Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

31 de março de 2011

Prorrogada campanha pelo reconhecimento de Landell

Foto: Divulgação/PMPA
Selo para comemorar o Sesquicentenário de Landell de Moura Selo para comemorar o Sesquicentenário de Landell de Moura

A Campanha de Adesão em Massa ao abaixo-assinado eletrônico em prol do reconhecimento oficial dos feitos científicos e geniais invenções do padre porto-alegrense Roberto Landell de Moura, pioneiro das Telecomunicações, foi prorrogada até o dia 30 de abril. A proposta está incluída nas atividades comemorativas ao sesquicentenário de nascimento do padre cientista e foi promovida pelo Movimento Landell de Moura (MLM).

A iniciativa conta ainda com apoio e divulgação da Prefeitura de Porto Alegre e de uma grande comissão formada por mais de 30 entidades representativas do nosso estado, como AGERT, PUCRS, Ufrgs, Memorial Landell de Moura, ADCE, Museu do Rádio, Colégio Militar de Porto Alegre, Núcleo de Estudos e Pesquisas Landell de Moura, Biblioteca Pública do Estado do Rio Grande do Sul (BPE-RS), Corag, entre outras instituições, que constituem o núcleo de eventos que tem por objetivo articular ações sociais, organizando atividades e eventos culturais em homenagem ao padre. As adesões ao abaixo-assinado eletrônico podem ser feitas no site www.mlm.landelldemoura.qsl.br.
Valorização - O movimento pretende conscientizar a sociedade para valorizar a ciência e a memória nacional do padre, resgatado do anonimato. Landell efetuou transmissões pioneiras no mundo da voz humana à distância sem fios, projetou a televisão e o teletipo muitos anos antes de outros cientistas internacionais e foi um dos precursores da invenção do controle remoto pelo rádio, grande marco na história da humanidade. O inventor ainda obteve patentes no Brasil e no exterior, mas não recebeu nenhum apoio financeiro, nem reconhecimento.

Dessa forma, em 2011, instituído o “Ano da Inovação Padre Landell de Moura” em Porto Alegre, no âmbito da política, ciência, tecnologia e inovação, unem-se esforços para que o governo brasileiro reconheça oficialmente os méritos científicos de Landell e, assim sendo, faça a inclusão de sua história de vida e obra no currículo escolar obrigatório.
Seguindo o calendário das próximas homenagens, no dia 5 de abril, serão doados livros sobre a vida e obra do padre para a Secretaria Municipal de Educação de Porto Alegre, para o Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas do Rio Grande do Sul e também para a Biblioteca Pública do Estado do Rio Grande do Sul (BPE-RS). Os livros são de autoria do jornalista Hamilton Almeida (Padre Landell de Moura: um herói sem glória) e da pesquisadora Vânia Maria Abatte (Confissões de um Padre Cientista). A entrega dos exemplares é uma promoção do Movimento Landell de Moura (MLM), que obteve a doação de 100 exemplares do livro de Almeida junto à Editora Record, e do Núcleo de Estudos e Pesquisas Landell de Moura.

Prêmio Açorianos de Música divulga lista de indicados

A Prefeitura Municipal de Porto Alegre, através da Coordenação de Música e da Secretaria Municipal da Cultura divulga a lista final de Indicados ao Prêmio Açorianos de Música 2010. O prêmio está em sua 20ª edição e é o mais importante da categoria no Rio Grande Sul. A cerimônia de premiação será realizada no dia 26 de abril de 2011, às 20h30, no Teatro do Bourbon Country (Túlio De Rose, 80, 2° piso). A entrada é franca e aberta ao público.
A dupla Kleiton & Kledir  receberá o prêmio de Homenagem do Ano, pelo conjunto da obra. Receberão o troféu de Menção Especial: Ayrton dos Anjos, Carlos Branco, Glênio Reis, Ospa 60 Anos, Revista Noize.

Confira lista de indicados

Ciclo de Debates sobre o Terceiro Setor

O Observatório do Terceiro Setor - OTS da Fundação Irmão José Otão promove um Ciclo de Debates sobre o Terceiro Setor no Rio Grande do Sul. O Ciclo de Debates tem por objetivo a promoção da reflexão sobre as diferentes formas de atuação das organizações do Terceiro Setor, contribuindo também para a consolidação das redes sociais.
Veja aqui a programação do ciclo para o primeiro semestre desse ano.
Mais informações em: www.fijo.org.br ou telefone: 3205-3100

Terças inCâmara


Estou encaminhando divulgação do programa 'Terças inCâmara', que acontecerá na próxima terça-feira, dia 5 de abril, com entrada franca.
Divulgue. Prestigie.
Conto com sua presença.
Abraços
Rafael Baião

Prefeitura e Governo do Estado formalizam parceria

Foto: Luciano Lanes / PMPA
Grupo de Trabalho será criado para avaliar os projetos Grupo de Trabalho será criado para avaliar os projetos
Alinhar ações que possuem interface entre o Governo do Estado e a prefeitura foi o tom da reunião que ocorreu hoje, 31, entre o prefeito José Fortunati e o governador Tarso Genro, juntamente com os seus secretários. A audiência ocorreu no Palácio Piratini. (fotos)

De acordo com o prefeito, nos próximos dias será assinado o Protocolo de Ações Conjuntas e Cooperação Institucional entre as partes. O objetivo é tratar de pautas importantes e comuns entre as duas esferas de poder. Segundo Fortunati, será constituído imediatamente um grupo de trabalho para examinar os temas que possuem interface, como o projeto do metrô, as iniciativas de preparação à Copa do Mundo em 2014, Cais Mauá, segurança pública e as ações da saúde na cidade, que também atende demandas da região metropolitana e do interior.

“Estamos alinhando o documento para já começarmos a trabalhar em parceria, compartilhando decisões em questões fundamentais que nos envolvem de forma direta”, ressaltou o prefeito.

Mostra Cômica Cultural na CCMQ

A Casa de Cultura Mario Quintana, instituição da Secretaria de Estado da Cultura, apresenta no Teatro Bruno Kiefer, de terça-feira (05), a quinta-feira,(07) de abril, às 20 horas, a Mostra Cômica Cultural, com Patsy Cecato, como autora, diretora e atriz, no espetáculo Gozadas, reunindo cinco quadros cômicos, com as participações especiais dos atores Caio Prates e João Carlos Castanha, considerados dois dos melhores comediantes do Rio Grande do Sul.
O espetáculo Gozadas estimula a reflexão e autocrítica diante de mulheres à beira de um ataque de nervos. A Faxineira Ganha um Oscar, Amiga é Para Essas Coisas, Velha de Shortinho, Em Periferia e Celebridade Instantânea são esquetes que abordam questões como filhos, separação, conquistas, amigas, namorados, empregadas, tensão emocional, solidão e a busca pela juventude e beleza. Os textos são de Patsy Cecato, com contribuições de Fanny Santamaria e da bailarina e atriz gaúcha Angela Dipp, radicada em São Paulo, que já integrou o espetáculo Terça Insana.
Ângela inspirou Patsy Cecato, com uma abstração, para compor o quadro Em Periferia. Em A Faxineira..., a personagem Terezinha agradece aos homens do prédio por fazerem o ato de micção no lugar certo e as mulheres colocarem o absorvente higiênico no lixo. Traições, brigas, processos, agressões e prisão também estão em Gozadas.

