Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

30 de abril de 2017

Edital de Ocupação do Teatro Renascença e Sala Álvaro Moreyra




A Coordenação de Artes Cênicas da Secretaria da Cultura de Porto Alegre recebe no período de 15 a 26 de maio de 2017, pedidos para ocupação do Teatro Renascença e da Sala Álvaro Moreyra. As datas oferecidas são para o 2° semestre do ano de 2017, com temporadas de TEATRO E CIRCO, ESPETÁCULOS PARA PÚBLICO INFANTOJUVENIL, DANÇA, MÚSICA, PROJETOS NOVAS CARAS, NOITE DO CIRCO e TEMPORADA LIVRE.

Para mais informações acesse o Blog Mais Teatro

28 de abril de 2017

Ospa distribui neste sábado senhas para concerto gratuito no Araújo Vianna



Irmãos Machado são os solistas da noite - Foto: Studio Elsa

Irmãos Machado são os solistas da noite – Foto: Studio Elsa
A Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa) dá um bom motivo para os porto-alegrenses permanecerem na capital gaúcha no feriadão do dia 1º de maio. O seu primeiro concerto do ano no Auditório Araújo Vianna trará à baila música de dança e a participação de dois convidados muito especiais: os Irmãos Machado, dupla formada por Eduardo (16 anos) e Thomas (9 anos) Machado, Thomas é o vencedor da mais recente edição do programa The Voice Kids. O evento, regido pelo maestro Evandro Matté, acontece no dia 30 de abril, domingo, às 18h,
O convite para a participação em concerto da Ospa foi feito pelo secretário de Estado de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, Victor Hugo, quando Thomas, chamado gauchinho durante a competição de cantores, visitou o Palácio Piratini, uma semana antes de ser eleito campeão. A entrada é franca, mediante doação de um quilo de alimento não-perecível, que será encaminhado ao Banco de Alimentos de Porto Alegre. O concerto integra a Série Araújo Vianna da Ospa, patrocinada pelo Banrisul, e que tema Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre como parceira na promoção da Série.
As senhas serão distribuídas a partir de sábado (29), da seguinte forma:
Distribuição de senhas:
Sábado, dia 29/04, das 9h às 17h, na bilheteria do Auditório
Domingo, dia 30/04, das 9h às 18h, na bilheteria do Auditório
Cada pessoa poderá retirar duas senhas.
Sobre o programa
“Selecionamos algumas das composições mais brilhantes do repertório sinfônico, inspiradas em ritmos de dança, incluindo obras que trazem elementos folclóricos”, afirma o maestro Evandro Matté. A “Dança Eslava nº 8” de Antonín Dvorák (1841-1904), a “Valsa do Imperador” de Johann Strauss II (1825- 1899), a “Dança Húngara nº 5” de Johannes Brahms (1833-1897), a “Dança Brasileira nº 1” de Camargo Guarnieri (1907-1993) e a “Dança do Sabre” de Aram Khachaturian (1903-1978) formam o mosaico sonoro de culturas no início da apresentação.
Depois, os Irmãos Machado sobem ao palco para interpretar peças conhecidas dos gaúchos: “Céu, Sol, Sul”, de Leonardo (1938-2010) e “Querência Amada”, de Teixeirinha (1927-1985). A brasilidade também está no repertório dos jovens músicos. Com a orquestra, eles tocam ainda “Asa Branca” de Luiz Gonzaga (1912-1989) e Humberto Teixeira (1915-1979).
Por fim, a mais prestigiada obra de Maurice Ravel (1875-1937) será interpretada. O “Bolero”, originalmente composto para balé, é caracterizado pela melodia que, a cada repetição, vai ganhando novos jogos de timbres e instrumentos.
Série Araújo Vianna 2017
Lançada em 2015, a série resulta de uma parceria entre a Fundação Ospa e as secretarias Municipal de Cultura e Estadual de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer.  O seu objetivo é apresentar nomes da música popular gaúcha e nacional em parceria com a Ospa, dando assim continuidade a um histórico de apresentações da orquestra no Auditório Araújo Vianna iniciado em 1954 pelo próprio fundador da Ospa, o maestro Pablo Komlós.
Sobre o maestro
Diretor artístico e maestro da Ospa, Evandro Matté será o regente - Foto: Marilia Lima
Diretor artístico e maestro da Ospa, Evandro Matté será o regente – Foto: Marilia Lima
Evandro Matté é diretor artístico e maestro da Ospa; diretor artístico do Festival Internacional SESC de Música, que acontece em Pelotas; e diretor artístico e maestro da Orquestra Unisinos Anchieta. Realizou sua formação musical na Universidade Federal do RS, na University of Georgia (EUA) e no Conservatoire de Bordeaux (FRA). Trompetista da Ospa desde 1990, é também coordenador cultural da Unisinos e pós-graduado em Gestão Empresarial. Esteve à frente de orquestras do Uruguai, Argentina, China, República Checa e Alemanha. É coordenador do projeto social Vida com Arte, que atende 250 crianças, proporcionando inclusão social através da música.
Sobre os solistas | Irmãos Machado
No dia-a-dia, são crianças como todas as outras: estudam, gostam de jogar bola e andar de bicicleta. Mas, entre as ‘’atividades’’ prediletas de Thomas, 8 anos, e de Eduardo, 15 anos, está a de brincar de ser gaiteiro.
Os dois já subiram ao palco com o conjunto Os Monarcas, e desde então foram apadrinhados pelo mestre Gildinho, que apaixonado pelo talento dos irmãos, vem incentivando o dueto a tocar e cantar as músicas que falam do Rio Grande.
A Ospa é uma das fundações vinculadas à Secretaria da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer do Governo do Rio Grande do Sul (Sedactel). Os concertos da temporada 2017 são patrocinados, via Lei Federal de Incentivo à Cultura, por Corsan e Banrisul. Apoio: Ipiranga, Thyssenkrupp e Enerfín/Ventos do Sul. A realização é de Ospa, Fundação Cultural Pablo Komlós e Sedactel/RS.

26 de abril de 2017

Lançado edital para ocupação dos teatros no segundo semestre

Foto: Cristine Rochol/PMPA

Sala Álvaro Moreyra recebe 90 espectadores e o Renascença (foto), 270
Sala Álvaro Moreyra recebe 90 espectadores e o Renascença (foto), 270

Grupos e artistas circenses, de dança, de música e de teatro (profissionais e amadores) podem começar a se programar para disputar a ocupação do Teatro Renascença e da Sala Álvaro Moreyra no segundo semestre deste ano. Com edital e regulamento já lançados, e com inscrições iniciando em 15 de maio, a Secretaria da Cultura de Porto Alegre abre espaço para que mais de 50 grupos, coletivos e artistas, tenham palco e divulgação garantidos para apresentar suas criações no Centro Municipal de Cultura Lupicínio Rodrigues (avenida Erico Veríssimo, 307, bairro Menino Deus).

