Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

11 de fevereiro de 2017

Secretaria e Ministério definem ações para promoção da Cultura



Definir ações para promover a cultura no Rio Grande do Sul foi o tema de uma reunião entre a Secretaria da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer e presentantes do Ministério da Cultura (Minc) nessa quinta-feira (9), em Porto Alegre.
A execução de importantes convênios, como os Pontos de Cultura, e a criação de parcerias que fomentem e qualifiquem o setor foram as principais pautas do encontro. Uma das propostas apresentadas pelo Ministério é a inclusão dos CTGs (Centros de Tradições Gaúchas) como Patrimônio Cultural Imaterial da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura).
“Hoje, temos como um dos projetos prioritários da Cultura a execução e ampliação dos Pontos de Cultura, que possibilitam atividades importantes em muitas regiões do Estado”, afirmou o secretário adjunto André Kryszczun. Muitas organizações da sociedade civil desenvolvem atividades culturais, por meio desses incentivos financeiros, potencializando seus trabalhos com a participação do Estado.
Segundo Adão Cândido dos Santos, secretário de Articulação e Desenvolvimento Institucional do Minc, o objetivo do encontro é ajustar as afinidades entre o governo federal e o Rio Grande do Sul na área da Cultura. “Buscamos estreitar as relações para chegarmos juntos a soluções técnicas e viáveis”, afirma.
Uma nova reunião entre as áreas técnicas foi marcada para a próxima semana, em Brasília.No encontro, serão resolvidas as pendências e andamentos dos 81 Pontos de Cultura existentes no Rio Grande do Sul, além de 21 novos, que serão lançados nos próximos dias. Outro assunto em destaque será a candidatura dos CTGs como Patrimônio Imaterial da Unesco, como um exemplo das melhores práticas na conservação e divulgação da cultura gaúcha.
Cursos de capacitação para gestores da área cultural também terão espaço no debate, sendo uma atividade considerada fundamental, tanto para o Minc como para a Secretaria.
Também participaram da reunião o diretor de Cidadania e Diversidade Cultural da Secretaria da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul, Leoveral Golzer Soares; a coordenadora de Relações Internacionais do Departamento de Promoção Internacional do Minc, Raihana Falleiros; as represntantes do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) Ana Beltrami e Beatriz Freire; e o representante regional do Minc, Álvaro Franco.

Candidatura de CTGs como Patrimônio Imaterial da Unesco foi pauta do encontro
Candidatura de CTGs como Patrimônio Imaterial da Unesco foi pauta do encontro