Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

2 de dezembro de 2014

Ministros aprovam regras para Fundo Mercosul Cultural

Via Cultura e Mercado:

Os ministros de Cultura do Mercosul se reuniram nesta quarta-feira (26/11), em Buenos Aires (Argentina), para falar sobre a integração entre os países da região. Participaram do encontro a ministra brasileira Ana Cristina Wanzeler e representantes da Argentina, Paraguai, Uruguai, Venezuela, Chile, Peru, Equador e Colômbia.
bienal mercosul

Um dos itens foi a aprovação das regras para o fundo que vai financiar iniciativas culturais de pessoas físicas ou jurídicas dos países do bloco. Cada país do Mercosul deve ainda aprovar a criação do fundo em seus parlamentos. O objetivo é estimular projetos conjuntos de dois ou mais países em diversos segmentos culturais.
O Brasil recebeu da Argentina a presidência pró-tempore do Mercosul Cultural. Nos próximos seis meses, o país vai conduzir as discussões de políticas culturais no bloco.
Também foi falado sobre a implementação do Selo Mercosul Cultural, uma certificação que vai facilitar a circulação temporária na região. Por exemplo, de um quadro para uma exposição de artes plásticas ou de equipamentos destinados a um show musical. “O Mercosul cultural existe muito antes do Mercosul político. Já existia nos deslocamentos das pessoas entres os países da região”, disse a ministra da Cultura da Argentina, Teresa Parodi, primeira chefe do ministério, criado em março de 2014.
Os ministros aprovaram a postulação brasileira para que as Missões Jesuíticas (Guaranis, Moxos e Chiquitos) sejam reconhecidas como Patrimônio Cultural do Mercosul. Também foi aceita a indicação da erva mate para compor a lista de Patrimônio do bloco.
*Com informações do site do MinC