“A principal novidade neste ano é que estamos oferecendo temporadas mais longas. Nos editais anteriores, a média era de duas semanas. Agora, serão de três a quatro semanas, com no mínimo oito apresentações, no caso do teatro. Isso é bom para o grupo, que poderá amadurecer o trabalho, e para o público, que terá mais tempo para se programar e assistir aos espetáculos”, explica o coordenador de Artes Cênicas da secretaria da Cultura, Fernando Zugno.

Os interessados terão diferentes categorias para encaixar seus projetos: teatro, circo, espetáculos infantojuvenis, dança, música, novas caras (para talentos ainda sem trajetória consolidada) e temporada livre (destinada a profissionais). O Teatro Renascença tem capacidade para 270  pessoas e a Sala Álvaro Moreyra para 90 espectadores.

Cronograma
Ocupação dos Teatros Municipais - Segundo semestre
Regulamento está disponível no blog www.maisteatro.org e no site www.portoalegre.rs.gov.br/smc/editais
Período de Inscrições: de 15 de maio até às 17h do dia 26 de maio
Divulgação das inscrições homologadas: 31 de maio
Divulgação das inscrições habilitadas: 7 de junho


/teatro

Texto de: Thiago Copetti
Edição de: Andrea Brasil
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.

25 de abril de 2017

Divulgados os selecionados para o Grupo Experimental de Dança


25/04/2017 12:13:57

Foto: Rosana Almendares/ Divulgação PMPA

O Grupo chega a sua 10ª edição e oferece a oportunidade de formação gratuita O Grupo chega a sua 10ª edição e oferece a oportunidade de formação gratuita
O Centro Municipal de Dança da Secretaria da Cultura, após a realização das audições entre os dias 17 e 24 de abril, apresenta a lista dos selecionados para o Grupo Experimental de Dança 2017.
 
Neste ano o Grupo chega a sua 10ª edição e oferece a oportunidade de formação gratuita em dança durante o ano com diversos profissionais da área no Rio Grande do Sul e a prática de criação artística em grupo. O projeto conta neste ano com a parceria da Casa de Cultura Mário Quintana.

Confira a lista dos selecionados:
 
1. Adriele Teixeira
2. Alexsander Fernandes dos Santos
3. Alice Fogliatto
4. César Rodrigues Pereira
5. Diego Machado
6. Douglas Florence
7. Eduardo Silveira D’Ávila
8. Francisco Macalão de los Santos
9. Gianna Corrêa Soccol
10. Giorgia Fiorini
11. Giulia Milanez Peña Schiavi
12. Guadalupe Rausch Tomazzoli
13. Gustavo Luz
14. João Lima
15. Juliana Nólibos Jorge 
16. Juliano Ramos Barros
17. Kevin Brezolin
18. Laura Brodt Leistner Feijó
19. Leila Klein de Oliveira
20. Leonardo T. Marim
21. Ligia de Menezes Meyer
22. Luisa Krakhecke Amaro
23. Maria Ana Emerich Carmo
24. Mariana Pacheco Tebacker
25. Martina Frölhich
26. Mayara Soares Rodrigues
27. Nadia Korneeva
28. Natalia Meneguzzi Hejazi
29. Pedro Toledo Ciocca
30. Rafaela Cezar Fischer
31. Renata Ibis
32. Reynaldo Lirio de Melo Neto
33. Rocío Del Rio Mercado
34. Samantha Aline da Silva
35. Tamara Giuliana Sitta
36. Verônica Vaz
 
Suplentes (por ordem de classificação):
 
1. Lais Souza da Silva
2. Camila Maccari
3. Tiana Godinho de Azevedo
4. Joana Alcântara
5. Helena Luz
6. Luziana Oliveira
7. Julia Duarte
8. Renata Stelkens
9. Rebeca Vidal
10. Bruna Saarschimdt
11. Catarina de Lima Dias
12. Marina Feldens Malcon
13. Fernanda R. Gonçalves
14. Jesline Cantos
 


Edição de: Paulo Cesar Pinheiro Flores dos Santos
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.

24 de abril de 2017

Atividades comemoram Dia Internacional da Dança


24/04/2017 15:01:00

Foto: Joel Vargas/PMPA
Data homenageia o bailarino e professor francês Jean-Georges Noverre Data homenageia o bailarino e professor francês Jean-Georges Noverre
Centro Municipal de Dança da Secretaria Municipal da Cultura  festeja o Dia Internacional da Dança, comemorado em 29 de abril,  com atividades ao longo da semana. O Grupo Experimental da Cidade de Porto Alegre (GED) - turma 2017, inicia suas atividades com a aula inaugural nesta quarta-feira, 26, às 9h, na Sala Cecy Franck, na Casa de Cultura Mário Quintana, 4º Andar.

O GED é um projeto desenvolvido pelo Centro de Dança da Secretaria Municipal da Cultura que completa este ano 10 anos de atividade com mais de 400 alunos. Oferece a oportunidade de formação gratuita com diversas abordagens e estilos durante um ano com diversos profissionais da área no Rio Grande do Sul e a prática de criação artística em grupo.

O Centro de Dança promove, ainda, os Diálogos sobre “Noverre”, com o professor Airton Tomazzoni dos Santos. O encontro será na quinta-feira, 27,  às 9h30,, no Auditório do Atelier Livre da Prefeitura de Porto Alegre (av. Erico Veríssimo, 307). Os interessados em participar da atividade devem encaminhar e-mail para dancasmc@gmail.com.

Data 
- Comemorado em 29 de abril, o Dia Internacional da Dança foi criado em homenagem a Jean-Georges Noverre, bailarino e professor de balé francês que nasceu em Paris em 29 de abril de 1727 e faleceu em 19 de outubro de 1810. Ele reformulou os princípios gerais que norteavam a dança do seu tempo. Autor de Cartas sobre a Dança, Noverre defendeu a ampla formação do bailarino, sua profissionalização e a valorização da dança frente às demais artes. Sua obra é uma leitura provocativa e referencial para a reflexão sobre a criação e ensino de dança abordando temas como a tensão entre técnica e expressividade, a questão entre cópia e inventividade, a relação entre racionalidade e emoção no processo artístico, a proximidade entre arte e vida, a atenção ao acaso e à irregularidade, ou ainda o caráter perigoso e subversivo da inventividade.



/cultura /danca

Texto de: Cleber Saydelles
Edição de: Gilmar Martins
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.

Sopapo Poético - edição de abril/2017

 

 

 

 

Dando continuidade à programação de 2017, o SOPAPO POÉTICO - Ponto Negro da Poesia recebe o compositor, músico e carnavalesco Carlos de Paula. O evento acontece no próximo dia 25 de abril, terça-feira, no Centro de Referência do Negro Nilo Feijó, Av. Ipiranga, 311, com entrada franca.

 

O sarau SOPAPO POÉTICO é promovido pela ANdC (Associação Negra de Cultura) desde 2012. A exemplo de outros saraus afro-brasileiros, o encontro celebra o protagonismo negro, em uma roda de atuações, reflexões e de convivências afrocentradas.

