Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

1 de março de 2017

Carnaval de rua reúne 50 mil pessoas por dia em Porto Alegre


Foto: Ricardo Giusti/PMPA
Nessa terça, foliões se aglomeraram entre a rua da República e a Lima e Silva Nessa terça, foliões se aglomeraram entre a rua da República e a Lima e Silva
Foto: Ricardo Giusti/PMPA
Na orla, entre 15 mil e 20 mil pessoas sambaram no entorno do Marinha
Na orla, entre 15 mil e 20 mil pessoas sambaram no entorno do Marinha
As duas principais atrações carnavalescas da Capital, no bairro Cidade Baixa e na orla do Guaíba, chegaram a reunir juntas cerca de 50 mil pessoas por dia durante o final de semana, 25 e 26, nessa segunda-feira, 27, e terça-feira, 28. O colorido e a maior parte dos confetes e serpentinas se aglomeraram entre a rua da República e a avenida Lima e Silva nessa terça. A diversidade de público, a manutenção da limpeza no entorno, a segurança local e o controle do tráfego foram as marcas do evento, de acordo com Cláudio Favero, organizador da festa pela Liga das Entidades Burlescas da Cidade Baixa.
 
“Entre 20 mil e 30 mil pessoas passaram pela região, incluindo jovens, adultos e crianças. Foi uma festa bem diversificada. Essa união de pessoas de diferentes idades se divertido juntas tem sido a característica dos principais eventos do gênero nas grandes cidades que promovem o Carnaval de rua”, avalia Favero. O organizador também ressalta que, ao encurtar a festa em uma hora, iniciando a dispersão às 21h, em vez de 22h, como nos anos anteriores, melhorou o relacionamento da festa com a vizinhança. “Em anos anteriores, a reclamação sobre o barulho foi maior. Também não foi registrado nenhum problema de segurança mais grave. Acho que chegamos a um equilíbrio”, opina.
 
“Na orla do Guaíba, onde entre 15 mil e 20 mil pessoas sambaram no entorno do Parque Marinha do Brasil, o balanço da festa também é positivo em frequência de público, organização, segurança e limpeza”, diz Otávio da Luz Pereira, presidente da Liga dos Blocos Descentralizados. “Sempre tem o que melhorar, mas essa experiência de fazer na orla do Marinha do Brasil deu muito certo, sempre com bom movimento e diversificado”, observou Otávio.
 
As festas de rua seguem com programação até maio. 
Programação

Março
Sábado, 4
Bloco Areal do Futuro (Liga da Cidade Baixa) - 15h às 21h   
Trajeto: João Alfredo, 689 / Largo Zumbi dos Palmares 

Domingo, 5
Quatro Blocos da Liga Descentralizados - 11h às 22h   
Trajeto: avenida Macedônia / Restinga       

Sábado, 11
Bloco Isopor (Liga Cidade Baixa) - 15h às 21h
Trajeto: Aureliano de Figueiredo 767 / Borges de Medeiros / Praça Isabel

Domingo, 12
Bloco Floresta Aurora (Liga Cidade Baixa) - 15h às 21h
Trajeto: Travessa do Carmo, 84 / João Alfredo, 651           

Bloco Tem Tudo Pra Dar Errado (Liga Cidade Baixa) - 10h às 20h
Trajeto: Edvaldo Pereira Paiva / pista de skate até o Beira-Rio               

Quatro Blocos  (Liga Descentralizados) - 11h às 21h   
Local: Centro de Eventos Vila Nova           

Domingo, 19
Bloco Turucutá (Liga Cidade Baixa) - 7h às 15h   
Trajeto: Rótula das Cuias / Augusto de Carvalho / Término Augusto de Carvalho   

Abril
Domingo, 16    
Quatro Blocos (Liga Descentralizados) - 11h às 20h
Local: Av dos Industriários

Sexta-feira, 21 (feriado)
Quatro Blocos (Liga Descentralizados) - 11h às 20h
Local: Viaduto São Jorge           

Maio

Domingo, 7
Sete Blocos (Liga Descentralizados) - 11h às 20h
Local: Gasômetro / Orla (arena fechada)
 


/carnaval

Texto de: Thiago Copetti
Edição de: Andrea Brasil
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.