Autor: Vera Pinto
Edição: Asscom/Sedac

Porto Alegre envelhece e se renova

Paulo Horn Regal * / Artigos- página 17 - zero hora 25/03/2011


Uma jovem e vibrante senhora completa 239 anos neste sábado. Porto Alegre, contraditoriamente, envelhece e se renova continuamente, marcada por signos que a identificam de forma muito peculiar. Ainda que padeça dos mesmos e grandes problemas de toda cidade contemporânea, a Capital pode exaltar um dado que a distingue: seu povo está bem acostumado com as possibilidades de participação nas decisões centrais que afetam a vida urbana. Do ponto de vista do seu desenvolvimento humano, urbano e ambiental, econômico, da cidadania, por exemplo, tem agora a clara e democrática opção oferecida pelo V Congresso da Cidade, lançado na quinta-feira, dia 24. O Congresso tem como horizonte mais próximo a Copa de 2014 e o que a cidade deve promover para bem acolher o evento.

A temática do desenvolvimento urbano e ambiental – uma das quatro definidas pela “Bússola do Desenvolvimento” – será coordenada pela PUCRS, por meio da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo que, uma vez mais, por esse intermédio, reitera seu compromisso com a comunidade porto-alegrense, marcante nos últimos tempos. Em 2008, promoveu diagnóstico das condições de acessibilidade da Capital, pesquisa que subsidiou a elaboração do Plano Diretor de Acessibilidade, hoje em discussão na Câmara de Vereadores. No último ano, organizou e sediou eventos científicos nacionais e internacionais do mais alto nível, tratando com a objetividade e seriedade necessárias às questões urbanas e habitacionais que ainda fragilizam a pretendida qualidade de vida urbana da Capital. O Congresso Internacional sobre Habitação de Interesse Social e Sustentabilidade (maio) e o 54º Congresso Mundial da IFHP – Federação Internacional para Habitação e Planejamento (novembro) reuniram cerca de 3 mil pessoas oriundas de 53 países e constituíram oportunidades para o debate e o encaminhamento de alternativas globais, mas sobretudo locais.

Ambos deixaram legados notáveis para a cidade, sob forma de ideias, sugestões e recomendações para o aperfeiçoamento da mobilidade urbana, da relação da cidade com o Guaíba, da qualificação de áreas degradadas, de políticas urbanas e habitacionais sustentáveis sob aspecto social, econômico e ambiental. Deixaram mais evidente aquilo que Porto Alegre já sabe e sempre reafirma, tal como expresso no relatório de encerramento do 54º Congresso Mundial da IFHP, elaborado por arquiteto holandês: “O segredo era e ainda é dar ouvidos às necessidades das pessoas e criar com elas e para elas, a fim de estar à altura do slogan: uma boa cidade é a cidade do seu povo.” Parabéns a você, Porto Alegre.

* Paulo Horn Regal é arquiteto e diretor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da PUCRS


Minc/Ancine lançam concurso para Longa metragem com parceria Argentina

Estão abertas até 11 de abril as inscrições do Edital de Coprodução Brasil-Argentina, realizado pela ANCINE em conjunto com o Instituto Nacional de Cine y Artes Audiovisuales - INCAA, com o objetivo de promover a aproximação das indústrias cinematográficas dos dois países. Através do concurso serão investidos 800 mil dólares na produção de quatro projetos de longa-metragem independente, nos gêneros ficção, documental ou animação. A escolha dos quatro projetos vencedores ficará a cargo de uma comissão binacional, formada por seis personalidades do setor audiovisual dos dois países. Cada projeto receberá apoio financeiro no valor de 200 mil dólares. Clique aqui para ter acesso ao edital e seus anexos.

Governo espanhol abre inscrições para prêmio ibero-americano de patrimônio cultural


A Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o 
Desenvolvimento (AECID), 
órgão ligado ao Ministério de Assuntos Exteriores e de Cooperação da 
Espanha, 
recebe até 03 de junho as inscrições para a sétima edição do Premio 
Internacional 
Reina Sofía de Conservación y Restauración del Patrimonio Cultural. 
A ação promovida desde 2001 é voltada ao reconhecimento de trabalhos, 
iniciativas ou trajetórias profissionais no campo do patrimônio cultural, que 
se destacam por sua qualidade ou pelo benefício gerado para o 
desenvolvimento 
das regiões onde foram realizadas, sobretudo nos 
países ibero-americanos. 
A premiação será distribuída em duas categorias, 
Patrimônio Material e 
Patrimônio Imaterial. Os vencedores de cada categoria
receberão
30 mil euros, além de uma escultura especialmente 
confeccionada para o prêmio e 
de uma placa e diploma comemorativo. Poderão se 
candidatar qualquer pessoa f
ísica ou jurídica dos países da comunidade i
bero-americana (excluídos Espanha, Portugal e Andorra). 
Edital do Premio Internacional Reina Sofía de 
Conservación y Restauración del Patrimonio Cultural

Edital Funarte de Doação de Equipamentos de Iluminação Cênica 2011

Cooperativas, companhias, empresas e outras instituições culturais
públicas
ou privadas podem adquirir, por meio deste programa, conjuntos
de
equipamentos de iluminação cênica. O material é doado pela 
Funarte
para a melhoria técnica e artística de espaços de artes 
cênicas 
em todo o país. Em 2011, são contemplados 20 proponentes. 
Para participar, é preciso enviar à Funarte, pelo correio, 
um projeto que contenha: os motivos da necessidade dos  
equipamentos, a ficha de inscrição preenchida, o currículo do 
proponente e dados relativos ao espaço cênico - 
entre outros documentos e informações, conforme o edital. 
O investimento total no programa é de R$ 800 mil.   
Veja aqui o edital Baixe a ficha de inscrição  Veja o modelo da 
Declaração de Capacidade Técnica ou envie seus projetos para: 
Fundação Nacional de Artes Centro Técnico de Artes Cênicas Rua do
Lavradio, 54 - Centro, Rio de Janeiro/RJ CEP: 20230-070

Resultado Edital Cultura Hip Hop 2010 - Região Sul

A Representação Regional Sul cumprimenta os vencedores 
do Edital 
Cultura Hip Hop 2010 - 
Edição Preto Ghóez, uma realização da Secretaria 
da Identidade 
e da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura. 

