Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

28 de novembro de 2014

Ministros aprovam regras para Fundo Mercosul Cultural

 

bienal mercosul

Um dos itens foi a aprovação das regras para o fundo que vai financiar iniciativas culturais de pessoas físicas ou jurídicas dos países do bloco. Cada país do Mercosul deve ainda aprovar a criação do fundo em seus parlamentos. O objetivo é estimular projetos conjuntos de dois ou mais países em diversos segmentos culturais.

O Brasil recebeu da Argentina a presidência pró-tempore do Mercosul Cultural. Nos próximos seis meses, o país vai conduzir as discussões de políticas culturais no bloco.

Também foi falado sobre a implementação do Selo Mercosul Cultural, uma certificação que vai facilitar a circulação temporária na região. Por exemplo, de um quadro para uma exposição de artes plásticas ou de equipamentos destinados a um show musical. "O Mercosul cultural existe muito antes do Mercosul político. Já existia nos deslocamentos das pessoas entres os países da região", disse a ministra da Cultura da Argentina, Teresa Parodi, primeira chefe do ministério, criado em março de 2014.

Os ministros aprovaram a postulação brasileira para que as Missões Jesuíticas (Guaranis, Moxos e Chiquitos) sejam reconhecidas como Patrimônio Cultural do Mercosul. Também foi aceita a indicação da erva mate para compor a lista de Patrimônio do bloco.

*Com informações do site do MinC