 

CARLOS DE PAULA  

Nascido em Cachoeira do Sul e residente em Canoas/RS, Carlos José de Paula é compositor, músico e carnavalesco. Também exerceu a profissão de metalúrgico durante muitos anos e tem sua trajetória ligada às questões sociais e raciais. Como compositor, defende a herança ancestral em letras e melodias, sempre valorizando a cultura negra. Ao longo de sua caminhada de artista-militante, integrou vários grupos de consciência negra, destacando suas participações em escolas de samba, como Mocidade de Esteio, Protegidos da Princesa Isabel, Imperatriz Dona Leopoldina, Cruzeiro do Sul, Venâncio Aires, Guajuviras, Acadêmicos de Gravataí e Copacabana. De Paula possui três cds gravados com suas músicas autorais, "Frutos de um poema" (1995), "Nanaia" (2013) e "Candida Pereira" (2015).


SOPAPINHO
Com a proposta de desenvolver o interesse pela cultura e pela poesia nos pequenos, o Sopapinho é um momento de fortalecimento da identidade étnica e da autoestima das crianças negras. As atividades do Sopapinho, paralelas ao sarau, envolvem brincadeiras, artes visuais, canto, contação de histórias e a participação na roda de poesia. Solicitamos aos pais que tragam lanches para serem compartilhados.

FEIRA AFRO

A Feira Afro acompanha e apoia o Sopapo Poético desde suas primeiras edições, fortalecendo o espírito comunitário do sarau. A diversidade de produtos e estilos é característica da Feira, que reúne afro-empreendedores e artesãos, com sua produção voltada para a identidade étnica. Artesanato, alimentação, literatura, estética cultural, vestuário, cosméticos naturais, música - e muito mais - são opções da feira para o eclético público sopapeiro.


CINE KAFUNÉ

Antecedendo o sarau, o Cine Kafuné projeta no telão vídeos clipes e documentários afrocentrados.

 

SOPAPO POÉTICO - Ponto Negro da Poesia

Edição de abril de 2017

Convidado: CARLOS DE PAULA

Quando: terça-feira, 25 de abril, às 19h30min

Onde: Centro de Referência do Negro Nilo Feijó

Av. Ipiranga, 311, Menino Deus - Porto Alegre/RS

CONTRIBUIÇÃO ESPONTÂNEA

 

Contatos:
sopapo.poetico@gmail.com
9365-3315 - 9117-4559 - 9317-6497 - 9218-5449

 

Realização:
ANdC - Associação Negra de Cultura

 

Apoios:
Centro de Referência do Negro Nilo Feijó

Cine Kafuné

Negrestyle

SINDIPETRO - Sindicato dos Petroleiros

Boteko do CANINHA (Areal da Baronesa)

Prefeitura Municipal de Porto Alegre - Secretaria de Desenvolvimento Social

 

 

 

 

20 de abril de 2017

Liespa define datas para o Carnaval de Porto Alegre 2018

VIA CORREIO DO POVO:

Desfiles serão realizados nos dias 23 e 24 de fevereiro

Desfile da campeã do Carnaval de 2017, Imperadores do Samba | Foto: Guilherme Testa / CP Memória

Desfile da campeã do Carnaval de 2017, Imperadores do Samba | Foto: Guilherme Testa / CP Memória








Assim como ocorreu neste ano, os desfiles do Carnaval de Porto Alegre serão realizados fora de época em 2018. A Liga Independente das Escolas de Samba de Porto Alegre (Liespa) definiu, em reunião na noite de segunda-feira, que as escolas de samba se apresentarão na Capital nos dias 23 e 24 de fevereiro, duas semanas depois do Carnaval. Em nota publicada no site da Liespa, o presidente Juarez Gutierres destaca que "tudo esta sendo feito com coerência, buscando condições de levar para a avenida um carnaval com qualidade e responsabilidade, possibilitando a presença de toda a comunidade apaixonada pela cultura popular".
Também ficou estabelecido que o dia 13 de maio de 2017 está reservado para o Estandarte de Ouro, com a premiação dos grandes nomes da Folia do Momo. O local do evento ainda será anunciado e não há maiores detalhes sobre o evento de 2018.

19 de abril de 2017

Lembrete da aula Modulo 02 - Curso Modular de Gestão Cultural

 

 

image001.jpg@01D1D5D8.82B9EC50

Curso Modular de 

Gestão Cultural

Turmas Porto Alegre (RS) 2016/2017

Olá Alunos e Amigos

Informamos que no próximo sábado dia 22 de abril, estaremos ministrando na cidade de Porto Alegre (RS) a segunda aula do Curso Modular de Gestão Cultura - turma Curitiba 2017 - com a apresentação do Módulo 02 – Planejamento e Formatação de projetos culturais (Lei Rouanet e apresentação do formulário eletrônico SALIC WEB)

 

Como a Nova Instrução Normativa 01/2017, que oficializou as mudanças e alterações nos procedimentos e gestão de projetos da Lei Rouanet foi publicada somente no dia 20 de março, nesta aula do próximo sábado, estarei ainda fazendo apresentações sobre os novos procedimentos e alterações implantadas na legislação.

 

Por isso, os ex-alunos do curso estão convidados a participar desta aula para atualização sem nenhum custo ou taxa.

Para mais informações acessem nosso site: www.quixoteart.com.br

 

A Taxa de participação para amigos e convidados é de R$ 125,00 para esta aula.

 

Como de costume, pedimos a gentileza dos interessados em participar nesta aula de confirmarem suas presenças com antecedência através do e-mail cursos@quixoteart.com.br

 

Em caso de dúvidas estaremos a disposição.

 

PROGRAMA DE AULA

Sábado dia 22 de abril de 2017 – das 9h as 17h

 

Aula do Módulo 02

Planejamento e Formatação de projetos culturais

(Lei Rouanet e apresentação do formulário eletrônico SALIC WEB)

 

Das 8h45 as 9h00 – Recepção aos alunos

Das 9h00 as 9h30 – Revisão da aula 01 e considerações gerais a respeito da Lei Rouanet

 

Das 9h30 às 10h40parte 01 – Apresentação da Nova Instrução Normativa 01/2017 com apontamento das indicações e principais alterações nos procedimentos que serão adotados para o cadastramento, aprovação, gestão e prestação de contas de projetos culturais aprovados junto a Lei Rouanet.

 

Das 10h50 as 12h00parte 02 – Planejamento e Formatação de Projetos Culturais – As etapas da produção cultural. Conceituação e definição de planejamento. A importância do planejamento e suas características. Etapas e ferramentas para o planejamento de projetos culturais. O estudo de viabilidade. A identificação do diferencial e do valor agregado do projeto cultural. A Conceituação do projeto e seus elementos - Definição dos objetivos e metas. Identificação do público alvo. A construção do planejamento estratégico. Definição conceitual de projeto. As etapas para a formatação de projetos. A definição do nome do projeto. A construção da justificativa.

