Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

19 de novembro de 2014

Rio sediará World Cities Culture Summit em 2015

Via Cultura e Mercado:

rio de janeiroCriado em 2012 por Londres, Nova York, Xangai, Paris, Tóquio, Sidney, Joanesburgo e Istambul, o grupo agora se expandiu e inclui mais 20 cidades: Amsterdã, Bangkok, Barcelona, Pequim, Berlim, Bogotá, Buenos Aires, Hong Kong, Los Angeles, Montreal, Madri, Moscou, Mumbai, Rio de Janeiro, São Paulo, Seul, Shenzen, Singapura, Estocolmo e Toronto.

O encontro deste ano promoveu a discussão crítica sobre diversos temas, incluindo o papel da cultura no desenvolvimento, na renovação e na transformação do ambiente urbano. Ao longo de três dias, representantes de diversas cidades e especialistas em políticas culturais debateram o que as cidades estão fazendo para apoiar o talento, o empreendedorismo e a inovação, além da promoção e do marketing.

Durante o evento, foi lançado o primeiro "Transformational Cultural Projects Report" (Relatório de Projetos Culturais Transformadores), uma coleção de estudos de caso, incluindo uma gama de projetos onde a cultura está associada com o desenvolvimento urbano sustentável e impactos sociais significativos.

Entre as questões levantadas estão a necessidade de promover de forma mais eficaz os bens culturais das cidade para a população local, bem como para os visitantes internacionais, e alargar o leque de organizações que são promovidas para incluir as instituições menores.

"Tem sido uma grande cúpula, com ideias interessantes sobre como as cidades podem funcionar ainda melhor em conjunto", disse Paul Owens, diretor do World Cities Culture Forum. Segundo ele, está claro e mais evidente que pesquisas são necessárias. "Estamos agora desenvolvendo um programa ambicioso de pesquisa, de cinco anos, que esperamos venha a beneficiar não apenas as cidades parceiras, mas também outras cidades ao redor do mundo", afirmou.

Para Sergio Sá Leitão, com o Rio de Janeiro já definido para receber o mundo durante os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos, reunir os líderes das cidades para discutir a importância da cultura servirá como um bom termômetro. "Através do encontro, queremos destacar o que há de melhor e mais relevante nas artes e na cultura do Rio, e trabalharemos com outras cidades para trocar ideias e desenvolver estratégias destinadas a apoiar artistas e a atividade cultural a longo prazo."

O download dos relatórios "World Cities Culture" e "Transformational Cultural Projects Report" está disponível no site www.worldcitiescultureforum.com.