A seguir as categorias contempladas:
Paraná
Escola de Rua - Escola da Fabrika da Rima, de Reinaldo Augusto
Barbosa - 
Correria - Grupo de dança de rua FENIX, de Wellington 
Dis Santos -
Conhecimento - Programa de televisão HipHoppg de Ismael
Alves dos Santos e 
South Brothers Crew  de Wagner Magnabosco -
Conexões - Rueiros de Ozzy Soranso Servian.

Santa Catarina
Reconhecimento - B-Boy Fernandinho - Luiz Fernando
Coutinho de Aguiar -
Escola de Rua - Nação Mulher de Itamara Rosangela dos
Santos de Souza - 
Correria - Cre Art Hip Hop Wear  de Tuanny Rafaela 
dos Santos - 
Conhecimento - Portal RAP Nacional de Willian de
Souza Domingues e MH2C - 
Movimento Hip Hop Chapecó de Edison Luiz Tonelo -  
Conexões - Comunicação Digital e os 4 Elementos de 
Rafael Gonzaga Lopes 
e Conexão BBS - Unindo os elementos resgatando o 
paraíso de  Davi Degan 
Novelleto  e Palavra Feminina de Janaina Carla
Tavares Jascone. 
Rio Grande do Sul
Reconhecimento - B. Boy Jukinha - Jorge Cristiano
Oliveira de Oliveira -  
Escola de Rua - Projeto Cultura Hip Hop de Salto do 
Jacuí e Michel Berti Goi - 
Correria - Projeto Audiovisual Periferia em Foco de
Daniel Gavino Barbosa - 
Conhecimento - Nação Hip Hop Brasil de Agnaldo 
Munhoz de Camargo e 
Projeto 6 Direções - Ong Circulando Informação e 
Arte Urbana Instituição 
e Guerrilha da Paz de Flávia Sortica Giacomini - 
Conexões - SMUA sigla que significa Só Mais Um 
Aliado Valter Oracildo 
Cardoso, Produções artísticas a partir da cultura popular:
Espetáculo Mixtu 
de Jéssica Cristiane Viganó e Hip-Hop & Chimarrão 
de Luis Henrique dos Santos Guedes.

Estudante da UFRGS cria site com rotas de ônibus da Capital

Com milhares de acessos por dia, site criado por bruno ajuda usuários a se guiar em Porto Alegre - Tadeu Vilani / Agencia RBS
Com milhares de acessos por dia, site criado por bruno ajuda usuários a se guiar em Porto Alegre
Foto:Tadeu Vilani / Agencia RBS

 

Site possibilita localizar itinerários, paradas e acrescentar informações sobre o transporte coletivo

Ao desenvolver um mecanismo para facilitar seu próprio deslocamento de ônibus, um estudante acabou ajudando milhares de pessoas a circular por Porto Alegre. Bruno Jurkovski, 20 anos, criou um site que permite localizar itinerários de linhas, paradas e acrescentar informações sobre o transporte público.

Até o momento, é possível visualizar o itinerário de 80 das 364 linhas existentes, sobre um mapa do Google. Outra opção é digitar endereços de origem e destino para descobrir que ônibus pegar.

Como o site é colaborativo, os próprios visitantes podem acrescentar informações. O estudante, por exemplo, cadastrou apenas três linhas. As demais foram registradas por outros usuários.

A ideia do site Poabus.com.br começou a se solidificar no ano passado, depois que Bruno assistiu a uma palestra sobre uma iniciativa parecida em São Paulo. Nas férias de verão, a página foi desenvolvida e apresentada a amigos e colegas do curso de Ciência da Computação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Confira a matéria completa na edição de Zero Hora desta quinta-feira.
ZERO HORA

30 de março de 2011

Capital terá edições permanentes do Fórum Social Mundial

Foto: Fredy Vieira/PMPA
Prefeito José Fortunati durante audiência com Oded Grajew
Prefeito José Fortunati durante audiência com Oded Grajew

Nesta quarta-feira, 30, o prefeito José Fortunati reuniu-se com um dos membros do comitê internacional e também idealizador do Fórum Social Mundial (FSM), Oded Grajew, e coordenadores do evento de 2012. Na ocasião, foi formalizada a parceria com a Prefeitura de Porto Alegre para a edição do ano que vem, que ocorre de forma descentralizada. O modelo de desenvolvimento norteará as discussões, entre 27 e 31 de janeiro. (fotos)

Durante o encontro, foi definida a organização, a partir de 2012, para a realização, nos anos pares, uma edição descentralizada na Capital do Estado. “Não foi à toa que começou aqui, a participação política e democrática é uma marca da cidade e queremos que Porto Alegre seja uma referência mundial nos debates”, destacou o prefeito. Também foi acertada a parceria com a prefeitura para a inauguração, em 2012, de um espaço físico permanente para as atividades do FSM junto ao Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli (Margs).

Grajew destacou a importância política da cidade de Porto Alegre e a intenção de trabalhar uma nova dinâmica do FSM. “Faremos de Porto Alegre uma âncora para os temas importantes que estão em debate na agenda mundial”, afirmou.

Ficou acordado ainda o início dos grupos de trabalho para discutir as questões de organização e estrutura para o processo em 2012. O secretário municipal de Coordenação Política e Governança Local, Cezar Busatto, ficou encarregado de articular a parceria.

Porto Alegre prepara Congresso da Rede Metrópolis

Foto: Ocimar Pereira/PMPA
Secretarias e parceiros preparam o 10º Congresso da Rede Metrópolis Secretarias e parceiros preparam o 10º Congresso da Rede Metrópolis
Foto: Ocimar Pereira/PMPA
Evento acontecerá entre os dias 23 e 26 de novembro de 2012 Evento acontecerá entre os dias 23 e 26 de novembro de 2012

A Capital será a sede da edição de 2012 do Congresso Internacional da Rede Metrópolis, associação que congrega 100 das maiores cidades do mundo. A primeira reunião de organização do evento ocorreu na tarde desta quarta-feira, 30, na sede do Memorial do Rio Grande do Sul, na Praça da Alfândega.

