho e Riachuelo até o terminal localizado junto à Praça Júlio Mesquita, retornando ao antigo abrigo de bonde pelas ruas General Salustiano, Andradas, Vigário José Inácio e Otávio Rocha. A proposta é criar um novo atrativo turístico que resgate valores históricos e culturais da cidade e integre-se às ações de revitalização da área central da Capital.


/turismo
Texto de: Eliana Zarpelon
Edição de: Paulo Tomás Velho Cardone

Seminário Internacional discute Arte Contemporânea


A Coordenação de Cinema, Vídeo e Fotografia da Secretaria Municipal da Cultura de Porto Alegre realiza nos dias 3 e 4 de abril de 2012 o evento 1ª Roda – Rodada de Debates Sobre Arte. Durante duas noites, entre 18h30 e 22h30, convidados do Brasil e do exterior (entre curadores, críticos, artistas, jornalistas e acadêmicos) irão apresentar na Sala P. F. Gastal da Usina do Gasômetro (3º andar) suas reflexões sobre os atuais caminhos da arte contemporânea. Dividido em seis mesas, o seminário conta com a participação do crítico e jornalista Fábio Cypriano (crítico de arte do jornal Folha de S. Paulo e professor da PUC-SP), da artista Elaine Tedesco (professora do Instituto de Artes da UFRGS), dos curadores Storm Janse van Rensburg (curador independente e ex-diretor da Goodman Gallery de Cape Town), Susanne Pfeffer (curadora chefe do KW Instituto de Arte Contemporânea de Berlim) e Gabriela Motta (crítica de arte e curadora do Itaú Rumos/Artes Visuais) e do professor Sam McAuliffe (professor da Goldsmiths/Universidade de Londres). O evento, que é aberto ao público e tem entrada franca, contará com tradução simultânea nas falas dos convidados estrangeiros. A iniciativa tem o apoio do Goethe-Institut e do Instituto de Artes da UFRGS.


Programação Seminário:
3 de abril (terça-feira)
18h30 – O Artista no Observatório, com Elaine Tedesco
20h00 – Arte Contemporânea Brasileira = Decoração de Casa de Emergente?, com Fábio Cypriano
21h30 – It’s a Strange, Strange World We Live In, Master Jack, com Storm Janse van Rensburg

4 de abril (quarta-feira)

18h30 – Notas Sobre a Indiferença – Arte Contemporânea Enquanto Categoria Institucional, com Gabriela Motta
20h00 – Adorno e a Aporia da Autonomia Estética, com Sam McAuliffe
21h30 – Desafiando as Convenções de Exibição de Obras de Arte, com Susanne Pfeffer



A partir do dia 5 de abril, complementando a programação do seminário, o cinema da Usina do Gasômetro recebe a mostra Arte Doc, que exibe uma série de produções que colocam em cena o processo criativo de diferentes artistas. Entre os destaques da programação, o filme Anna Pavlova Vive em Berlim, de Theo Solnik, que acompanha a trajetória errante de sua heroína, uma “party queen” em crise de identidade, pelas ruas de Berlim. O diretor Theo Solnik estará presente nas duas exibições do filme, que foi o grande vencedor do Prêmio Para Artista Jovem, na Alemanha, o que lhe assegurou uma elogiada temporada de exibições no prestigioso museu Hamburger Bahnof, em Berlim.

A programação da mostra Arte Doc é complementada pela produção dinamarquesa Como Vai, de Jannik Splidsboel, pelo americano Brock Enright: Os Bons Tempos Nunca Mais Serão os Mesmos, de Jody Lee Lipes, além do documentário brasileiro Arte Brasileira Contemporânea, do diretor Murilo Salles, ensaio visual assinado pelo premiado diretor de Nunca Fomos Tão Felizes e Nome Próprio que enfoca o trabalho de 21 artistas brasileiros.

5 a 15 de abril de 2012

Programação

Como Vai (How Are You), de Jannik Splidsboel (Dinamarca, 2011, 58 minutos)
Um notável documentário sobre dois artistas de grande expressão, Michael Elmgreen e Ingar Dragset. O filme mostra como eles se conhecerem, se apaixonaram um pelo outro e começaram a trabalhar juntos, realizando um trabalho divertido e bem humorado, que aborda temas como identidade, sexualidade e democracia.


Arte Brasileira Contemporânea, de Murilo Salles (Brasil, 2009, 130 minutos)
Para o contato com as artes visuais, nada melhor do que, simplesmente, olhar. É assim, propiciando um mergulho visual na obra de 21 artistas brasileiros, que o cineasta Murilo Salles convida o espectador a entrar no complexo, plural e nada evidente universo da arte contemporânea. Com belíssimas imagens e sem narração, um ensaio visual sobre a arte brasileira, assinado pelo premiado diretor de Nunca Fomos Tão Felizes e Nome Próprio.