 

Das 12h00 as 13h30 – Parada para almoço

 

Das 13h30 as 14h00Exercício e dinâmicas de grupo (Início dos trabalhos da incubadora de projetos culturais)

 

Das 14h00 as 15h10 – parte 03 – Apresentação do SALICWEB - Considerações gerais sobre a plataforma SALICWEB. O usuário e o proponente do projeto. As novas exigências legais. O gerenciamento dos responsáveis e a apresentação da procuração. O cadastramento de um novo projeto. Apresentação geral do formulário eletrônico e seus respectivos campos. O Cadastramento de propostas culturais. A escolha do nome do projeto e a construção dos objetivos e da justificativa.  A definição das novas contrapartidas de Acessibilidade e de democratização de acesso estabelecidas pelo artigo 57 da IN 01/2017.

 

Das 15h20 as 16h30 – parte 04 – SALICWEB – Preenchimento da etapa de trabalho e da ficha técnica do projeto. A confecção do plano de mídia e do plano de distribuição. O plano de redução do impacto ambiental e outras informações. Desenvolvimento da Planilha de Custos - Considerações gerais sobre a planilha de custo do projeto. Pagamentos permitidos e os impedimentos legais. A remuneração do proponente e do captador de recursos. Documentos e anexos para cadastramento de propostas culturais – Apresentação do anexo da IN 01/2017 apresentando a relação de documentos do proponente e da proposta cultural.

 

Das 16h30 as 17h00 – Dúvidas dos alunos e considerações finais.

 

LOCAL DAS AULAS: Porto Alegre (RS)

Collins Trade Hotel – Auditório 7º andar

Travessa Tuyuty, 74 - Centro Histórico, Porto Alegre - RS, 90050-270

 

* Próximo a UFRGS (Av João Pessoa)

 

Marcelo Miguel - Quixote Art & Eventos

www.quixoteart.com.br

 

 

18 de abril de 2017

Atelier Livre abre inscrições para a temporada de cursos


Foto: Divulgação/ PMPA
Estão previstos 32 cursos regulares apenas neste primeiro semestre
Estão previstos 32 cursos regulares apenas neste primeiro semestre
A Secretaria Municipal da Cultura está ofertando quatro cursos voltados à fotografia, arte coletiva e história da arte. As inscrições devem ser realizadas no Atelier Livre Xico Stockinger, no Centro Municipal de Cultura, na av. Erico Veríssimo, 307, onde serão realizadas as atividades. As inscrições estão abertas até 2 de maio. As aulas ocorrem uma vez por semana (terça ou quarta-feira, de tarde ou à noite), com início no dia 2. O valor é R$ 150, com desconto de 50% para idosos e estudantes.
 
Apenas neste primeiro semestre, estão previstos 32 cursos regulares no Atelier. “São atrações extras que agregam novas possibilidades de aprendizado, linguagens e meios. A ideia é aproximar o Atelier Livre ainda mais da comunidade. Essas atividades se somam àquelas tradicionalmente já realizadas no espaço”, explica Adriana Boff, coordenadora de Artes Plásticas da Secretaria Municipal de Cultura.
 
O Atelier Xico Stockinger, com 56 anos de funcionamento, é a escola de artes da Prefeitura de Porto Alegre. Aborda desde aulas de gravura e pintura à cerâmica e escultura, passando por ações colaborativas e oficinas multidisciplinares. 
 
Os cursos
 
Fotografia - possibilidades…
 
Vilma Sonaglio
Dia/turno: quarta-feira / tarde 14h as 17
Duração: de 3 de maio a 19 de julho
Neste curso o aluno terá a oportunidade de pensar e explorar a prática artística em fotografia através de diferentes técnicas digitais e analógicas, passando por um apanhado teórico cronológico, assim como interlocuções com algumas trajetórias artísticas. O curso será ministrado por Fernando Nectoux, André Severo, Niura Legramante e Clovis Dariano.
Pré-requisitos: possuir celular com Instagram
Vagas: 20
 
Laboratório Perfor_Corpuscoletivo
 
Carla Borba e Andressa Cantergiani
Dia/turno: quarta-feira / noite das 19h as 22h
Duração: de 3 de maio a 19 de julho
O Laboratório Perfor_Corpuscoletivo se apresenta como um desdobramento das ações realizadas durante o Programa Público de Performance Península, promovido pela Galeria Península e propõe a instauração de um espaço de experimentação pautado nas inquietações artísticas e criativas dos participantes e do coletivo. 
Publico: Artistas, estudantes, agentes culturais, interessados em performance em geral. Maiores de 18 anos. 
Vagas: 20
 
Panorama da História da Arte no Ocidente
 
Camila Monteiro Schenkel
Dia/turno: terça-feira/ noite das 19h as 22h
Duração: de 2 de maio a 18 de julho
Serão apresentadas as principais escolas e movimentos que se sucederam entre o Renascimento e o Modernismo internacional. O objetivo é introduzir conceitos, artistas e obras participantes da Renascença, Barroco, Rococó, Neoclassicismo, Romantismo, Realismo, Impressionismo e Pós-Impressionismo, situando-os em relação a episódios como a Reforma, a Contrarreforma, o Absolutismo, o Iluminismo, a Revolução Industrial, o liberalismo e o colonialismo. 
Inscrições: sem pré-requisitos, por ordem de inscrição
Vagas: 50
 
Arte desde 1900: Ruptura, Crise e Expansão
 
Camila Monteiro Schenkel
Dia/turno: segunda/ tarde 14h às 17h
Duração: de 8 maio a 24 de julho
Serão abordados movimentos, artistas, obras e teorias referenciais para a arte do século XX a partir dos conceitos de ruptura, crise e expansão. O objetivo é apresentar um recorte da produção das vanguardas históricas à arte contemporânea, destacando sua contribuição para a prática e o pensamento artístico atual.
Inscrições: sem pré-requisitos, por ordem de inscrição
Vagas: 50
 
Incrições Atelier Livre Xico Stockinger 
de 19 abril até 2 maio
Local: Centro Municipal de Cultura, Av. Érico Verissimo, 307, Porto Alegre
Telefone (51) 3289-8057 
e-mail: alivre@smc.prefpoa.com.br
Valor: R$ 150 com desconto de  50% para funcionários municipais. 
Podem ser concedidas bolsas. Informações na secretaria.
 
 
 
 


/artes

Texto de: Thiago Copetti
Edição de: Andrea Brasil
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.

