Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

25 de novembro de 2015

Capital abre Escritório de Apoio à Produção Audiovisual

Foto: Joel Vargas/PMPA
Com a iniciativa, Porto Alegre reforça a atração de produções externas e locais
Com a iniciativa, Porto Alegre reforça a atração de produções externas e locais
Foto: Joel Vargas/PMPA
Prefeito Fortunati e secretário Moraes assinaram decreto de criação
 Prefeito Fortunati e secretário Moraes assinaram decreto de criação
Porto Alegre avançou, nesta quarta-feira, 25, no fomento a produções audiovisuais nas áreas de cinema, publicidade, documentários e novelas, entre outros. Por meio da criação do Escritório de Apoio à Produção Audiovisual – Porto Alegre Film Comission, instalado oficialmente nesta quarta, a Capital reforça a atração de produções externas e locais e, ainda, turismo. O decreto de criação do escritório foi assinado pelo prefeito José Fortunati e pelo secretário municipal de Turismo, Luiz Fernando Moraes. (fotos)
 
Durante evento na Cinemateca Capitólio, também foi apresentada a marca da Film Comission e lançado o site www.portoalegrefilm.com. A assinatura aconteceu durante o 2º Sul Audiovisual Market, evento que reuniu empresas do setor no Estado e clientes que representam canais de televisão nacionais e internacionais.
 
Para o prefeito José Fortunati, o escritório irá revigorar uma atividade reconhecida, dentro do polo de cinema. “Porto Alegre já tem uma identidade muito forte nesta área, mas esta iniciativa se transforma em uma oportunidade de fomentar ainda mais o setor, dando um salto de qualidade, e ainda, atrair para a Capital empreendedores da área e turistas”, disse o prefeito, ao citar produções locais que levaram a imagem da cidade para o resto do mundo. O prefeito também caracterizou como emblemático o lançamento na cinemateca, local que foi entregue novamente à população em março deste ano. 
 
O movimento da cadeia do setor foi destacado pelo secretário municipal do Turismo, assim como o contingente de turistas que, potencialmente, podem vir a Porto Alegre. Moraes citou dados que indicam cerca de 40 milhões de pessoas que viajam pelo mundo em busca de locações. “A Film Comission passa a ser não mais um projeto de governo, mas um projeto da cidade”, avaliou. 
 
A luta antiga pela instalação do escritório foi lembrada pelo diretor da cinemateca e presidente da Fundacine, Beto Rodrigues. Para o cineasta, é uma alegria ver o escritório aberto – o 10º do país -, o que irá criar atrativos concretos para investidores. Rodrigues citou exemplos de sucesso com a Film Comission, como a da Bósnia ou a da Nova Zelândia, que teve um incremento de 5 mil % no turismo após as filmagens do longametragem O Senhor dos Anéis.  
 
Porto Alegre Film Commission – A organização destina-se a captar, coordenar e servir de agente facilitador para produções audiovisuias nacionais e internacionais na cidade nas áreas de cinema, publicidade, documentários e novelas, entre outras, promovendo o destino Porto Alegre para essas atividades e fomentando o turismo cinematográfico.
 
O processo de estruturação da Porto Alegre Film Commission foi iniciado em agosto deste ano pela Secretaria Municipal de Turismo (SMTUR), que aglutinou em torno do projeto 24 entidades dos setores audiovisual, turismo, comércio e serviços do Rio Grande do Sul e órgãos públicos municipais.
 
Entidades dos setores audiovisual, turismo, comércio e serviços do Rio Grande do Sul e órgãos públicos municipais da capital gaúcha formam o grupo de parceiros pela criação da Porto Alegre Film Commission. A assinatura do termo de cooperação técnica ocorreu em 27 de agosto deste ano durante seminário promovido pela SMTUR.
 
O termo de cooperação técnica leva as assinaturas das secretarias municipais de Turismo, da Cultura, do Meio Ambiente, de Obras e Viação, de Segurança, dos gabinetes de Comunicação Social, de Inovação e Tecnologia, do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU), da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), do Sindicato da Indústria Audiovisual do Rio Grande do Sul (Siav), Associação Profissional de Técnicos Cinematográficos do Rio Grande do Sul (APTC), Fundacine, Arranjo Produtivo Local Audiovisual (APL), Associação Brasileira de Agências de Viagem (Abav-RS), Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Associação das Transportadoras Turísticas do RS (Aturs), Federação das Associações Comerciais e de Serviços do RS (Federasul), Fundação Piratini – TVE e FM Cultura, Porto Alegre e Região Metropolitana Convention & Visitors Bureal, Infraero, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-RS), Sindicato dos Lojistas do Comércio de Porto Alegre (Sindilojas) e Sindicato de Hospedagem e Alimentação de Porto Alegre e Região (SINDHA).

Divulgação - Após a assinatura do decreto na tarde desta quarta, foi apresentado o primeiro vídeo oficial da Porto Alegre Film Commission, feito para promover o potencial e a diversidade cênica da capital gaúcha para produções audiovisuais. Com duração de dois minutos, o vídeo é composto por trechos de filmes de curta e de longa-metragem, documentários e peças publicitárias com locações em diferentes ambientes e cenários da cidade. Trata-se de uma produção colaborativa estimulada pela Secretaria Municipal de Turismo, com o auxílio do Sindicato da Indústria Audiovisual do Rio Grande do Sul, em que produtoras de forma voluntária cederam peças do seu acervo. São elas a Casa de Cinema de Porto Alegre, Clip Produtora, Guts and Films, MGN Producers, Panda Filmes e Zeppelin, que também fez a roteirização e edição final do vídeo. 
 


/audiovisual /cinema /turismo
Texto de: Caren Mello
Edição de: Isabel Cristina Kolling Lermen
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.