Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

6 de dezembro de 2013

Programação da Cinemateca Paulo Amorim de 6 a 12 de dezembro de 2013



Alceste-a-bicyclette_Fabrice-Luchini alta

SALA PAULO AMORIM
SERRA PELADA (Brasil, 2013, 104min) Direção de Heitor Dhalia, com Juliano Cazarré, Júlio Andrade, Sophie Charlotte, Matheus Nachtergaele, Wagner Moura. Warner, 14 anos. Drama.
Sinopse: 1980. Juliano e Joaquim são grandes amigos que ficam empolgados ao tomar conhecimento de Serra Pelada, o maior garimpo a céu aberto do mundo, localizado no estado do Pará. A dupla resolve deixar São Paulo e partir para o local, sonhando com a riqueza. Com o passar do tempo, tudo tudo muda na vida deles: Juliano se revela um cara ambicioso,  enquanto Joaquim renega os valores que sempre prezou.
Sessões: 15h
CAPITÃO PHILLIPS (Captain Phillips – EUA, 2013, 135min). Direção de Paul Greengrass, com Tom Hanks e Bakahd Abdi. Sony Pictures, 14 anos. Drama.
Sinopse: Baseado em fatos reais, o filme conta a história do capitão Richard Phillips, que em 2009 enfrentou dias de tensão em alto-mar. Enquanto chefiava uma equipe na missão de entregar mercadorias e alimentos para o povo somaliano, ele teve seu navio atacado e por piratas. O detalhe é que os próprios sequestradores eram somalianos e estavam bem armados, exigindo todo o dinheiro a bordo. Phillips foi levado como refém em um pequeno bote, o que exigiu muita negociação e uma estratégia especial do serviço norte-americano. 
Sessões: 17h
PEDALANDO COM MOLIÈRE (Alceste à Bicyclette - França, 105min, 2012). Direção de Philippe Le Guay, com Fabrice Lucchini e Lambert Wilson. Imagem Filmes, 14 anos. Comédia.
Sinopse: Serge Tanneur já foi um ator consagrado nos palcos franceses, mas agora vive quase como um eremita numa cidadezinha ao norte da França. Um dia, Serge recebe a visita de Gauthier Valence, um ator de televisão bajulado pelo público e que lhe faz um convite tentador: encenarem, juntos, a peça “O Misantropo” de Molière. Começa, então, um divertido jogo de cena entre os dois atores, que tentam provar que um é mais talentoso que o outro.
Sessões: 19h30min
SALA EDUARDO HIRTZ
 ESTREIA:
SIMONE (Brasil, 75min, 2013). Direção de Juan Zapata, com Simone Telecchi, Natália Mikeliunas, Roberto Birindeli. Zapata Filmes, 16 anos. Drama.
Sinopse: Após anos de relacionamentos com outras mulheres, Simone sente atração por um homem – e decide se envolver com ele. Baseado em uma história real, o longa-metragem mistura as linguagens documental e ficcional para mostrar os altos e baixos, as certezas e as dúvidas que envolvem os relacionamentos.
Sessões: 14h45min e 18h15min; no sábado e na quarta-feira, as sessões das 14h45min serão com audiodescrição
TATUAGEM (Brasil, 2013, 110min). Direção de Hilton Lacerda, com Irandhir Santos, Jesuíta Barbosa e Rodrigo García. Imovision, 16 anos. Drama.
Sinopse: Na Recife do final dos anos 1970, o grupo teatral Chão de Estrelas é conhecido pelos espetáculos anárquicos e irreverentes, que incluem momentos de nudez e deboche. Os artistas vivem em comunidade, sob a liderança informal de Clécio Wanderley e o carisma de Paulete, a principal estrela do grupo. O contraponto a este universo gay e colorido é o quartel militar, onde vive Arlindo. O improvávek romance entre Arlindo e Clécio aponta para os novos tempos de abertura política e a possibilidade de um recomeço para os protagonistas.
Sessões: 16h15min e 19h45min
SALA NORBERTO LUBISCO
FRANCES HA (Frances Ha - Estados Unidos, 2012, 90min). Direção de Noah Baumbach, com Greta Gerwig. Vitrine Filmes, 12 anos. Comédia dramática.
Sinopse: Frances está perto dos 30 anos, mora em Nova York e convive com uma tremenda falta de perspectivas. Além dos romances que não dão certo, ela não dança bem o suficiente para virar uma bailarina do primeiro time na companhia onde trabalha. Sucesso nos cinemas do mundo inteiro, a desajeitada Frances (a origem do Ha só é revelada na última cena) se transformou na grande personagem do cinema independente norte-americano dos últimos anos.
Sessões: 14h30min
O TEMPO E O VENTO (Brasil, 2013, 115min). Direção de Jayme Monjardin, com Thiago Lacerda, Fernanda Montenegro, Marjorie Estiano, Cléo Pires. Downtown Filmes, 14 anos. Drama.
Sinopse: Rio Grande do Sul, final do século XIX. A família Terra-Cambará está cercada em seu sobrado, em meio a mais um conflito com o clã dos Amaral. Numa noite, a velha Bibiana recebe em seu quarto a visita de seu falecido esposo, o capitão Rodrigo. Juntos eles recordam os anos de romance, as dificuldades de viver numa região sempre em guerra e de como se formou a  própria família Terra-Cambará.
Sessões: 16h
MAIS UMA CANÇÃO (Brasil, 96min, 2012). Documentário musical de Rene Goya Filho e Alexandre Derlam. Estação Elétrica Filmes, Livre.
Sinopse: O compositor gaúcho Bebeto Alves tem mais de três décadas de carreira e uma trajetória que sintetiza a música popular do sul do Brasil, misturando vários ritmos e sonoridades. O filme acompanha uma viagem do artista pela região da Andaluzia, em Portugal, e pelo Norte da África, onde Bebeto entra em contato com as raízes da milonga. Porto Alegre, Uruguaiana (terra natal do artista) e Rio de Janeiro também serviram de locações para o documentário, filmado ao longo de três anos.
Sessões: 18h15min
TOKIORI – DOBRAS DO TEMPO (Brasil, 106min, 2012). Documentário de Paulo Pastoreio. Lume Filmes. Livre.
Sinopse: À 500 quilômetros de São Paulo, o bairro rural da Graminha reúne alguns poucos descendentes de japoneses que tocam pequenos sítios. Um deles é a viúva dona Yoshie, de 90 anos, que mora com família do seu filho mais velho. O filme reconstrói cinco viagens entre o Japão e o Brasil, realizadas entre 1927 e 1992, e mostra o quanto as mudanças  econômicas e políticas nos dois países tiveram repercussões diretas na vida destes imigrantes.
Sessões: 20h