Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

18 de dezembro de 2013

Prefeitura inaugura primeiro estúdio público de música do país

Foto: Ricardo Giusti/PMPA
Utilização do espaço será estabelecida por meio de dois editais ao ano
Utilização do espaço será estabelecida por meio de dois editais ao ano
Foto: Ricardo Giusti/PMPA
Estúdio conta com tecnologia digital e 22 canais para gravação profissional
Estúdio conta com tecnologia digital e 22 canais para gravação profissional
Para atender gratuitamente a novos talentos musicais da Capital, a Prefeitura de Porto Alegre inaugurou nesta quarta-feira, 18, o primeiro estúdio público do país. A abertura oficial dos trabalhos do Estúdio Geraldo Flach ocorreu em clima de festa e contou com as presenças do prefeito José Fortunati, do Secretário da Cultura do Município, Roque Jacoby, produtores, representantes de grupos musicais e familiares do músico homenageado Geraldo Flach. (fotos)

Por meio da Secretaria da Cultura, a Prefeitura dá início efetivo às atividades operacionais do Estúdio Geraldo Flach, que está localizado no anexo do Teatro de Câmara Túlio Piva, na Rua da República, 575, no Bairro Cidade Baixa. Neste momento, oito grupos musicais foram contemplados pelo primeiro edital para utilizarem a primeira etapa de diárias de gravações.

A utilização do espaço será estabelecida através de dois editais públicos anuais – o lançamento do próximo edital está previsto para o primeiro semestre de 2014. Os projetos apresentados sempre serão analisados por uma comissão integrada por representantes da comunidade cultural e da Secretaria da Cultura de Porto Alegre, por meio da coordenação de Música.

No ato de abertura das atividades, o prefeito destacou a importância do espaço público de produção musical no incentivo de novas oportunidades a talentos de Porto Alegre. “É uma oportunidade sem custos para aqueles que mais precisam do nosso apoio. Espero que este estúdio seja uma referência nacional, e que este exemplo possa ser multiplicado”. 

O músico Lucas Ortiz, 30 anos, um dos sete integrantes da Família Sarará, que gravará seu CD no novo estúdio, disse que o espaço significa uma grande obra para a cultura da cidade. “É um sonho de qualquer artista poder materializar a sua obra de uma maneira acessível porque apesar de tudo continua havendo uma barreira para gravar com qualidade”. 

“É uma justa homenagem a quem foi um grande incentivador do novo na música. Temos a missão de divulgar, incentivar novos projetos para manter este espaço livre, ativo, criativo e produtivo”, disse emocionada a filha do músico, compositor e arranjador homenageado, Cíntia Flach.

O secretário Roque Jacoby falou do desafio imposto pelo prefeito José Fortunati e agradeceu a parceria do protagonista inicial do projeto, o DJ Cassiá, que também estava presente no ato. “É um dia muito especial, em que Porto Alegre disponibiliza desse espaço para que novos talentos surjam, se consolidem e façam sucesso lá fora”.

Sobre o Estúdio Geraldo Flach - É o primeiro estúdio público para gravação de áudio de Porto Alegre e homenageia o musico e compositor que levou o nome da capital dos gaúchos e do Rio Grande do Sul além de fronteiras. Com a melhor tecnologia digital para gravação profissional e habilitado tecnicamente para captações de até 22 canais simultâneos, o estúdio destina-se aos artistas das comunidades das 17 regiões do Orçamento Participativo.

É uma realização da Prefeitura de Porto Alegre, por meio da Secretaria de Cultura e financiamento do Ministério da Cultura.


Os contemplados no primeiro edital:

Família Sarará
Cintia Verri
Matheus Dorneles
Rita Cassiane Barros
Lind Seiara Peres
Igor Nicolau vurmo
Banda Kapaz – Giba Superti
Joca Bandeira





/cultura /musica
Texto de: Bibiana Barros
Edição de: Manuel Petrik
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.