Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

8 de março de 2017

Após 66 anos de atividade Ospa recebe sua primeira sala de ensaio



Espaço está localizado no Centro Administrativo do Estado

Espaço está localizado no Centro Administrativo do Estado
A Orquestra Sinfônica de Porto Alegre, fundada em 1950, ganhou um espaço próprio para ensaiar. A primeira Sala de Ensaios da Ospa, localizada no Centro Administrativo Fernando Ferrari (Caff), foi entregue aos músicos e à comunidade nesta terça-feira (7), pelo governador José Ivo Sartori. Os primeiros ensaios do ano, voltados para o concerto de Abertura da Temporada 2017, já ocorrerão nesse espaço.De acordo com o governador, gradativamente o Estado vai superando  impasses e materializando o valor que a Ospa tem para o Rio Grande do Sul. “Estamos resgatando uma dívida do passado e projetando um cenário para o futuro”, avaliou Sartori. As novas instalações da Orquestra foram concluidas em 76 dias.
Na ocasião, foi entregue a Medalha Negrinho do Pastoreio ao Procurador-Geral de Justiça, Marcelo Lemos Dornelles, por seus relevantes serviços ao Rio Grande do Sul. O evento teve uma apresentação da orquestra, regida pelo maestro Evandro Matté.
Para o diretor artístico da Ospa, Evandro Matté, a orquestra que “sempre ensaiou em lugares emprestados, improvisados ou alugados, nem sempre tendo as condições adequadas de acústica e estrutura, com essa conquista terá a atuação ainda mais qualificada. O Coro Sinfônico da Ospa, a Ospa Jovem e outros grupos de música de câmara também irão usufruir do espaço”.
O secretário da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, Victor Hugo, destacou a importância da parceria da Ospa com o Caff. ” A Ospa ter uma sala de ensaio dentro do Centro Administrativo do Estado é uma demonstração que a queremos cada vez mais forte e cada vez mais pública”, afirmou.
Sala de Ensaios da Ospa
O espaço tem uma área de 1.734 metros quadrados e foi cedido pela Secretaria de Modernização Administrativa e dos Recursos Humanos, em parceria com a Secretaria da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer. A reforma para adequação às necessidades da sinfônica foi conseguida pela Fundação Pablo Komlós, presidida pelo professor Luiz Osvaldo Leite, e viabilizada pela Procuradoria de Fundações do Ministério Público. O projeto foi realizado pelo arquiteto Tarso Carneiro, da AT Arquitetura.
Nos últimos três anos, a Ospa ensaiou na Sala Elis Regina da Usina do Gasômetro, disponibilizada pela prefeitura de Porto Alegre. Antes disso, e depois da saída do Teatro da Ospa, na Av. Independência (espaço alugado), ocupou lugares como o Armazém A3 do Cais do Porto, o Salão Paroquial da Igreja São Pedro e o Palácio Piratini.