Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

12 de dezembro de 2016

OP: Humaitá/Navegantes define habitação como prioridade


Foto: Luciano Lanes /PMPA
Na segunda-feira, 12, e terça-feira, 13, serão realizadas as últimas plenárias do OP
Na segunda-feira, 12, e terça-feira, 13, serão realizadas as últimas plenárias do OP
Assim como nas plenárias desta semana da Glória e do Partenon, a região Humaitá/Navegantes também definiu habitação como tema prioritário na Assembleia Regional do Orçamento Participativo (OP) realizada na tarde deste sábado, 10. O encontro no Ginásio da Escola Municipal Antônio Giudice contou com 474 credenciados e teve ainda assistência aocial, saúde e cultura eleitos como prioridades regionais. (fotos)

Para o Conselho do OP uma única chapa foi inscrita pela região, o que renovou por mais um ano a conselheira Lurimar Almeida Fiuza e o conselheiro Itamar Guedes da Silva como titulares, com Luciana Teles e Carmem Rosane Martins Lopes como 1ª e 2ª suplentes. A plenária regional da região Humaitá/Navegantes tem recursos reservados no Plano de Investimentos e Serviços, na ordem de R$ 2,198 milhões para demandas de saneamento básico, habitação, educação e assistência social. A região é composta pelos bairros Anchieta, Humaitá, Farrapos, Navegantes e São Geraldo.

Manifestações -
 Nem o forte calor que fez na tarde de sábado afastou os líderes da região da plenária. Em suas manifestações, destaques para as lutas e para a união dos moradores, o reconhecimento pela execução de serviços na área e também cobranças para a realização de demandas definidas em ciclos anteriores. Questões de moradia, saneamento básico, saúde e educação foram as principais temáticas abordadas.

Representando o prefeito José Fortunati na Assembleia, o vice-prefeito Sebastião Melo acolheu a fala dos participantes e abordou as dificuldades vividas no país e pela Prefeitura de Porto Alegre para honrar os compromissos assumidos com a população. O vice-prefeito criticou o modo de ação de outras esferas de governo para as parcerias com os municípios e citou o contraste entre a grande publicidade dada aos anúncios dos projetos e a dificuldade na liberação dos recursos. "Temos muitos desafios e é preciso se reinventar, porque se acabar com a esperança, não vai dar", afirmou. Melo ainda agradeceu o trabalho com a região ao longo dos últimos quatro anos.

Posse  –
 Os conselheiros e delegados eleitos nas seis plenárias temáticas e 17 regionais tomarão posse na noite de quinta-feira, 15, em Assembleia Municipal. No evento, realizado no Centro de Eventos Casa do Gaúcho (rua Otávio Francisco Caruso da Rocha, 301 - Parque Mauricio Sirotsky Sobrinho), haverá o lançamento da Revista Observando, do Observatório da Cidade de Porto Alegre (ObservaPOA) com o tema  Perfil e Percepção dos Participantes das Assembleias do Orçamento Participativo de Porto Alegre.

Nestas segunda-feira, 12, e terça-feira, 13, serão realizadas as duas últimas plenárias do OP 2016/2017, das Regiões Leste e Eixo Baltazar, respectivamente.  
 


/governanca /orcamento_participativo
Texto de: Vagner Benites
Edição de: Isabel Cristina Kolling Lermen
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.