Estado promove dezenas de atividades na Semana do Livro



Biblioteca Pública do Estado Restaurada

Neste período também acontece a Semana do Perdão, em que serão isentos do pagamento de multa quem estiver com livros atrasados na BPE
Na Semana Estadual do Livro e Incentivo a Leitura, os gaúchos terão uma série de atividades gratuitas de incentivo à leitura.Na Biblioteca Pública do Estado (BPE) diversas ações ocorrem entre os dias 17 a 22. para serem devolvidos.Outro destaque é o  Sarau “Eu Leio Scliar”, promovido pelo Instituto Estadual do Livro (IEL) e o Projeto Eu Leio, às 19h, no Multipalco do Theatro São Pedro.
O projeto Eu Leio é uma homenagem dos escritores para escritores e nesta edição se volta ao portoalegrense Moacyr Jaime Scliar, que nasceu dia 23 de março de 1937 e faleceu em 27 de fevereiro de 2011. Médico especialista em saúde pública e professor universitário, como escritor se dedicou a contos, romances, ensaios e literatura infantojuvenil, além de crônicas nos principais jornais do Brasil. Serão lidos trechos das obras do autor, como “Carnaval dos Animais”, “Um País Chamado Infância”, “A Mulher que Escreveu a Bíblia”, “A Massagista Japonesa”, “A Guerra do Fim do Mundo”, “O Exército de um Homem Só”, “O Ciclo das Águas” e “A Orelha de Van Gogh”.
Participam do evento 47 personalidades ligadas à literatura. São elas: Ana Mello, Armindo Trevisan, Alexandre Brito, Barbara Sanco, Breno Serafini, Cacé Mello, Cândido Brasil, Carlos Fernando Laser, Cathe De Leon, Cláudia Carvalho,  Clô Barcelos, Cristina Macedo, Débora Jardim, Denise Weinréb,, Doralino Souza da Rosa,  Elisa Henkin,Giovani Rostirolla, Gladis Berriel,  Ivete Brandalise, Jacira Fagundes, Jorge Martins, Jorge Rein, José Eduardo Degrazia, Julio Alves, Jussara Mello, ,Lourdes Kauffman,  Luis Augusto Fischer, Luiz Coronel,Luiz- Olintho Telles, Luiz Paulo Faccioli, Marion Cruz, Marô Barbieri, Martha Medeiros, Milene Borazzet, Monique Revillion, Patrícia Langlois, Paulo Wainberg, Rafael Ban Jacobsen,, Rafael Guimaraens,  Rejane Romani Rech, Ricardo Silvestrin, , Sidnei Schneider, Tabajara Ruas, Valesca de Assis, Viviane Gil e Waldomiro Carlos Manfroi.
O IEL também realizará uma exposição em sua sede (André Puente, 318) com livros do autor, que constam em seu acervo, até 30 de agosto. A abertura será no dia 17 de abril (segunda-feira), quando 45 alunos da Escola Estadual de Ensino Gentil Viegas Cardoso, de Alvorada, farão uma visitação na mostra e assistirão à palestra do escritor Valdomiro Manfroi sobre a extensa obra de Scliar, assim como seu legado.
Confira a Programação
18/04 
SEMINÁRIO DE ABERTURA DA SEMANA ESTADUAL DO LIVRO E INCENTIVO À LEITURA: PROFESSOR, O PROTAGONISTA (auditório do CAFF)
Programação:
8h30min – Credenciamento
8h45 às 9h – Abertura
9h às 9h15min – Luiz Coronel – “Um raio de luz em tempo nublado”
9h15h às 9h30min – Judith Scliar – “80 anos de Moacyr Scliar”
9h30h às 10h30min – Vera Teixeira de Aguiar e Marilia Papaléo Fichtner “A leitura como ferramenta de humanização”.
10h30min às 10h50min – Café
10h50 às 11h50min - Jacira Fagundes – “Analfabetos funcionais. O quanto somos!
12h – Almoço
13h30min às 14h – Zé Henrique – “Faz do conto: narração para o coração”.
14h às 15h – Robertson Frizero – “Como falar dos livros que não lemos?”.
15h às 15h30min - Premiação dos professores
15h30 às 15h45min – Café
15h45min às 16h45min – Marléa Ramos Alves- “Então? Por que sou professor/a?
16h45min17h – Encerramento
***
CONVERSANDO SOBRE A BIBLIOTECA
Sinopse: Treinamento de equipes de bibliotecas públicas do RS e distribuição de kits de livros.
Dia: 18 de abril de 2017 (terça-feira).
Local: Biblioteca Pública do Estado – Riachuelo, 1190.
Hora: das 13h30min às 17h30min.
__
EU LEIO SCLIAR
Sinopse: O Projeto Eu Leio é uma homenagem dos escritores para escritores. Nesta edição o Projeto homenageará Moacyr Scliar.
Dia: 18 de abril de 2017 (terça-feira).
Local: Multipalco do Theatro São Pedro – Praça da Matriz, s/nº.
Hora: 19h.
__
PROJETO CHAPEU ACÚSTICO
Sinopse: Show de Cristian Sperandir.
Dia: 18 de abril de 2017 (terça-feira)
Local: Biblioteca Pública do Estado – Riachuelo, 1190.
Hora: 19h.
__
A CONSTRUÇÃO DO ROMANCE HISTÓRICO
Sinopse: Palestra com escritor Sérgio Luiz Gallina, pesquisador da Idade Média.
Dia: 19 de abril de 2017 (quarta-feira).
Local: Biblioteca Pública do Estado – Riachuelo, 1190.
Hora: 18h.
__
E SE ALGUÉM O PANO
Sinopse: Sarau poético para lançamento Literário da Escola de Poesia Aprés Coup.
Dia: 19 de abril de 2017 (quarta-feira).
Local: Biblioteca Pública do Estado – Riachuelo, 1190.
Hora: 19h30min.
__
EXIBIÇÃO DO FILME ‘O HOMEM DE LA MANCHA’
Sinopse: Filme de  Arthur Miller. Atividade do Clube de Leitura.
Dia: 20 de abril de 2017 (quinta-feira).
Local: Biblioteca Pública do Estado – Riachuelo, 1190.
Hora: 16h.
__
FEIRA DE TROCA DE LIVROS E LIVROS LIVRES
Sinopse: Doações de livros que a biblioteca já possui ou não são do perfil de seu público – livros na fachada.
Dia: 22 de abril de 2017 (sábado).
Local: Biblioteca Pública do Estado – Riachuelo, 1190.
Hora: das 14h às 18h.
__
RECITAL “AS MULHERES DE BAH”
Sinopse: Apresentam repertório barroco na Biblioteca Pública de Porto Alegre. A apresentação contará com a participação da trompetista Daniela Garcia.
Dia: 23 de abril de 2017 (domingo).
Local: Biblioteca Pública do Estado – Riachuelo, 1190.
Hora: 17h30min.
***
PROGRAMAÇÃO INFANTIL
QUARTAS-FEIRAS DE ABRIL
Horário: 9h30 às 11h e 14h30 às 16h.
Sinopse: Contação de histórias: “O Patinho Feio e outros contos de Andersen”, com Carmen Henke.  Após a contação de histórias haverá um piquenique no Jardim Lutzenbergen.
Local: Biblioteca Lucilia Minssen.
Ingresso: R$ para escolas públicas e R$ 10 para escolas particulares.
Agendamento: atendimento.bibliotecalucilia@gmail.com.
__ 
QUINTAS-FEIRAS DE ABRIL – CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS
Sinopse: “Maravilhosos Contos de Andersen”, com Mariah Ramalho. Lili, a menina inventadeira e criativa de Mario Quintana, viaja no sonho, na imaginação e sensibilidade dos contos de grandes autores da Literatura infantil, com “O Patinho Feio”, “A Princesa e a Ervilha”, “O Rouxinol”, “O Macaco e O Coelho”, “O Gato Vaidoso”, “Jeca Tatu” e “O Rabo do Macaco”.
Local: Biblioteca Lucilia Minssen – Sala Lili inventa o mundo – 5º andar da CCMQ.
Horário: 9h30 às 11h e 14h30 às 16h.
Ingresso: R$ para escolas públicas e R$ 10 para escolas particulares.
Agendamento: atendimento.bibliotecalucilia@gmail.com.

