Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

8 de dezembro de 2013

Projeto aproxima dança da cultura digital em performances e oficina gratuitas



Contemplado pelo Prêmio Funarte Petrobras de Dança Klauss Vianna/2012, V.I.S.T.O: OCUPAÇÕES VÍDEO_COREOGRÁFICAS é um projeto interdisciplinar, criado pela atriz e bailarina gaúcha Roberta De Savian, que conjuga dança, vídeo e música para criação de intervenções artísticas em espaços públicos. O projeto é composto por performances e exibição de vídeo-coreografias, de 7 a 18 de dezembro (exceto dia 10), à noite, no Jardim Lutzemberger da Casa de Cultura Mario Quintana (CCMQ) e pela oficina “Poéticas Tecnológicas na Cena: Laboratório de Criação em Vídeo Performance”, de 11 a 18 de dezembro, das 9h às 13h e das 19h às 21h, cujas inscrições estão abertas (vcoletivodearte@gmail.com/www.projetovisto.com). Ambas as atividades são gratuitas.
Graduada pela Universidade Estadual do RS (UERGS), Roberta De Savian articula-se na cena teatral gaúcha desde 2001, fazendo parte de diversas produções premiadas de teatro, dança e cinema. Desde 2008 tem experimentado o uso de tecnologia em suas criações coreográficas, permitindo aproximações entre a dança e a cultura digital. A artista propõe uma performance ao vivo, resultante do diálogo  com o músico Guenther Andreas, que executa a trilha ao vivo e o VJ e produtor carioca Marcelo Vieira, para contar a história de Y.S, um personagem em uma exorbitante tentativa de ser V.I.S.T.O. O coletivo também é composto pelo ator Marcelo Bulgarelli, pela coreógrafa Isabel Bustos e pela assistente de direção e preparadora de atores Márcia Paveck. A primeira edição do projeto foi realizada no XVII Festival Internacional de Danza-Habana Vieja: Ciudad em Movimiento (Cuba) em abril de 2012.
Oficina
“Poéticas Tecnológicas na Cena: Laboratório de Criação em Vídeo Performance” é a oficina do Visto Coletivo de Arte, ministrada pela atriz Roberta Savian e pelo Vj carioca carioca Marcelo Vieira, com apenas 15 vagas gratuitas. Com uma proposta de trabalho interdisciplinar, a atividade pretende promover um espaço de pesquisa, criação e reflexão acerca da aplicação das novas mídias no processo criativo nas Artes Cênicas. A investigação utiliza os mecanismos tecnológicos, mediados por computadores, que permitem operar sobre/com a cena (aqui entendida como o lugar concreto onde se desenvolve a dança, o teatro e a performance) através da imagem, do áudio, da iluminação  e do corpo do artista, na integração das artes para construção narrativa e poética. Direcionada a estudantes e artistas interessados no diálogo de sua linguagem com as novas mídas, visa a elaboração e estratégias de execução do roteiro na arte do software Vjing, no diálogo com as artes cênicas; aplicação de software para videocenários e técnicas de edição ao vivo de imagem em tempo real: possíveis aplicações do Vjing na dança contemporânea.
 
Serviço:
OficinaQuando: 11 a 18 de dezembro (quarta a quarta, sem aula no domingo).
Hora: das 9h às 13h – Teoria e prática (Sala A2B2 – 2º andar CCMQ) e das 19h às 21h (Jardim Lutzemberger – 5º andar CCMQ) – Ocupação vídeo-coreográfica com os alunos e VJs.
Vagas limitadas (15) e gratuitas.
Informações e inscrições: Interessados devem enviar breve currículo e carta de intenção para o email vcoletivodearte@gmail.com ou o site www.projetovisto.com.
Performances/exibições de vídeo-coreografias:Quando: 7 a 9 dez (sábado a segunda), às 21h. 11 a 18 de dezembro (quarta a quarta), 20h30min.
Onde: Jardim Lutzemberger – 5º andar CCMQ
Entrada franca.
Endereço: Casa de Cultura Mario Quintana/CCMQ (Andradas, 736)
Texto: Asscom CCMQ
Edição: Asscom Sedac