Anna Pavlova Vive em Berlim (Anna Pavlova Lebt in Berlin), de Theo Solnik (Alemanha, 2011, 75 minutos)

Anna Pavlova, uma “party queen” russa, encarna a tragédia da geração festeira contemporânea de Berlim. Perdida num limiar de insanidade e rara lucidez poética, perambulando sozinha pelas ruas de Berlim, ela nos mostra um lado da festa que raramente vemos. Anti-heroína da sociedade civilizada, sua existência é uma tentativa desesperada de viver em um estado de felicidade permanente, a fim de não encarar o mundo que começa depois que a festa termina.

Brock Enright: Os Bons Tempos Nunca Mais Serão os Mesmos (Brock Enright: Good Times will Never Be the Same), de Jody Lee Lipes (Estados Unidos, 2009, 79 minutos)
Brock Enright e sua namorada Kirsten Deirup dirigem do Brooklyn, em Nova York, até a cabana da família de Kirsten, em Mendocino, na Califórnia, para preparar sua primeira exposição individual em uma proeminente galeria nova-iorquina. Enquanto Enright luta para produzir aquele que seria seu trabalho mais significativo, sua relação com Kirsten, sua família e a galeria é tensionada devido ao caráter violento, sexualmente explícito e psicologicamente desafiador de sua nova criação.

GRADE DE HORÁRIOS


5 a 15 de abril de 2012

Quinta-feira (5 de abril)
19:00 – Como Vai
Sexta-feira (6 de abril)
19:00 – Arte Brasileira Contemporânea

Sábado (7 de abril)
19:00 – Como Vai

Domingo (8 de abril)
19:00 – Arte Brasileira Contemporânea

Terça-feira (10 de abril)
19:00 – Anna Pavlova Vive em Berlim

Quarta-feira (11 de abril)
19:00 – Brock Enright: Os Bons Tempos Nunca Mais Serão os Mesmos

Quinta-feira (12 de abril)
19:00 – Anna Pavlova Vive em Berlim

Sexta-feira (13 de abril)
19:00 – Brock Enright: Os Bons Tempos Nunca Mais Serão os Mesmos
Sábado (14 de abril)
19:00 – Arte Brasileira Contemporânea

Domingo (15 de abril)
19:00 – Brock Enright: Os Bons Tempos Nunca Mais Serão os Mesmos

28 de março de 2012

Proposta de Lei de Bairros vai ao Conselho de Desenvolvimento

Foto: Divulgação/PMPA
Audiência pública foi realizada em dez reuniões

Audiência pública foi realizada em dez reuniões

A audiência pública sobre o Anteprojeto de Lei de Limite de Bairros, elaborado pela prefeitura, por meio da Secretaria do Planejamento Municipal (SPM), encerrou-se com a participação de 542 pessoas. Desse total, 140 protocolaram sugestões relativas à definição dos limites.

A audiência pública foi realizada em dez reuniões, no período de 28 de fevereiro a 27 de março, com a apresentação da proposta de cada bairro por meio de mapas digitais.

Agora, o Grupo de Trabalho Bairros analisará as contribuições e fará os ajustes necessários. A seguir, o anteprojeto irá ao Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano Ambiental, onde há representantes de todas as áreas da sociedade civil. O conselho levará a proposta com as sugestões para debate nos oito Fóruns Regionais de Planejamento eleitos pela comunidade. A proposta, com as modificações sugeridas, será enviada ao prefeito José Fortunati, que encaminhará o projeto de lei à Câmara Municipal.

Proposta - Porto Alegre tem 81 bairros, definidos por várias leis. Hoje, existem divergências entre as descrições de limites oficiais e a atual configuração da cidade. Essas diferenças ocorreram devido à sobreposição dos limites estabelecidos por leis criadas em épocas diferentes e mudanças provocadas pela ampliação do sistema viário, construção de viadutos, parques e grandes empreendimentos, entre outros motivos.
As sugestões consideram aspectos relacionados com a formação, história, geografia, população residente, considerações dos moradores, relações com bairros vizinhos, principais vias e alterações urbanísticas significativas.

O anteprojeto corrige, atualiza limites e sugere criação de bairros em partes da cidade que não têm nome oficial. Essas áreas são conhecidas como: Aberta dos Morros; Extrema ou São Caetano; Alto Petrópolis, Morro Santana ou Protásio Alves; Jardim Leopoldina ou Passo das Pedras e Pitinga. Além disso, prevê a divisão do Jardim Itu-Sabará em dois.