17 de abril de 2017

Ospa recebe Thomas Machado, vencedor do The Voice Kids, na Série Araújo Viana



Irmãos Machado serão os solistas do concerto

Irmãos Machado serão os solistas do concerto
A Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa) recebe os Irmãos Machado, uma dupla de promissores artistas mirins, no seu primeiro concerto do ano no Auditório Araújo Vianna. Eduardo e Thomas Machado, que ganharam projeção nacional depois de o mais jovem ser o vencedor do programa The Voice Kids 2017, se apresentam com a orquestra no dia 30 de abril, domingo, a partir das 18h. O repertório da exibição é dedicado a danças e valsas. Com entrada franca, o concerto integra a Série Araújo Vianna da Ospa, patrocinada pelo Banrisul, e terá a regência de Evandro Matté, maestro e diretor artístico da Ospa.
No dia 29 de março, às vésperas da final do The Voice Kids 2017, Thomas Machado foi recebido no Palácio Piratini pelo vice-governador José Paulo Cairoli e pelo secretário da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, Victor Hugo. Na ocasião Victor convidou o prodígio para a apresentação com a Ospa. A Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre é parceira na promoção da Série.
Distribuição de senhas:
Sábado, dia 29/04, das 11h às 17h, na bilheteria do Auditório
Domingo, dia 30/04, das 11h às 18h, na bilheteria do Auditório
Cada pessoa poderá retirar duas senhas.
- A apresentação é a primeira da Série Araújo Vianna 2017. Lançada em 2015, a série resulta de uma parceria entre a Fundação Ospa e as secretarias Municipal de Cultura e Estadual de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer.  O seu objetivo é apresentar nomes da música popular gaúcha e nacional em parceria com a Ospa, dando assim continuidade a um histórico de apresentações da orquestra no Auditório Araújo Vianna, iniciado em 1954 pelo próprio fundador da Ospa, o maestro Pablo Komlós. O Banrisul é o apresentador oficial da Série.
Sobre o maestro
Evandro Matté é diretor artístico e maestro da Ospa; diretor artístico do Festival Internacional SESC de Música, que acontece em Pelotas; e diretor artístico e maestro da Orquestra Unisinos Anchieta. Realizou sua formação musical na Universidade Federal do RS, na University of Georgia (EUA) e no Conservatoire de Bordeaux (FRA). Trompetista da Ospa desde 1990, é também coordenador cultural da Unisinos e pós-graduado em Gestão Empresarial. Esteve à frente de orquestras do Uruguai, Argentina, China, República Checa e Alemanha. É coordenador do projeto social Vida com Arte, que atende 250 crianças, proporcionando inclusão social através da música.
Sobre os solistas | Irmãos Machado
No dia-a-dia, são crianças como todas as outras: estudam, gostam de jogar bola e andar de bicicleta. Mas, entre as ‘’atividades’’ prediletas de Thomas, 8 anos, e de Eduardo, 15 anos, está a de brincar de ser gaiteiro.
Os dois já subiram ao palco com o conjunto Os Monarcas, e desde então foram apadrinhados pelo mestre Gildinho, que
Concerto da Série Araújo Vianna
Quando: 30 de abril, domingo, às 18h
Onde: Auditório Araújo Vianna (Avenida Osvaldo Aranha, s/nº – Redenção)
ENTRADA FRANCA
Distribuição de senhas:
Sábado, dia 29/04, das 11h às 17h, na bilheteria do Auditório
Domingo, dia 30/04, das 11h às 18h, na bilheteria do Auditório
Cada pessoa poderá retirar duas senhas.
PROGRAMA
Danças e valsas.
Regente: Evandro Matté
Solistas: Irmãos Machado

12 de abril de 2017

Cultura terá de rever prioridades para se adequar a corte de verbas, diz Freire

via correio do povo:

Para ministro, pasta precisa prestar mais atenção em sua atividade-fim e ser menos ativista

O ministro da Cultura, Roberto Freire, disse enxergar na atual crise econômica uma oportunidade para que a pasta defina prioridades e promova acertos na elaboração e na condução de políticas públicas para o setor. Esse "ajuste de foco" deve, segundo o ministro, resultar em mais atenção às atividades-fim da pasta - ou seja, a promoção da criação artístico-cultural e a proteção do patrimônio histórico -, em detrimento do que classificou como atividade-meio, ativista.
"Durante muito tempo, o Ministério da Cultura se preocupou com a atividade-meio, que era mobilizadora, ativista e significava uma integração muito forte com a política e com o poder e, muitas vezes, se esqueceu de sua atividade fundamental. Temos exemplos disso espalhados por todo o Brasil, como as bibliotecas e os teatros fechados”, comentou Freire durante a cerimônia de abertura do 3º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas, Turísticas e Patrimônio Mundial, realizado pela Confederação Nacional de Municípios (CNM), em Brasília.
Segundo Freire, será preciso ajustar as contas do ministério para fazer frente ao contingenciamento de cerca de 40% do orçamento anual inicialmente previsto para a pasta – consequência do corte de R$ 42,1 bi no Orçamento-Geral da União, anunciado pelo Poder Executivo no fim de março. Freire, no entanto, garantiu que ações que forem consideradas prioritárias serão mantidas.
“Já estamos fazendo as adequações necessárias. Muitos dos projetos e convênios existentes não são prioritários em um momento de crise como este. Vamos ter que fazer ajustes, levando em consideração as prioridades, entre elas, a preservação do Iphan [Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional]”, destacou Freire, sem citar exemplos de projetos e convênios que podem ser cancelados ou interrompidos.
Freire destacou que a atual crise econômica é das maiores da história do país e defendeu a iniciativa do governo federal de encampar projetos polêmicos que considera necessários, como a reforma da Previdência Social. “Esse governo é profundamente reformista. Enfrentamos processos difíceis para qualquer governo a fim de preparar, na crise, o Brasil do futuro”, acrescentou Freire.

11 de abril de 2017

Casa de Cultura Mario Quintana recebe curso sobre Contação de Histórias



Proposta é promover reflexão sobre o ato de contar histórias e a sua importância no contexto histórico, social e educacional - Foto: Roberta Amaral

Proposta é promover reflexão sobre o ato de contar histórias e a sua importância no contexto histórico, social e educacional – Foto: Roberta Amaral
A Casa de Cultura Mario Quintana recebe em abril e maio o curso “Contar histórias: Espaço de Encantamento e Sensibilização”. As aulas serão ministradas pela educadora e contadora de história, Rosane Castro. Os encontros vão ocorrer nos dias 12 e 27 de abril e 3, 10, 17 e 24 de maio, sempre das 18h às 21h, na Biblioteca Lucilia Minssen.
O curso é voltado para professores, bibliotecários, acadêmicos, estudantes de magistério, agentes de leitura e pessoas que têm interesse em contar histórias. Segundo Rosane, a ideia é promover reflexão sobre o ato de contar histórias e a sua importância no contexto histórico, social e educacional. O curso também abordará a narração de história e sua contribuição para o fomento e incentivo à leitura.

