Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

7 de julho de 2016

Pesquisa traça perfil do setor audiovisual em Porto Alegre

Foto: Joel Vargas/PMPA
Estudo visa a conhecer o funcionamento e impacto econômico do setor

Estudo visa a conhecer o funcionamento e impacto econômico do setor
O Escritório Municipal de Apoio à Produção Audiovisual - Porto Alegre Film Comission, em conjunto com parceiros, lançará nesta quinta-feira, 7, uma pesquisa qualitativa e quantitativa sobre o mercado da cadeia produtiva audiovisual na capital gaúcha. O formato e os dados completos sobre a pesquisa serão apresentados em um lançamento oficial, durante o Festival de Roteiros de Porto Alegre (FRAPA), às 16h15, na Cinemateca Capitólio, localizada na rua Demétrio Ribeiro, 1085, no Centro Histórico.
 
Para a realização do trabalho foi assinado um termo de cooperação técnica entre a Secretaria Municipal de Turismo de Porto Alegre (SMTUR) e a Secretaria Estadual de Planejamento, Mobilidade e Desenvolvimento Regional do Rio Grande do Sul (Seplan), por intermédio da Fundação de Economia e Estatística Siegfried Emanuel Heuser (FEE).
 
A pesquisa será desenvolvida junto às empresas audiovisuais de Porto Alegre para conhecer o funcionamento e o impacto econômico do setor. Para a parte qualitativa, serão realizadas entrevistas em profundidade e grupos focais com empreendimentos. Para as questões quantitativas, será distribuído um questionário, que buscará dados como a composição em termos de pessoal, atividades recentes e expectativas. 
 
Entre os dados estatísticos levantados preliminarmente pela pesquisa é possível identificar a importância da cadeia audiovisual na economia do Estado. A capital gaúcha é considerada pelo segmento como um dos maiores polos de produção audiovisual do país.  De acordo com o Cadastro Central de Empresas (Cempre) do IBGE, em 2014, o Rio Grande do Sul registrou 1.582 empresas do setor, demonstrando um crescimento de 30% desde 2006. O aumento foi mais intenso em áreas ligadas diretamente a produção audiovisual, como as atividades de rádio e televisão e com as de TV a cabo, particularmente nas atividades de produção e pós-produção de cinema e TV, com o crescimento de 43% no período. Os dados do Cempre também demonstram o impacto do audiovisual na geração de empregos e renda. No mesmo ano, a cadeia do audiovisual gerou 12.693 empregos formais, além de 382.576 milhões em salários e outras remunerações. 
 
O estudo conta também com apoio de entidades como a Fundação Cinema RS (Fundacine), o Centro Tecnológico Audiovisual (Tecna) da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) e o Sindicato da Indústria Audiovisual (Siav), a Associação dos Produtores e Técnicos Cinematográficos (APTC).

Porto Alegre Film Commission - Desenvolvido pela SMTUR em parceria com entidades, é uma organização destinada a captar e servir de facilitador para produções audiovisuais - nacionais e internacionais - na cidade, como nas áreas de cinema, publicidade, documentários e novelas.
 


/pesquisa /turismo
Texto de: Cristiane Serra
Edição de: Isabel Cristina Kolling Lermen
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.