Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

3 de agosto de 2017

Smed garante continuidade do programa Adote um Escritor


Foto: Enrico de Moura/ Divulgação PMPA

Secretário assegurou que os encontros dos autores com os alunos serão mantidos
Secretário assegurou que os encontros dos autores com os alunos serão mantidos
 Em reunião com dirigentes da Câmara Rio-Grandense do Livro, nesta quarta-feira, 2, o secretário de Educação de Porto Alegre, Adriano Naves de Brito, reiterou que o programa Adote um Escritor está mantido nas escolas da rede municipal de ensino e funciona normalmente neste ano. “Os recursos para custear o núcleo do projeto, que é o encontro do autor com o aluno, para o debate sobre o conteúdo de sua obra dentro da escola, estão assegurados. A Smed e a Câmara do Livro são parceiros nessa iniciativa e nós apoiamos o programa, pois ele faz parte da política educacional do município com vistas a melhorar os índices de leitura”, disse.
 
No encontro, o secretário pontuou também que, em razão da “necessidade de ajuste nas contas públicas do município para garantia dos serviços públicos básicos à população da Capital”, haverá redução na aquisição de novos livros junto às editoras pela Smed. No entanto, não está descartada a possibilidade de busca de parceiros pela Câmara Rio-Grandense do Livro para cobertura desse custo. 
 
Conforme Brito, cujo posicionamento teve a concordância dos dirigentes, o “fato de não efetuar novas compras de livros não afeta o andamento do programa, pois a aquisição junto às editoras nunca foi e não é uma exigência do projeto, que tem foco no contato entre o escritor e o aluno”. A Smed, porém, abrirá exceção para obras de autores novos que ainda não constam do acervo das bibliotecas escolares, propondo a compra de um exemplar para cada dois doados pelas editoras, o que pode ser feito mediante articulação da Câmara Rio-Grandense do Livro. 
 
A Smed desembolsou cerca de R$ 8 milhões para o programa Adote um Escritor entre 2005 e 2016, dos quais aproximadamente R$ 6,5 milhões somente com a compra de livros. Participaram do encontro Marco Sena, presidente da Câmara Rio-Grandense do Livro, Gilmar Cassol, da diretoria da entidade, Sônia Zanchetta, da coordenação da área infantil e juvenil da Feira do Livro de Porto Alegre, e a diretora Pedagógica da Smed, Maria Cláudia Bombassaro. 





Texto de: Cristina Lac
Edição de: Ari da Silva Teixeira
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.