Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

5 de novembro de 2015

Governo do Estado garante a produção de mais 10 longas-metragens gaúchos


A Secretaria de Estado da Fazenda quitou na quarta-feira (4) o pagamento referente ao Edital 11/2014 – Polo Audiovisual – Produção em Longa-Metragem, via Pró-Cultura RS – Fundo de Apoio à Cultura (FAC). No total, foram pagos R$ 2 milhões para produção de dez longas-metragens gaúchos.
12183007_1038429189542007_1194071294694931100_o
São eles:
- Container Filmes Ltda – Projeto Yõnlu;
- Diego Tezzoni Rodrigues – MEI – Projeto Xadalu;
- Leonardo Garcia & Cia Ltda – ME – Projeto A Vida Extraordinária de Tarso de Castro;
- Mendina de Morais Santos Produções Ltda – Projeto Depois de ser cinza;
- Osso Produções Ltda – ME – Projeto Mirante;
- Cinematográfica Pata Negra Ltda – ME – Projeto A Colmeia;
- Sofá Verde Filmes Ltda – ME – Projeto Disforia;
- Tokyo Filmes Ltda – ME – Projeto Até o caminho;
- Verte Filmes Ltda – ME – Projeto De que arte se ocupam as pessoas mortas; e
- Zeppelin Produções de Cinema e Televisão Ltda – Projeto Música para quando as luzes se apagam.
De acordo com o secretário Victor Hugo, este edital foi um dos primeiros desafios que encontrou quando assumiu a Pasta: “Um edital que vinha da gestão anterior, importante sim, mas que iria exigir o desembolso de R$ 2 milhões da nossa gestão. Por saber da importância que esta iniciativa tem para o desenvolvimento da cadeia produtiva do audiovisual, não hesitei em mantê-lo e levá-lo até o fim. Neste sentido, agradeço também a solidariedade da Secretaria da Fazenda que, em meio a uma série de dificuldades conhecidas da opinião pública gaúcha, continua validando investimentos na área da cultura”.