NOVOS PROCEDIMENTOS PARA A LEI ROUANET

 

 

 

Boa tarde

 

Recentemente o Ministério da Cultura publicou uma nova Instrução Normativa alterando alguns procedimentos e regras para a gestão dos projetos culturais na Lei Rouanet.

O Ministério também, ao invés de publicar manual como em outras ocasiões, publicou um site inteiro com os textos, resumos e orientações.

Para cessar e visualizar as novidades na Lei Rouanet veja o link abaixo:

 

http://rouanet.cultura.gov.br/o-que-ha-de-novo/

 

Marcelo Miguel

 

Museu Julio de Castilhos acabou como brechó

Via Blog Léo Ribeiro:


DE CHORAR DE PENA (OU DE RAIVA)


FECHA UM MUSEU, ABRE UM BRECHÓ
 
Por: Paulo Germano - Zero Hora - segunda feira - 10 abril

Entrada do Museu Julio de Castilhos exibe manequim de loja
e faixa de plástico onde se lê "Brechó do Julio" 
          Foto: Carlos Macedo / Agência RBS
 
Único museu público sobre a história do Rio Grande do Sul, o Julio de Castilhos se afirma como símbolo de decadência do patrimônio cultural gaúcho. Está fechado desde janeiro – e você talvez nem tenha notado, o que já é sintomático.
 
Sem manutenção preventiva, tratado com desleixo por sucessivos governos, o museu mais antigo do Estado acabou interditado porque qualquer chuva inundava tudo. Virou um elefante branco combalido por paredes descascadas, piso escangalhado, infiltrações e problemas elétricos.
 
A entrada exibe hoje um manequim de loja e uma faixa de plástico onde se lê "Brechó do Julio". Quem teve a ideia da lojinha foi a Associação dos amigos do Museu, que conta com 11 sócios bem intencionados atrás de recursos para trocar lâmpada, coisa que o Estado não faz. 
 
- O brechó é uma forma de combater um descaso crônico e muito antigo - justifica o presidente da associação, Thiago Araújo.
 
Membro do Conselho Internacional de Museus, o professor de escultura José Francisco Alves, do Atelier Livre, diz que o anúncio do brechó na entrada "é patético mas também profético".
 
- O Julio de Castilhos sempre pareceu um brechó. Tinha roupas com traças, aquelas espadas caindo na vitrine, tudo malcuidado. No fim é o que Porto Alegre tem para oferecer na área cultural: um brechó.
 
José Francisco lembra que o museu Hipólito José da Costa também foi interditado. O Museu Antropológico, que mostraria as origens do gaúcho, segue com o acervo encaixotado. O Museu dos Direitos Humanos do Mercosul foi inaugurado em 2014 e depois sumiu. O Memorial do Rio Grande do Sul é outro que sofre com abandono.
 
Sobre o Museu Julio de Castilhos a Secretaria de Estado da Cultura prevê sua reabertura até a metade de abril. Por enquanto, nos resta uma visita ao Brechó do Julio.
 
Nota do Blog: 
 
O título da postagem "de chorar de pena (ou de raiva)" é nosso mas reflete o sentimento de tristeza de todos pelo abandono cultural de nosso Estado. 
 
Quando um grupo de amigos tem que abrir um brechó para comprar lâmpadas para um local quase sagrado para nós gaúchos, pois ali mora a nossa história, a vontade é mesmo de chorar. Resta saber se de pena ou de raiva. 
 
E depois achamos que somos um Estado cultural, preservador de seus costumes, mantenedor de tradições... Somos, isto sim, um povo complacente ante a inércia dos governantes.
 
"Sirvam nossas façanhas...."     
 

10 de abril de 2017

A Cultura no novo Programa de Metas do Município



Foto: Josiele Silva (CMPA)

Prefeito apresenta ao Legislativo 58 metas prioritárias do seu mandato, das quais três referem-se à cultura.


O Programa de Metas do Poder Executivo municipal foi apresentado na última quinta-feira, 30 de março, à Câmara de Vereadores. Ao fazer a entrega do documento ao Presidente da Câmara, Vereador Cássio Trogildo, o Prefeito Nelson Marchezan Jr. destacou a transparência na gestão, que pretende aprofundar através do Prometas.

Para o Prefeito, que liderou o processo de criação do Programa, a gestão que ora inicia compromete-se com metas atingíveis e que mudarão a vida do cidadão que vive em Porto Alegre. “Trabalhamos com responsabilidade e dentro de uma realidade de metas entregáveis. Estabelecemos normas de acordo com aquilo que efetivamente somos capazes de atingir... Tudo o que apresentamos à sociedade em 2016 consta no Prometas”, acrescentou. O secretário de Gestão e Planejamento, José Alfredo Parode, que coordenou a elaboração do Programa, afirmou que o documento prevê a participação da sociedade e do terceiro setor. “A sociedade é parte de todo o processo e poderá acompanhar de perto o trabalho do poder público municipal. Além de contribuir, os cidadãos também poderão fiscalizar nossa atuação e saber como são aplicados os recursos públicos”, disse.

O que é o Prometas?

O primeiro Prometas apresentado oficialmente à Câmara pelo Executivo tem três eixos (Desenvolvimento social; Infraestrutura, economia, serviços e sustentabilidade; e Gestão e finanças), 16 objetivos estratégicos e 58 metas. Seguindo o que determina a legislação municipal, também foram entregues aos vereadores as Demonstrações Contábeis 2016 e o Relatório de Atividades de 2016.

O Prometas foi incluído na Lei Orgânica Municipal pelo Legislativo em 2015, definindo que todo prefeito eleito deve apresentar, até noventa dias depois da posse, um programa contendo as prioridades da gestão.
Nele constam as prioridades a serem atendidas, além de indicadores de desempenho e metas quantitativas e qualitativas para cada um dos eixos estabelecidos. A partir de agora, o Prefeito tem trinta dias para debater o conteúdo com a população, através de audiências públicas. O programa também prevê a prestação de contas anual, na qual será divulgado o andamento das propostas assumidas com a cidade.

E a cultura, onde fica?

A cultura aparece no Eixo 1. DESENVOLVIMENTO SOCIAL, o qual contempla nove objetivos estratégicos e 34 metas. Seu objetivo geral é "buscar uma melhor qualidade de vida para a população de Porto Alegre, com metas que assegurem a inclusão de todos os cidadãos, especialmente em áreas sensíveis como a educação, saúde, cultura e segurança."

As três metas relacionadas à cultura alinham-se com o Objetivo Estratégico de "promover o acesso à cultura para a população, especialmente a crianças em situações de vulnerabilidade social, consolidando uma programação focada no longo prazo e revitalizando os bens e patrimônios culturais", e são as seguintes:

META 28: Oportunizar acesso à cultura para 100% dos habitantes de todas as regiões de alta e média vulnerabilidade social.
(Prioridade para 19 bairros com Índice de Vulnerabilidade Social-IVS mais elevados: Agronomia, Arquipélago, Belém Novo, Belém Velho, Bom Jesus, Cascata, Chapéu do Sol, Cel. Aparício Borges, Farrapos, Lageado, Lami, Lomba do Pinheiro, Mário Quintana, Restinga, Santa Tereza, São José, Sarandi, Serraria e Vila João Pessoa.)