A reunião contou com a participação do secretário-adjunto de Coordenação Política e Governança Local, Marcos Botelho, e com a explanação sobre a importância do evento no cenário internacional, feita pelo titular da SMGL, Cezar Busatto. A reunião teve ainda a participação de representantes das secretarias municipais, governo do Estado, Unisinos e de entidades representativas da sociedade civil.

A defesa oficial da candidatura foi realizada pelo prefeito José Fortunati aos membros do Conselho Diretor da entidade em Barcelona, na Espanha, em outubro do ano passado. Na ocasião, o prefeito já havia apresentado o desejo de Porto Alegre em receber o evento ao presidente da Rede Metrópolis e da Ile de France (cargo correspondente ao de governador da região metropolitana de Paris), Jean Paul-Huchon.

Evento de abertura - A abertura do congresso foi definida na última terça-feira, 29, pelo secretário Cezar Busatto, em reunião com a presidente da Fundação Teatro São Pedro, Eva Sopher. O evento será realizada no prédio histórico do Teatro São Pedro, no dia 23. O congresso acontecerá entre os dias 23 e 26 de novembro, com uma programação especial em diversos bairros da cidade.

 “Estamos muito felizes com esta conquista. Além de consolidar a Capital como destino turístico de eventos internacionais, nos posicionamos ainda mais no centro das grandes discussões mundiais”, exaltou o prefeito, lembrando que a cidade é terceiro destino no país desse tipo de atividade. A expectativa de Fortunati é de que, até a Copa de 2014, outros eventos venham para o Estado, incrementando ainda mais o setor turístico em Porto Alegre e região.
Rede Metropolis - tem a missão de ser o fórum internacional para explorar questões e preocupações comuns a todas as grandes cidades e regiões metropolitanas. Também promove a troca de experiência visando à solução de problemas semelhantes das localidades. Reúne municípios do mundo todo que têm mais de um milhão de habitantes. Porto Alegre participa desde 2005. A edição de 2011 do Congresso da Rede Metropolis terá sede na Cidade do Cairo.

METAS CULTURAIS DO IV CONGRESSO DA CIDADE

Que começou em agosto de 2002 e terminou em outubro de 2003.
10 mil participantes nas discussões preparatórias e 1.500 participantes na plenária final.



COMEÇAM A PARTIR DA META 63

63. Constituir uma política cultural,com a participação dos fóruns, conselhos,etc.. que permeie a gestão pública e as demais políticas formuladas pelo município, considerando estratégico o setor para o desenvolvimento social, buscando a ampliação dos investimentos públicos em políticas culturais;

64. Iniciar o debate para a constituição de um Plano diretor de Desenvolvimento Cultural para Porto Alegre, com a participação dos fóruns,conselhos,etc.., garantindo a acessibilidade universal aos PPDs;

65. Constituir a Rede Porto Alegre Cultural como instrumento de articulação e organização interinstitucional, fortalecendo o processo de desenvolvimento cultural da cidade;

66. Viabilizar Centros de Cultura para as 16 regiões do OP.Os centros deverão ter diversas formas de sustentação. A gestão deverá ser coordenada pela SMC e a comunidade, além de garantir a acessibilidade universal aos PPDs;

67. Garantir espaço físico adequado para o Centro de Referência Afro-brasileira (CRAB), onde seja garantida a cosmovisão africana, conforme aprovado no 3º Congresso, garantindo a acessibilidade universal aos PPDs;

68. Valorizar o Largo Zumbi dos Palmares como quilombo urbano destinado à memória cultural e atividades Negras(afro-brasileiras)que potencialize a gestão do espaço pelas organizações do movimento negro a partir da 44ª Semana de Porto Alegre.

69. Desenvolver o projeto da Escola Popular de Dança e Companhia Oficial de Dança de Porto Alegre, com o apoio do poder público municipal, entidades do setor e iniciativa privada, garantindo a participação da comunidade no processo de discussão e desenvolvimento do projeto, assim como, acesso e inserção dos PPDs e segmentos excluídos;

70. Demarcar culturalmente os sítios históricos das várias etnias que compuseram ou compõem a população da cidade, fazendo mapeamento e registro oficial e didático, levando em conta a Lei 8.470/2.000, encaminhando-os aos meios de comunicação e museus;

71. Fomentar a discussão sobre o patrimônio imaterial, buscando a articulação de diversas instituições com vistas à constituição, no prazo de doze meses, de Lei Municipal de registro do patrimônio imaterial e o compromisso comum de organizar a memória política e cultural do Fórum Social Mundial;

72. Instituir a feira de artes visuais em caráter anual, em praça/logradouro público, com a participação da comunidade entorno e/ou conselho de praça/parque, onde as diversas entidades do setor se farão representar, assim como os ateliês, os (as) artistas independentes e os segmentos afins, garantindo a acessibilidade universal dos PPDs;

73. Implementar políticas públicas para bibliotecas no município de Porto alegre baseadas em 3 eixos principais: a) democratização da informação nas regiões do OP municipal; b) gestão participativa da bibliotecas públicas; c) registro do conhecimento e da cultura produzidos nas regiões do OP município, garantindo a acessibilidade universal das PPDs;

74. Desenvolver um conjunto de atividades culturais de forma integrada com vistas a potencialização artística e cultural do carnaval e sua integração e complementariedade com as demais atividades culturais;

75. Desenvolver uma política para o carnaval que promova a geração de  trabalho e renda para jovens e adultos em situação de risco, a criação de uma rede de fomento para a incubação e capacitação de projetos,a  divulgação e promoção do associativismo entre as entidades  carnavalescas e a ação conjunta destas na  busca de recursos da iniciativa privada e de fundos de investimento cultural;

76. Criar um programa de regularização para áreas públicas já ocupadas pelos CTGs que também garantam o funcionamento de outras atividades de interesse da comunidade como forma de contrapartida social observando a legislação e vigor, garantindo a acessibilidade universal aos PPDs;

77. Implementar ações político administrativas no sentido de captar recursos para iniciativas socioculturais e pesquisa de entidades comprometidas com a cultura, tradição, memória e educação sobre a cultura negra (Afro-brasileira), de modo que se possibilite a articulação de uma incubadora de projetos socioculturais em  Porto Alegre.Articulando a iniciativa ao Movimento Negro Organizado e as instâncias Do OP, garantindo a acessibilidade universal aos PPDs;

78. Ampliar os Recursos do Fumproarte e desenvolver estratégias de distribuição dos bens culturais geridos por ele.

Guimarães Presidente  Conselho Municipal de Cultura
F: 3026.6777 / 9987.5880
Twitter Guimarães:http://twitter.com/notas_guimaraes
Blog Conselho POA:http://cmcpoa.blogspot.com

