Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

8 de março de 2016

Sobre cidadania, responsabilidade e correção



O MTG – Movimento Tradicionalista Gaúcho, entidade social cível que chega ao ano de seu cinquentenário alicerçada em valores firmemente construídos em sua trajetória, sem dúvida alguma forma cidadãos e lideranças.
Como presidente desta instituição, acredito no processo de formação de indivíduos capazes de construir e assumir posições responsáveis perante a sociedade e por elas responder, e a ele dedico meu tempo, capacidade e inteligência, voluntariamente, porque este é o movimento no qual acredito e com o qual aprendi a caminhar.
Não fossem estes valores, que felizmente são muito inspiradores (para tradicionalistas ou não), jamais aceitaria esta função. E neste momento devo dizer que, considerando que os motes de trabalho desta diretoria, conselho e coordenações regionais são seriedade, honestidade e transparência, não comungo com situações nebulosas ou que gerem qualquer tipo de desconfiança. Diante de atitudes ou comportamentos ilícitos devidamente comprovados, garanto que terei a maior tranquilidade em tomar as medidas necessárias para a correção destes desvios.
Tenho muita convicção e clareza da responsabilidade que assumi como presidente desta instituição e executarei as propostas e mudanças que forem necessárias para a preservação e aperfeiçoamento de nossa entidade - o MTG. Confio e acredito nas pessoas que estão engajadas neste trabalho que estou iniciando e aos tradicionalistas peço o voto de confiança e engajamento para realizarmos o que viemos fazer, sem medo e sem receio.

Abraço a todos.


Nairo Antunes Callegaro
Presidente