META 29: Garantir que 15% da capacidade média de público dos espetáculos nos espaços municipais seja disponibilizada gratuitamente para pessoas de baixa renda.

META 34: Promover a inclusão social por meio de 2,8 milhões de atendimentos nos equipamentos e eventos esportivos, recreativos e de lazer.
(Número refere-se à soma dos atendimentos em quatro anos do atual mandato. Para referência, 1,2 milhão de atendimentos foram realizados somando-se os anos de 2015 e 2016. Consideram-se equipamentos os centros comunitários, ginásios, unidades recreativas, entre outros)

O Plano não traz o detalhamento dessas metas e indicadores, o que será apresentado posteriormente.

Texto adaptado do Boletim Informativo da Prefeitura e Site da Câmara de Vereadores.

6 de abril de 2017

Teatro de Arena abre inscrições para primeiro Brique Cênico



Evento acontecerá dia 29 de abril em frente ao Teatro - Foto: Guilherme Santos

Evento acontecerá dia 29 de abril em frente ao Teatro – Foto: Guilherme Santos
Dando continuidade às comemorações de seus 50 anos, o Teatro de Arena promove no dia 29 de abril o I Brique Cênico. O evento acontecerá na escadaria do Viaduto Otávio Rocha, em frente ao Teatro das 10h às 17h. As inscrições podem ser feitas até o dia 15 através do link: http://bit.ly/briquecenico.
O espaço funcionará como momento de venda e troca de materiais cenográficos, figurinos e outros elementos do teatro, circo e dança. Além do escambo e comércio, haverá apresentações, performances, shows e parcerias gastronômicas.
A proposta do diretor do Instituto Estadual de Artes Cênicas (IEACen), Clóvis Rocha, é que o Brique Cênico ocorra regularmente, promovendo não apenas a cultura, mas a interação entre o artista e o público.
Para participar:
Os artistas em participar do Brique devem seguir as instruções:
- Compor um grupo ou trupe artística, uma escola ou ser atuante independente na área;
- Ter seu próprio suporte de exposição;
- O produto em exposição deve ser exclusivamente artístico.
- As inscrições devem ser feitas até o dia 15 de abril pelo link http://bit.ly/briquecenico. Mais informações pelo e-mail ieacen.rs@gmail.com.

5 de abril de 2017

Centro Municipal de Dança abre inscrições para o Grupo Experimental 2017




O Centro Municipal de Dança da Secretaria da Cultura de Porto Alegre abre as inscrições de 06 a 13 de abril para os interessados em participar do Grupo Experimental de Dança da Cidade de Porto Alegre. O projeto oferece a oportunidade de formação em dança durante um ano com diversos profissionais da área no Rio Grande do Sul e a prática de criação artística em grupo.

O programa de curso é gratuito e inclui 4 aulas por semana (segunda, terça, quarta, e sexta), durante o turno da manhã, com diversas abordagens e estilos como dança contemporânea, dança moderna, improvisação, história da dança, entre outras. O programa prevê aproximadamente 350 horas/aula ao ano, de maio a dezembro. Mais de 400 alunos já participaram do projeto que teve no seu corpo docente profissionais como Eva Schul, Neca Machado, Douglas Jung, Alexandre Rittman, Bia Diamante, Didi Pedone, Alessandro Rivellino, Iandra Cattani, Driko Oliveira, Thais Petzhold, Suzana Dávila, João de Ricardo, Luciana Paludo, entre outros.

O projeto pioneiro e inédito é uma realização do Centro Municipal de Dança, da Secretaria da Cultura da Prefeitura de Porto Alegre, teve início em 2007 e desde 2011 conta com parceria da Casa de Cultura Mario Quintana e Secretaria de Estado da Cultura - SEDAC-RS.

Na sua curta trajetória o projeto do Grupo Experimental de Dança da Cidade já pôde perceber resultados no âmbito da criação e da formação além das fronteiras do país. Os ex-alunos Marcio Canabarro e Douglas Jung passaram na audição e ganharam bolsa para estudar na Salzburg Experimental Academy of Dance (SEAD), na Áustria. Muitos outros integrantes passaram a atuar em outros grupos ou companhias ou como coreógrafos, bem como prosseguindo sua formação em dança em centros de excelência no Brasil e no exterior. Além disso novos coletivos e núcleos de criação têm se formado a partir das turmas do GED.

Cronograma:


De 06 a 13/04 - Inscrições
De 17 a 24/04 - Aulas abertas para seleção (audições)
25/04 - Resultado da Seleção
26/04 - Aula Inaugural

As inscrições estão abertas para alunos e alunas a partir dos 15 anos. Os interessados devem enviar carta de interesse e ficha de inscrição para o Centro de Dança da Secretaria Municipal da Cultura, (Av. Érico Veríssimo, 307) através do endereço eletrônico: dancasmc@gmail.com. Outras informações pode ser obtidas através do fone 3289.8065.

FICHA DE INSCRIÇÃO – Grupo Experimental de Dança de Porto Alegre


Nome:
Endereço:
Telefone:
E-mail:
Data nascimento:

Breve currículo: (informações profissionais/ de formação)

O projeto do Grupo Experimental de Dança da Cidade oferece aulas gratuitas. Para o preenchimento das vagas públicas, solicitamos aos interessados que respondam as questões abaixo, contribuindo para a seleção da turma com melhor aproveitamento.

1. Você tem condições de chegar pontualmente às aulas?
( ) sim ( )às vezes ( ) não

2. Você tem condições de assumir o período de aulas de maio a dezembro?
( )sim ( ) parcialmente PQ?

3. No caso de oferta de participação em outro curso ou grupo você teria de:
( ) avaliar a proposta ( ) manter o compromisso com o Grupo Experimental de Dança (GED)

4 . Você tem alguma dificuldade financeira para frequentar as aulas diariamente?
( ) sim ( ) não ( )talvez

5. Você tem alguma viagem ou compromisso já assumido que possa afastá-lo do GED por mais de uma semana ao longo do ano?
( ) sim Qual? ( ) não

6. Caso surja uma oportunidade de trabalho ou estágio remunerado no mesmo turno das aulas do grupo você:
( ) avaliaria ( ) não aceitaria ( ) teria de aceitar

7. Você está disposto(a) a frequentar todas as aulas oferecidas no programa do projeto, independente de suas preferências ou identificação:
( ) sim ( ) talvez

8. Durante o ano podem ser planejadas performances e apresentações públicas. Você estaria disponível para participar dessas atividades?
( ) sim ( ) talvez PQ?

9. Qual tipo de aulas você tem maior interesse?

10. Você tem algum problema de saúde ou lesões que exijam cuidado especial durante aulas práticas e que precisem ser informados aos professores?