Teatro Infantil

2,3,9,10,16,18,23 e 24 de Abril

Cãofusão, uma aventura legal pra cachorro

Uma grande fantasia musical, na qual o mundo é dos cachorros. Inspirada no clássico desenho animado “A dama e o vagabundo”, da Disney, o espetáculo conta a história de Lady, uma cadela que vê sua posição ameaçada por um novo centro das atenções: o nascimento do filho de sua dona. Em um passeio, conhece Malandro, um cão vira-lata, que lhe mostra a cidade com outros olhos. A diferença – e o perigo – de viver em liberdade e a poesia existente nas pequenas coisas.
Local: Teatro Renascença
Horário: sábados e domingos, às 16h


2,3,9,10,16,18,23 e 24 de Abril

Histórias da Carrocinha


Com quatorze anos de sucesso, o espetáculo é uma homenagem ao mestre-bonequeiro argentivo Javier Villfañe, que com sua carruagem percorreu a América Latina e o mundo, contando suas histórias através de seus títeres. São três destas histórias que são encenadas com a apresentação do irreverente cachorro Abelardo, boneca já conhecido pelo público portoalegrense.


Manifesto da Transvenção - Quem se importa com a cidade?

 

Prezado(a) Senhor(a),

 

Queremos compartilhar este material.

 

Agradecemos seu apoio e atenção ao V Congresso da Cidade.


Coloco-me a disposição.

 

Cordialmente

Rafael Bender

 

 

Manifesto da Transvenção - Quem se importa com a cidade?

 

Transvenção é um novo conceito para práticas atuais.

Trata de estratégias e desejos coletivos, que independentes em sua ação criativa na cidade, ampliam afetividade, conhecimento e convívio. "Manifesto da Transvenção" serão encontros para afirmação desta ideia que, em formato de reunião aberta, vai colocar na roda ações que estão sendo elaboradas na cidade. Entre estas práticas está o projeto Estante Pública, que foi contemplado em 2010 pela Funarte, como uma proposta original de pesquisa e desenvolvimento da transvenção. Traga suas ideias, projetos e ações para uma conversa efervescente!

 

 

Informações deste Evento

Docente(s): Daniel Müller CaminhaFrancisco Marshall

Quando: Dia 2 de abril, 7 de maio e 4 de junho, sábados, das 11h às 13h

Vagas disponíveis: 100

Duração: 2h

Valor(es): Entrada franca

StudioClio – Instituto de Arte e Humanismo 

Rua José do Patrocínio, 698 – Cidade Baixa/Porto Alegre 

www.studioclio.com.br 

(51) 32547200 

 

"Quem se importa com a cidade?" O Manifesto da Transvenção, que acontece no StudioClio a partir do dia 2 de abril, lança esta pergunta e propõe debates em torno de práticas criativas por um convívio urbano mais afetivo em Porto Alegre. 

Trata-se de uma série de encontros que acontecerão nos primeiros sábados de cada mês entre abril e junho, conduzidos por Daniel Müller Caminha, diretor do Grupo Nômade, e Francisco Marshall, curador do StudioClio. 

Propondo a "transversão" como um novo conceito para práticas atuais, serão identificados os desejos coletivos e debatidas estratégias de ação. As reuniões serão abertas, colocando em roda iniciativas criativas que estão sendo elaboradas e concretizadas em Porto Alegre. Entre elas está o projeto Estante Pública, que foi contemplado em 2010 pela Funarte, como uma proposta original de pesquisa e desenvolvimento da transvenção. Os encontros acontecem entre as 11h e 13h. Mais informações pela página www.studioclio.com.br

 

Daniel Müller Caminha 

Psicólogo e Artista Social. Especializado em Análise Institucional e Constelações Sistêmicas. É diretor do Grupo Nômade, onde desenvolve estratégias de comunicação e relacionamento colaborativo entre organizações e sociedade. 

 

Francisco Marshall 

Professor Doutor nos cursos de pós-graduação em Artes Visuais e História da UFRGS, coordenador do Curso de Especialização em Museologia na mesma instituição, pesquisador e arqueólogo com atividades internacionais, é autor de diversas publicações sobre suas áreas de atuação.  

 

TRATATIVAS PARA EFETIVAR O FÓRUM DOS CONSELHOS MUNICIPAIS

 No que diz respeito, a parte que cada pessoa pode fazer, fazendo a nossa parte de controle social, durante a Abertura do V Congresso da Cidade, ao solicitar informações para Carlos Simon sobre quando iria se reunir o Fórum dos Conselhos Municipais, agora regido por lei (Lei 661 de 07 de dezembro de 2010) recebi dele a apresentação de Elizabeth Mendes Ribeiro, pessoa segundo ele encarregada a partir de agora a providenciar tudo para que o Fórum dos Conselhos Municipais se torne realidade.

Após esse pedido, hoje tivemos uma reunião com a Elizabeth, onde novamente pedimos o reinicio das reuniões do Fórum dos Conselhos.

Assim que tivermos alguma novidade, informaremos a todos.

 

 

 

Elizabeth Mendes Ribeiro

elizabethp@smgl.prefpoa.com.br

 

 

Guimarães Presidente  Conselho Municipal de Cultura
F: 3026.6777 / 9987.5880
Twitter Guimarães:http://twitter.com/notas_guimaraes
Blog Conselho POA:http://cmcpoa.blogspot.com

FÓRUM DOS CONSELHOS MUNICIPAIS- O CONSELHÃO DA CIDADE AGORA É REGIDO POR LEI

O Conselhão da Cidade, uma das metas do IV Congresso da Cidade, agora é regido por lei , veja abaixo os artigos da lei que regulamenta este importante órgão da Democracia Participativa da Sociedade Porto Alegrense.

FALTA AGORA QUE TODOS LUTEM PARA QUE ESSE CONSELHO SE TORNE REALIDADE.

ARTIGOS DA LEI 661 DE 7 DE DEZEMBRO DE 2010 SOBRE O FÓRUM DOS CONSELHOS

Art. 13.  Os Conselhos Municipais, representados por seus dirigentes, reunir-se-ão, no mínimo, trimestralmente, para fins de sua integração e otimização das políticas desenvolvidas nas diversas áreas, constituindo-se no Fórum Municipal dos Conselhos da Cidade.

§ 1º  O Executivo Municipal designará um representante para acompanhar as reuniões do Fórum Municipal dos Conselhos da Cidade.

§ 2º  O Executivo Municipal prestará assessoramento técnico e suporte administrativo ao Fórum Municipal dos Conselhos da Cidade.

