Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

9 de março de 2015

MORRE INEZITA BARROSO




Faleceu ontem, aos 90 anos de idade, Ignez Magdalena Aranha de Lima, cantora, apresentadora, atriz, instrumentista, bibliotecária, folclorista, professora, doutora honoris causa em folclore e arte digital pela Universidade de Lisboa, mais conhecida pelo nome artístico de Inezita Barroso. Ela estava internada no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, desde o mês de fevereiro.

Inezita Barroso, sim, foi uma legítima representante da verdadeira musicalidade caipira e muito ajudou, através de seu programa, a divulgar as culturas regionais de diversos Estados, como foi o caso do Rio Grande do Sul. Inezita era uma apaixonada pela música gaúcha como um todo.

Que vá tranquila e mil gracias por sua vida alegre em prol de uma cultura autêntica que retratava (pois hoje poucos retratam) o viver do caboclo interiorano do sertão brasileiro.