Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

22 de maio de 2015

Projeto Escola da Ospa na Comunidade visita escola na Lomba do Pinheiro



O quinteto de metais formado por alunos do conservatório da orquestra leva sua música para a Escola Estadual Rafaela Remião no dia 27 de maio, quarta-feira, às 15h. Esse é o segundo recital da iniciativa estreada neste mês.
No dia 27 de maio, quarta-feira, às 15h, acontece uma nova edição do projeto Escola da Ospa na Comunidade, que leva a música dos estudantes do Conservatório Pablo Komlós para os mais variados espaços de Porto Alegre. Desta vez, os jovens músicos da escola da orquestra interpretam um repertório variado para os alunos da Escola Estadual Rafaela Remião, na Lomba do Pinheiro.
Quem se apresenta é o quinteto de metais formado por Isac Soares (trompete), Isaías Nowinski (trompete), Alexandre Caldas Filho (trompa), Bruno Gabriel Jardim (trombone) e Bruno dos Santos Cavalcanti (tuba). O jovem Isac, trompetista do grupo, comenta que espera que o público goste do repertório predominantemente popular, preparado especialmente para o projeto.
Os alunos da escola da Lomba do Pinheiro poderão apreciar obras que vão da MPB ao barroco. Entre elas estão: “Carinhoso”, de Pixinguinha; “Fascinação”, de Maurice de Feraudy e Dante Pilade Marchetti (Tradução: Armando Louzada); “Raindrops Keep Falling On My Head ”, de Hal David e Burt Bacharach; e “Trompete Voluntário”, obra atribuída ao inglês Henry Purcell, embora estudos indiquem que foi escrita por Jeremiah Clarke.
Diego Grendene de Souza, diretor da Escola de Música da Ospa, comenta a possibilidade de trocas de experiências entre os alunos do conservatório e da escola Rafaela Remião: “alguns dos nossos estudantes que participarão estão na mesma faixa etária dos alunos da Escola”.
O projeto, que tem como objetivo aproximar a comunidade do trabalho desenvolvido pela Escola de Música da Ospa, estreou neste mês com recitais no Instituto de Cardiologia e na Fundação de Atendimento Sócio-Educativo do Rio Grande do Sul (FASE). Estão previstas duas edições por mês em espaços como escolas, bibliotecas, hospitais e lares de idosos. Além desta apresentação na Escola Estadual Rafaela Remião no dia 27, outro recital já está marcado para o dia 9 de junho, no Lar de Idosos Maurício Seligman.
Sobre a Escola de Música da Ospa
Fundada em 1972, a Escola de Música da OSPA – Conservatório Pablo Komlós cumpre função fundamental para o fomento cultural no Rio Grande do Sul. Promove formação musical gratuita, voltada para músicos de orquestra, oferecendo oportunidade de profissionalização na área. Grande parte dos instrumentistas que hoje integram a Ospa estudaram na instituição, bem como muitos músicos que atuam em outras orquestras ou nas mais diferentes áreas da música, no Brasil e no exterior.
Hoje a escola atende em torno de 140 alunos, sendo que novos estudantes serão admitidos até o final de maio. Além disso, o conservatório conta com grupos orquestrais, regidos pelo maestro e violinista Arthur Barbosa, e com um coral, dirigido pelo regente e violista Cosmas Grieneisen.
Texto: Ana Eidam
Revisão: Mariana Sirena