Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

30 de julho de 2015

OP: assembleia temática de Habitação bate recorde de público

Foto: Joel Vargas/PMPA
Encontro na Casa do Gaúcho reuniu cerca de 1,2 mil pessoas
Encontro na Casa do Gaúcho reuniu cerca de 1,2 mil pessoas
Foto: Joel Vargas/PMPA
Comunidade elegeu e debateu com gestores as demandas prioritárias
Comunidade elegeu e debateu com gestores as demandas prioritárias
A terceira assembleia do Orçamento Participativo (OP) 2015/2016 registrou recorde de público. Cerca de 1,2 mil pessoas participaram na noite dessa quarta-feira, 29, da plenária temática Habitação, Organização da Cidade, Desenvolvimento Urbano e Ambiental. O evento ocorreu no Centro de Eventos Casa do Gaúcho. (Fotos)

O prefeito José Fortunati, juntamente com o vice Sebastião Melo, secretários e gestores municipais, ouviu as demandas da comunidade que elegeram Habitação e Meio Ambiente como prioridades, seguidas por Saneamento Ambiental, Saneamento Básico e Urbanismo.

Fortunati destacou a participação expressiva, que teve um aumento de 31% em relação ao ano passado. “É uma demonstração de que as pessoas acreditam no OP. Temos aqui a presença expressiva de representantes das cooperativas habitacionais, do fórum das ocupações e dos movimentos da luta pela moradia. É dessa forma transparente e democrática que enfrentamos os problemas e buscamos soluções melhores para a política habitacional da nossa cidade”, sublinhou o prefeito.  

Conforme ele, o diretor-geral do Departamento Municipal de Habitação (Demhab), Everton Braz, em reunião em Brasília, no Ministério das Cidades, obteve a informação de que a terceira fase do projeto Minha Casa, Minha Vida deverá ser lançada no mês de agosto. “Conquistamos o Minha Casa, Minha vida 1 e 2, mas precisamos continuar a renovar a parceria com o governo federal e seguir avançando na construção de novas unidades habitacionais. Moradia é dignidade, e é fundamental para que as pessoas vivam melhor”.

Fortunati afirmou tambem que a prefeitura estuda alternativas para qualificar o atendimento às comunidades que necessitam de regularização fundiária. “Estamos tentando desburocratizar para avançar. Isso organiza a cidade. É bom para os moradores e para o poder público. Queremos continuar avançando”. 

Investimentos - O Plano de Investimentos e Serviços (PI) deste ano contém mais de R$ 80 milhões em demandas novas, sendo R$ 67 milhões das regionais e R$ 12,5 milhões das temáticas. Para esta temática, o PI deste ano registrou recursos na ordem de R$ 3,3 milhões.

Os recursos orçamentários estão reservados na sua totalidade para atender às cooperativas habitacionais, contemplando projetos, obras de infraestrutura e regularização fundiária. Uma demanda de saneamento básico – drenagem e dragagem também está gravada no PI. Trata-se do projeto de macrodrenagem na rua da Colina.

Conselheiros - Na ocasião, os participantes elegeram, por aclamação, a chapa única para o Conselho da Temática de Habitação, tendo como primeiro titular Emerson Santos,  segundo titular Ozi Escarcel e suplentes Maria Helena Alves e Valdir Diego Brazeiro.  

OP 2015/2016 - Neste ano serão realizadas 23 reuniões, sendo seis temáticas e 17 regionais. Nesta quinta-feira, 30, será realizada a assembleia temática Desenvolvimento Econômico, Tributação, Turismo e Trabalho, no Centro de Eventos Casa do Gaúcho, às 19h.

Acompanhe o Orçamento Participativo

- Calendário completo da rodada de assembleias regionais e temáticas do Orçamento Participativo 2015/2016.

- Twitter OP Porto Alegre: @oppoa (ao vivo)

- Facebook: Orçamento Participativo de Porto Alegre


/habitacao /meio_ambiente /orcamento_participativo /urbanismo
Texto de: Bibiana Barros
Edição de: Jandira Davila Feijó
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.