Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

8 de março de 2016

Secretaria de Urbanismo vai pedir mudanças no projeto do Cais Mauá




Secretário quer diálogo entre urbanistas do município e responsáveis pelo projeto
Por: Jéssica Rebeca Weber
07/03/2016 - 21h41min


A Secretaria Municipal de Urbanismo (Smurb) deve pedir modificações no projeto de revitalização do Cais Mauá. O titular da pasta, Valter Nagelstein, quer a realização de reuniões entre os arquitetos da prefeitura e os responsáveis pelo projeto para sugerir alterações visando, principalmente, que o cais "se comunique" mais com o Centro Histórico.
Nagelstein destaca que a secretaria só teve acesso ao Estudo de Viabilidade Urbanística (EVU) há um mês, e que, embora seja contra burocracia, "não pode atropelar certas coisas".
— Eu não estou vendo (no projeto) várias questões apresentadas desde o início — diz.
Como exemplo, o secretário cita a cortina de água em que seria transformado o muro da Mauá. A extensão que receberia a novidade foi reduzida drasticamente, de acordo com proposta do consórcio acatada pela prefeitura, como foi adiantado pela Zero Hora em janeiro.
— Tudo bem se não pode ser nos quatro quilômetros, mas não pode ser só em 50 metros — diz o secretário.
A pasta também deve pedir mais aberturas no muro e alternativas de acesso à região da Rodoviária e do 4º Distrito. Nagelstein diz ainda que alternativas de locomoção dentro do espaço do cais também devem entrar na pauta, bem como a pasta vai pedir para ter acesso ao projeto 3D do shopping.
— Será um estabelecimento comercial em um dos lugares mais nobres da cidade. Queremos ver o arquitetônico, é um direito da Secretaria do Urbanismo ver isso — afirma.
O secretário diz que vai levar todas as questões apontadas à Comissão de Análise Urbanística e Gerenciamento (Cauge). Ele lembra, ainda, que o projeto precisa passar por aval de vários departamentos da pasta até as obras começarem efetivamente.