Art. 14.  O Fórum Municipal dos Conselhos da Cidade será dirigido por um colegiado constituído por 1 (um) coordenador titular, 1 (um) coordenador suplente, 1 (um) secretário titular e 1 (um) secretário suplente, eleitos em plenária convocada para esse fim, dentre os dirigentes dos Conselhos Municipais.

Art. 15.  Compete ao Fórum Municipal dos Conselhos da Cidade:

I – encaminhar ao Executivo Municipal propostas de políticas públicas elaboradas conjuntamente pelos Conselhos Municipais e cuja matéria abranja área de competência de 2 (dois) ou mais desses Conselhos;

II – integrar os debates desenvolvidos pelos Conselhos Municipais sobre políticas públicas municipais; e

III – dirimir conflitos de competências.

Parágrafo único.  O Fórum Municipal dos Conselhos da Cidade não poderá formular e encaminhar proposta de políticas públicas sobre tema que seja competência específica de 1 (um) dos Conselhos Municipais.

Art. 16.  Esta Lei Complementar entra em vigor na data de sua publicação.

Art. 17.  Ficam revogados:

I – as Leis Complementares nos:

a) 134, de 13 de janeiro de 1986;

b) 195, de 30 de dezembro de 1988;

c) 247, de 22 de janeiro de 1991;

d) 267, de 16 de janeiro de 1992;

e) 379, de 24 de junho de 1996; e

f) 473, de 2 de abril 2002;

II – as Leis Ordinárias nos:

a) 123, de 8 de outubro de 1948;

b) 437, de 11 de agosto de 1950;

c) 2.012, de 2 de dezembro de 1959;

d) 3.607, de 27 de dezembro de 1971;

e) 6.156, de 19 de julho de 1988; e

f) 6.319, de 30 de dezembro de 1988; e

III – o art. 13 da Lei nº 10.199, de 11 de junho de 2007.

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE, 7 de dezembro de 2010.

José Fortunati,
Prefeito.

Cezar Busatto,
Secretário Municipal de Coordenação Política e
Governança Local.


João Batista Linck Figueira,
Procurador-Geral do Município.
Registre-se e publique-se.



Newton Baggio,
Secretário Municipal de Gestão e
Acompanhamento Estratégico.

Mostra em homenagem a Elizabeth Taylor

A Sala P. F. Gastal da Usina do Gasômetro (3° andar), atendendo a pedidos de seus espectadores, realiza no próximo final de semana, 2 e 3 de abril,  uma pequena mostra em homenagem à atriz Elizabeth Taylor, exibindo alguns títulos clássicos da filmografia da última diva de Hollywood, que faleceu no dia 24 de março, aos 79 anos de idade.

A mostra Elizabeth Taylor – A Última Diva dará aos fãs da atriz a chance de ver ou rever alguns de seus trabalhos mais conhecidos, como Um Lugar ao Sol, de George Stevens, e De Repente, no Último Verão, de Joseph L. Mankiewicz. No sábado à tarde, às 15h, a atração é uma matinê com o épico Cleópatra, também dirigido por Mankiewicz, com suas quatro horas de duração.

Programação

Um Lugar ao Sol (A Place in the Sun), de George Stevens (EUA, 1951, 122 minutos)
Jovem ambicioso (Montgomery Clift) precisa se livrar da namorada grávida (Shelley Winters) para casar com rica herdeira (Elizabeth Taylor). Adaptação do romance Uma Tragédia Americana, de Theodore Dreiser, este clássico de Hollywood transformou Taylor em estrela de primeira grandeza. Preto e branco. Exibição em DVD.

No Caminho dos Elefantes (Elephant Walk), de William Dieterle (EUA, 1953, 102 minutos)
Melodrama ambientado no Ceilão, no qual Taylor interpreta a esposa de um fazendeiro (Peter Finch) que se envolve com o capataz de seu marido (Dana Andrews). Como pano de fundo para este triângulo amoroso, uma epidemia de cólera, uma terrível seca que devasta a terra e a fúria de uma manada de elefantes. Destaque para a antológica sequência da destruição da mansão pelos elefantes, considerada à sua época um triunfo cinematográfico de Hollywood, pelo realismo de sua realização. Colorido. Exibição em DVD.

De Repente, no Último Verão (Suddenly, Last Summer), de Joseph L. Mankiewicz (EUA, 1959, 114 minutos)
Uma milionária (Katharine Hepburn) contrata um neurologista (Montgomery Clift) para desvendar os mistérios do estranho enlouquecimento de sua sobrinha (Elizabeth Taylor). Adaptação da peça de Tennessee Williams, com roteiro assinado pelo escritor Gore Vidal, para muitos críticos este é o melhor filme estrelado por Taylor, aqui duelando com outra gigante das telas, a lendária Katharine Hepburn. Preto e branco. Exibição em DVD.

A Última Vez que Vi Paris (The Last Time I Saw Paris), de Richard Brooks (EUA, 1954, 116 minutos)
Depois da II Guerra Mundial, escritor americano (Van Johnson) retorna a Paris e recorda relacionamento com garota também americana (Elizabeth Taylor). Melodrama de produção requintada, inspirada no conto Babylon Revisited, de F. Scott Fitzgerald. Primeira colaboração do diretor Richard Brooks com Taylor, com quem repetiria a parceria quatro anos depois em Gata em Teto de Zinco Quente. Colorido. Exibição em DVD.

Cleópatra (Cleopatra), de Joseph L. Mankiewicz (EUA, 1963, 248 minutos)
Elizabeth Taylor, Richard Burton e Rex Harrison estrelam esta história de poder e traição, sobre a vida da mítica rainha do Egito e sua conquista de Júlio César e Marco Antônio. De uma grandeza indescritível, este clássico ganhou o Oscar de fotografia, direção de arte, figurinos, cenários e efeitos especiais. Um milionário épico que entrou para a história, entre outras coisas, por pagar a Liz Taylor o maior cachê pago a um ator até aquele momento, 1 milhão de dólares. Colorido. Exibição em DVD.
Grade de horários
Sexta-feira (1º de abril)
15h – Usina da Educação (sessão fechada)
17h – No Caminho dos Elefantes
19h – Um Lugar ao Sol

Sábado (2 de abril)
15h – Cleópatra
19h – A Última Vez que Vi Paris

Domingo (3   de abril)
15h – De Repente, no Último Verão
17h – No Caminho dos Elefantes
19h – Um Lugar ao Sol
 

Usina na Praça apresenta dança flamenca no domingo

Foto: Cláudio Etges/Divulgação/PMPA
Grupo Alumbra España apresenta o espetáculo Fantasia Flamenca Grupo Alumbra España apresenta o espetáculo Fantasia Flamenca

O grupo Alumbra España apresenta o espetáculo “Fantasia Flamenca” no próximo domingo, 3 de abril, às 18h, no palco do estacionamento do Centro Cultural Usina do Gasômetro. O espetáculo, parte da programação da 26ª edição do projeto Usina na Praça, tem entrada franca. Em caso de chuva, o evento será realizado dentro da Usina.