A proposta visa, ainda, à consolidação das leis vigentes em um único texto, com redação clara, padronização e representação em mapas, por meio de coordenadas geográficas, elimina sobreposições e divergências de interpretação.


/bairros

Texto de: Agnese Schifino
Edição de: Andrea Brasil
Autorizada a reprodução dos

PAUTAS APROVADAS NA REUNIÃO DO FÓRUM MUNICIPAL DOS CONSELHOS DA CIDADE EM 28/03/2012

Após apresentadas as sugestões de pautas  ficou definido pela plenária do Fórum o seguinte:

1 - APROVAÇÃO DE LEIS E DECRETOS SEM O PARECER PRÉVIO DOS CONSELHOS E RESPEITO ÀS PRERROGATIVAS DE CADA CONSELHO - PAUTA DO DIA 25/04.
2 - LOCAL DE REUNIÕES E CASA DOS CONSELHOS - PAUTA DO DIA 30/05.
3 - LIMITE DOS BAIRROS - PAUTA DO DIA 27/06.

Solicitamos a gentileza de todos os conselhos  se  agendarem para comparecerem nesses dias, pois as pautas são de interesse coletivo de vários conselhos, e o Fórum terá a importância que nós dirigentes de conselhos dermos a ele.
Informamos a todos que as reuniões são públicas e ocorrem na rua Uruguai 155, 11º andar- 10 horas, sempre na última quarta feira do mês.


Guimarães Coordenador Titular Fórum Municipal dos Conselhos da Cidade
F: 3026.6777 / 9987.5880
Twitter Guimarães:http://twitter.com/notas_guimaraes
Blog Conselho POA:http://cmcpoa.blogspot.com



Veja as fotos premiadas do Surpreenda-se com Porto Alegre

Foto: Divulgação/PMPA
O salto do macaco, foto de Felipe Bozzetti, conquistou o primeiro lugar
O salto do macaco, foto de Felipe Bozzetti, conquistou o primeiro lugar
O concurso fotográfico Supreenda-se com Porto Alegre, lançado no início deste mês pela Secretaria Municipal de Turismo (SMTUR) para estimular a criação fotográfica e a visão do potencial turístico da capital gaúcha, já tem seus vencedores. Veja as fotos premiadas aqui.
As 285 imagens inscritas no concurso passaram por um júri técnico que selecionou as 30 melhores fotos, cujos autores receberão, como prêmio, R$ 800 por fotografia além de certificado de participação. Numa segunda etapa as imagens foram submetidas à votação pública na página da SMTUR no facebook (www.facebook.com/portoalegre.travel), encerrada nesta terça-feira, 27.
As cinco imagens mais “curtidas” foram as finalistas e seus autores irão receber premiação no valor de R$ 3 mil, para a foto mais votada, a R$ 1 mil, para a quinta colocada.
Nos próximos dias, todos os vencedores serão informados pela SMTUR sobre a data e local do evento de entrega das premiações do concurso.
Resultado da votação popular:
1º lugar: O salto do macaco - Foto de Felipe Bozzetti (1.599 pessoas curtiram)
2º lugar: Testemunhas do apocalipse – Foto de Gutemberg Rodrigues Ostemberg (1.512 pessoas curtiram)
3º lugar: Parque Marinha – Foto de Glauccio Calvano (1.021 pessoas curtiram)
4º lugar: A lua da década – Foto de Adriana Franciosi (906 pessoas curtiram)
5º lugar: Casa de Pedra – Foto de Felipe Bozzetti (697 pessoas curtiram)


/concurso /fotografia
Texto de: Eliane Zarpelon
Edição de: Paulo Tomás Velho Cardone

Conselho Municipal do Idoso entrega Troféu Sigrid Kunz

O Conselho Municipal do Idoso (COMUI) e a Coordenadoria homenageiam cinco cidadãos de Porto Alegre que prestaram trabalhos comunitários em prol dos idosos. Os homenageados serão contemplados com o Troféu Sigrid Kunz, iniciativa que integrará as comemorações de aniversário do COMUI. A cerimônia será realizada nesta quinta-feira, 29, às 15h, na Câmara Municipal de Vereadores.

Os cidadãos são: José Trindade do CTG Descendência Farrapa, que promoverá no dia 5 agosto, a festa para os idosos carentes e também incentiva a participação de idoso no CTG; Adão Alcides Vargas, devido a sua dedicação e atuação social, no trabalho de estimular que estados, municípios criem fundos de solidariedade com a finalidade de mobilizar recursos para captação de doações em benefício de políticas sociais; América Kubascki pelo trabalho comunitário realizado no Jardim Floresta (Zona Norte) entre anos de 2010 e 2011, e pela sua participação na Feira do Livro de Porto Alegre, com poesias e textos escritos no livro "Voo Independente"; Adão Alcides Zanandréia pelos seus 44 anos trabalhando em prol dos idosos cegos da capital e do Rio Grande do Sul e Maria Deloi pela atuação ativa desde começo do processo do Orçamento Participativo de Porto Alegre.

