Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

24 de abril de 2015

Chimarrão, o amargo companheiro


 
Herança indígena das tribos Guaranís, o chimarrão é tomado no sul do país, principalmente, e na America do Sul desde muito antes do descobrimento do Brasil. Atualmente é instituída como bebida símbolo do Rio Grande do Sul pela lei nº: 11.929/2003.
Considerado o chá mais completo do qual se tem conhecimento, a bebida quente vem conquistando adeptos graças aos seus benefícios recentemente descobertos em diversas pesquisas.
São atribuidas a Ilex Paraguariensis (nome cientifico da erva mate), propriedades digestivas e dietêuticas, estimulantes e também anticancerígenas. O chimarrão traz em sua essência inúmeros benefícios humanos, sociais e principalmente medicinais. Foi considerada pela Sociedade Científica de Paris e Instituto Pasteur da França como a planta mais completa em propriedades, sendo chamada de “Árvore da Vida”.

Erva-Mate

Árvore Símbolo do Rio Grande do Sul pela lei Nº 7.439 de 1980, ficando instituída a "Semana Estadual da Erva-Mate", a ser comemorada, anualmente, na segunda semana do mês de setembro.

Beneficios sociais do chimarrão
Além dos benefícios físicos oferecidos pelas propriedades medicinais, o chimarrão, por sua dinâmica, oferece integração social, já que na roda de mate, peão e patrão, ricos e pobres, tomam da mesma cuia e bomba, sem diferença de raça, cor ou credo.
No mate e seu ritual encontramos:
Aliança: que emana Amizade, hospitalidade, fraternidade e respeito
Reunião Familiar – Encontro de Gerações.

Companhia para os momentos de solidão

Como preparar um bom mate (que não entope de jeito nenhum)

Como escolher bem os avios do mate

A cuia
Para escolhermos uma boa cuia (recipiente de porongo, onde tomamos o chimarrão) devemos optar pelo porongo que tenha paredes grossas e firmes, garantindo o sabor e a durabilidade do mate.

A bomba
O canudo com o qual se toma a bebida, introduzida na cuia deve ser de aço inox,material higiênico que aquece e resfria com rapidez e mais facilidade proporcionando uma limpeza completa sem carregar resíduos e sem oxidar.
Os primeiros mates, tomados pelos índios, era com a Taquapy, artefato rústico feito de bambu ou taquara, por onde se sorvia a água do chimarrão.

A água - Qual a temperatura ideal?
A temperatura ideal para a água para se sorver um chimarrão é de extrema importância, já que pode alterar o sabor da erva mate e determinar a qualidade do seu mate.
A temperatura ideal varia entre 68 e 75°C no máximo. Não se deve ferver a água, colocar água fria para tentar "retempera-la".


#umbommateprati #vempromate #pelapazmundial