Fantasia Flamenca - Com direção artística e coreografias de Carmen Pretto, o espetáculo é apresentado pelas bailarinas Alexandra Coda, Aline Rech, Ana Paula Vanoni, Carmen Pretto, Laís Lucas e Priscilla Carvalho. "Fantasia Flamenca"  foi concebido com o objetivo de mostrar ao público a miscigenação da música clássica erudita com a música flamenca, evidenciando a partir do movimento uma linguagem corporal original. Não obstante, a coreografia ainda dá lugar aos movimentos expressivos da dança contemporânea, fazendo com que se traduza em movimentos o título do espetáculo.

Criação de uma linguagem corporal que mescla movimentos da escola clássica bolera, da dança flamenca e da dança contemporânea, o espetáculo foi feito com base na trilha sonora composta por clássicos da música erudita, com uma releitura dada pelo estilo musical flamenco. Dentro da proposta, os figurinos estão adequados com o estilo “fantasia”, numa combinação de cores e texturas.

Aumbra España - A companhia desenvolve há 20 anos, sob a direção artística de Carmen Pretto, um trabalho com dança flamenca reconhecido no país e na América do Sul, contando com um largo currículo de apresentações em festivais, concursos, encontros de dança e em empresas. O grupo tem por finalidade mostrar o folclore espanhol como arte e cultura. Para isso, projeta desde o tradicional até o contemporâneo, enriquecendo e mesclando com influências e avanços conquistados por outras formas de música e dança através dos tempos.

Usina na Praça
O projeto Usina na Praça chega a seu segundo ano de existência apresentando espetáculos de música, teatro, circo, dança, poesia e mágica. Em 2010, a iniciativa teve 24 edições, atingindo um público de 15 mil espectadores. Trata-se de mais um projeto continuado que destaca a arte em Porto Alegre. O Usina na Praça estende para a rua o mundo artístico vivido dentro da Usina do Gasômetro há seis anos, desde a criação do projeto Usina das Artes, que levou o princípio do território cultural a esse patrimônio histórico. Apostando na diversidade, brinda o público, que tradicionalmente lota aos domingos a orla do Guaíba para apreciar o pôr do sol, com ricas atrações culturais. A edição 2011 acontece de 27 de março a 27 de novembro, sempre aos domingos.

Programação do primeiro semestre
27 de março às 18h30 (estreia): Conjunto Bluegrass Porto-Alegrense (música)
3 de abril às 18h: Alumbra España (dança flamenca)
10 de abril às 18h: O Homem Banda (circo/música)
17 de abril às 18h: Rafael Brasil (música)
24 de abril às 17h: Lúcio Alves (mágica)
1 de maio às 17h: Súditus [gravação DVD] (música)
8 de maio às 17h: Grupo A Divina Comédia (teatro)
15 de maio às 17h: A Rosa dos Ventos com Índios Guarani (música)
22 de maio às 17h: Confraria do Samba (música)
29 de maio às 17h: Maracatu Truvão (música)
5 de junho às 17h: Isaías in Tese (teatro)
12 de junho às 17h: Plato Divorak [lançamento CD] (música)
19 de junho às 16h: Bandinha Di Dá Dó (música/circo)
26 de junho às 16h: Reverba Trio (música)
3 de julho às 16h: Rasta Fúria (música)
10 de julho às 16h: TIA (teatro/circo)

Realização:
Usina do Gasômetro, Coordenação de Música, Descentralização – Secretaria Municipal da Cultura (PMPA).

Apoio:
Free Sign Comunicação Visual
Contatos: (51) 9959 2171 / carmenpretto@terra.com.br     www.alumbraespana.com.br

Funcriança é beneficiado com recursos da Cowparade

Foto: Ivo Gonçalves/PMPA
Fortunati: Cowparade marcou pela genialidade dos artistas, traduzindo a cultura gaúcha
Fortunati: Cowparade marcou pela genialidade dos artistas, traduzindo a cultura gaúcha

O prefeito José Fortunati participou ontem, 29, da entrega oficial dos recursos levantados no leilão beneficente da Cowparade Porto Alegre. O famoso evento das vaquinhas beneficiou nove instituições filantrópicas do Rio Grande do Sul com mais de R$ 990 mil, entre elas o Funcriança, mantido pela prefeitura.

Para Fortunati, o Cowparade marcou pela genialidade dos artistas traduzindo a verdadeira expressão cultural dos gaúchos. “Além disso, colocou Porto Alegre no centro do mundo. Hoje entregamos essas doações a entidades merecedoras que desenvolvem um trabalho social de extrema relevância para nossa cidade”, enfatizou o prefeito.

Entre as entidades beneficiadas estão o Instituto do Câncer Infantil do RS, Instituto da Criança com Diabetes, IMANA, Fundação Thiago Gonzaga – Vida Urgente, Instituto Sanmartin, Projeto interagir do Sport Club Internacional, Instituto Geração Tricolor do Grêmio Foot-ball Porto Alegrense, Hospital da Criança Santo Antônio e o Funcriança.

Cowparade Porto Alegre - Considerada a maior amostra de arte urbana do mundo, o evento aconteceu entre os dias 8 de outubro e 1º de dezembro do ano passado. Depois de percorrer por mais de 50 países e seis cidades brasileiras, a parada das vaquinhas chegou a capital com o patrocínio da Mu-Mu Foram produzidas 80 vacas por artistas gaúchos e expostas nos principais pontos da cidade.


ESTATÍSTICAS DO BLOG DO CONSELHO

VEJA QUAIS MATÉRIAS TIVERAM MAIORES VISUALIZAÇÕES:

01/03/2011              
291 Visualizações de página
24/02/2011             
275 Visualizações de página
27/02/2011
              216 Visualizações de página
27/11/2010
             165 Visualizações de página
22/02/2011
             156 Visualizações de página



Origens de tráfego
  232
   131
   57


Visualizações de página de hoje
112-ATÉ 09:55

Visualizações de página de ontem
346

Visualizações de página do mês passado
9.896

Histórico de todas as visualizações de página
26.890

POR PAÍS DE ORIGEM:



Brasil
    22.501
Estados Unidos
    2.174
Portugal
     763
Dinamarca
     238
França
     168
Reino Unido
     115
Alemanha
      101
Hungria
     95
Canadá
    78
Rússia
     66

Inter quer Complexo Cultural no Gigante para Sempre

Foto: Lívia Stumpf
 
Giaretta reafirmou disposição em construir complexo cultural

Foto: Lívia Stumpf
João Batista, da Banda Itinerante, pediu definição dos espaços




A indefinição da área exata para a construção do Complexo Cultural do Projeto Gigante para Sempre, do Sport Club Internacional, é motivo de preocupação para as quatro entidades que ocupam espaços no entorno do Estádio Beira-Rio, na Avenida Padre Cacique. As bandas Itinerante e Saldanha e a Escola Imperadores do Samba discutiram o tema com representantes do Inter, durante reunião da Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Juventude (Cece) da Câmara Municipal, na tarde desta terça-feira (29/3). O Beira-Rio é o estádio escolhido pela Fifa para sediar o campeonato mundial de futebol em 2014.