O COMUI deliberou, em reunião do Pleno do dia 20 de março de 2012, por unanimidade instituir o troféu para homenagear SIGRID KUNZ, que iniciou no ano de 1976, no Centro Comunitário da Vila Floresta – Cecoflor, da Fundação de Assistência Social e Comunitária, hoje Fasc, sua luta pela melhoria da qualidade de vida da pessoa idosa.

O Troféu Sigrid Kunz, será concedido anualmente no mês de março por ocasião do aniversário do Conselho Municipal do Idoso de Porto Alegre; a cinco munícipes que se distinguirem na sociedade porto-alegrense por relevantes serviços prestados na promoção, proteção e defesa da pessoa idosa.



/governanca

Texto de: Ocimar Pereira
Edição de: Álvaro Luiz Oliveira Teixeira

Aula Picadeiro - Infância com Arte



O Circo da Cultura - Unidade Móvel apresentará no dia 29/03 às 17h e 30min no Teatro de Câmara Túlio Piva sua Aula de Picadeiro intitulada “Infância com Arte”. O evento terá a participação dos Meninos da Casa de Acolhimento que farão apresentação de Haps e do Grupo de Percussão do PROTEJO.

O Circo da Cultura - Unidade Móvel é uma parceria da FASC com a Secretaria Municipal de Cultura por meio da Coordenação de Artes Cênicas. Desde de abril de 2011 atende cerca de 180 crianças dos SASEs da Bom Jesus e Restinga com oficinas de acrobacia de solo, malabarismo e música. O projeto em maio de 2012 será ampliado para mais dois SASEs e acrescentará ao seu currículo a disciplina de perfomance cênica..

Acompanhe depoimentos das crianças e professores no blog do Circo da Cultura

Riopardense de Macedo e o aniversário de Porto Alegre


Na semana de Porto Alegre, é interessante lembrar a polêmica que antecedeu a Lei 3609/71,que define a data de 26 de março de 1772 como marco de fundação da Cidade.
No livro editadopela Secretaria Municipal da Cultura,O aniversário de Porto Alegre,o historiador e arquiteto Riopardensede Macedo narra a evolução deste debate,osposicionamentos das instituições e dos historiadores e o resultado traduzido nalei acima mencionada.
Existem váriasversões para a fundação da

Cidade,inclusive a de que Porto Alegre teriasido destruída por um vulcão em 1654 e depois reconstruída em 1740.No início, ocentro do debate era ocupado por duas datas: 05 de novembro de 1740,dia da assinatura da concessãoprovisória das sesmarias de Jerônimo de Ornelas, e 24 de julho de 1773,dia datransferência da Câmara de Vereadores, de Viamão para Porto Alegre.
Uma outra data foi defendida pelo IHGRS: 26 de março de 1772. Sobre estadata,o item 7 da “Síntese Cronológica daEvolução da Capital,de 1725 a 1925”, de autoria de Amyr Borges Fortes,diz oseguinte:

Com data de 26 demarço de 1772 um Edital Eclesiástico elevou a capela de Franciscodos Casais,à categoria deFreguesia,desmembrando-se da freguesia de Viamão .Por essa razã o,dada a individualização então adquirida pelapovoação,admite-se essa data como a Fundação de Porto Alegre.

Em novembro de 1740, o queaconteceu foi a expedição de um títulode propriedade a Jerônimo de Ornelas, oque não condiciona o início de umapovoação. Então, o sesmeiro não foi nem povoador nem colonizador. Já atransferência da Câmara de Viamão paraPorto Alegre,tornando-a sede do governo,encontra uma comunidade constituídapela Freguesia,que batizava,registrava os nascimentos e óbitos,celebrava casamentos, dando unidade espiritual e civilao povoado.
Esta ricapolêmica começa com o pedido do prefeito José Loureiro da Silva de umparecer ao IHGRGS sobre a data defundação da Cidade. A data de 26 de março está definida e é comemorada sem contestações,mas alimentou um debate entrehistoriadores durante muitos anos.Riopardense de Macedo, defensor desta data,nos deixou no livro O aniversário de Porto Alegre umregistro fiel e documentado sobre o tema. Esta obra está disponível no acervobibliográfico do Arquivo Histórico de Porto Alegre Moysés Vellinho e disponível para pesquisa.