Maximiliano Carlomagno, assessor da presidência do Internacional, reafirmou que o pensamento do clube é montar o centro cultural, com fácil acesso, estacionamento e que as entidades poderão usar a infraestrutura para seus eventos e shows. Quanto ao modelo de parceria para construção do estádio, que foi aprovado em 22 de março pelo Conselho Deliberativo do Inter, o assessor relatou que o projeto não sofreu alteração. “O que alterou foi a forma de viabilizar o projeto financeiramente. Vamos viabilizar primeiro o estádio. É o que está sendo tocado”, relatou Carlomagno. Ele se comprometeu em marcar reunião com o presidente do Inter, Giovani Luigi, em prazo máximo de 15 dias para apresentar informações mais concretas sobre o tema do Complexo.
Outra informação do Inter partiu de Hélio Giaretta Júnior, diretor de patrimônio, que reafirmou que o complexo será construído. Segundo ele, existe um trabalhando sobre as novas especificações do projeto em análise pelo Comitê da Fifa, em especial os termos de exigências da mobilidade urbana. “Alguns terrenos foram analisados pelos representantes da Fifa. As tratativas são que as escolas fiquem na mesma região, mas haverá necessidade de uma realocação de terreno para que as escolas permaneçam com o mesmo tamanho de espaço que possuem hoje”, relatou.
Nilmar Faccin, engenheiro da prefeitura que representou as pastas da Gestão e Copa 2014, disse que o Executivo vem trabalhando para deixar um legado para a cidade em razão do Mundial, e que após uma fase estratégica para captar recursos federais para obras de mobilidade, serão instaladas câmaras temáticas para tratar de assuntos diversos. “Em 15 dias o secretário da Copa, João Bosco Vaz, vai instalar as câmaras para atender as demandas de todos os eixos”, disse. Quanto as escolas, afirmou também que existe a possibilidade de uma nova configuração das entidades na área, sendo deslocadas para um lado ou outro, mas que “o Inter tem o compromisso de ajudar”.
Entidades
Pedro Diogo, representante da Banda Saldanha, disse que o projeto inicial as escolas seriam deslocadas para outra área, mas que tinha a informação que permaneceriam ali. Segundo ele, a banda quer se aperfeiçoar para o Mundial de 2014, mas que existem incertezas. “Estamos empacados, sem poder fazer investimentos. Queremos melhorar nosso espaço para a Copa com nossos recursos de festas e shows. Se vier ajuda melhor ainda”, ponderou.
Pela Banda Itinerante, João Batista Diogo disse que tem informação que a Banda não sai do local, mas que precisam de uma definição, pois além de investimentos previstos, a agremiação realiza projetos sociais no local. Já o presidente da Imperadores do Samba, Luís Carlos Amorim, questionou qual é o novo projeto do Inter, e se atualmente há modificação sobre o original. Também faz parte do projeto a Escola de Samba Praiana, que não compareceu ao encontro.
Encaminhamentos
O vereador Haroldo de Souza (PMDB) disse que a previsão, durante os jogos da Copa, são para três mil jornalistas. “Talvez essas quadras das duas escolas e duas bandas fossem melhoradas para centro de imprensa”, sugeriu. Ele pediu também que a Secretaria Extraordinária da Copa 2014 (Secopa), inclua no cronograma de obras a construção dos prédios das quatro instituições para apresentações durante artísticas durante os 30 dias do Mundial em Porto Alegre.
Fernanda Melchionna (PSOL) questionou como ficarão as contrapartidas do Inter em relação a projeto aprovado na Câmara que aumentou os índices de construção que viabilizaram o Projeto Gigante para Sempre. O assessor colorado, Maximiliano Carlomagno, disse que essas questões poderão ser esclarecidas no encontro com Giovani Luigi.

Para o presidente da Cece, vereador Professor Garcia (PMDB), há motivos para preocupação com a situação das entidades culturais, pois o Complexo Cultural estava no projeto inicial. “Precisamos saber o que tem de concreto e se o Inter continuará com seu compromisso (de construir o complexo cultural), uma vez que a contrapartida para a volumetria aprovada pela Câmara é pequena”, ponderou. Para Garcia, são necessárias garantias para que saia a obra, e pediu aos diretores do Inter para que a Cece participe da reunião entre as entidades culturais e o Internacional.
Também participaram da reunião os vereadores Tarciso Flecha Negra (PDT) e DJ Cassiá (PTB), além do presidente do Conselho Municipal de Cultura (CMC), Paulo Roberto Guimarães.
Leonardo Oliveira (reg. prof. 12552)




Código: 21718 - CECE - 29/03/2011
Projeto Gigante para Sempre
Na foto: Hélio Giaretta, representante do Sport Clube Internacional e vereadores
Foto: Lívia Stumpf

Código: 21717 - CECE - 29/03/2011
Projeto Gigante para Sempre
Na foto: Hélio Giaretta, representante do Sport Clube Internacional
Foto: Lívia Stumpf

Código: 21716 - CECE - 29/03/2011
Projeto Gigante para Sempre
Na foto: João Batista Diogo, representante da Banda Itinerante
Foto: Lívia Stumpf

Código: 21715 - CECE - 29/03/2011
Projeto Gigante para Sempre
Na foto: Ao microfone: Pedro Diogo, representante da Banda Saldanha. Ao fundo: João Batista Diogo, representante da Banda Itinerante
Foto: Lívia Stumpf

Código: 21714 - CECE - 29/03/2011
Projeto Gigante para Sempre
Na foto: Ao microfone: Nilmar Faccin, representante do SMGAE. Ao fundo: Pedro Diogo, representante da Banda Saldanha e João Batista Diogo, representante da Banda Itinerante
Foto: Lívia Stumpf

Código: 21713 - CECE - 29/03/2011
Projeto Gigante para Sempre
Foto: Lívia Stumpf