Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

21 de abril de 2015

SOPAPO POÉTICO - EDIÇÃO DE ABRIL/2015

 


 

Na segunda edição de 2015, o SOPAPO POÉTICO convida o COLETIVO NEGRAÇÃO, formado por jovens universitários, para uma mostra de suas ações culturais dentro e fora do meio acadêmico


O projeto SOPAPO POÉTICO - Ponto Negro da Poesia - é realizado pela ANdC - Associação Negra de Cultura desde 2012, de março a novembro, sempre na última terça-feira do mês.
A exemplo de outros saraus que existem no Brasil, o projeto busca, além da criação de um espaço comunitário e de trânsito de vivências, promover a integração entre a arte negra e seu sujeito, mediante o discurso poético. Ao longo dos anos, o sarau tem se tornado um grande círculo de reflexões e um ponto de encontro de artistas e admiradores da cultura negra em Porto Alegre.



E cante um samba na universidade

e verás que o teu filho será príncipe de verdade

Candeia

Formado em sua grande maioria por jovens negras e negros estudantes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), o COLETIVO NEGRAÇÃO foi criado em 2012 com o objetivo de lutar pelas pautas da negritude dentro e fora da universidade.

O marco da criação do coletivo foi o "20 de setembro" de 2012, quando reivindicaram, em pleno desfile farroupilha oficial, a inclusão da errata "Povo que não tem virtude acaba por escravizar" no hino racista do Rio Grande do Sul. A partir daí, o coletivo ganhou força e tem constantemente promovido ações de combate ao racismo institucional e debates sobre a produção de conhecimento e a ampliação das ações afirmativas e de reparações por parte do Estado brasileiro.

O coletivo também atua na área da produção cultural, realizando eventos enegrescedores no meio acadêmico, dentre os quais se destaca o Sambarau, sarau que combina a roda de samba com a poesia negra.

A luta das mulheres negras é um foco fundamental do coletivo, que em 2014, entre outras ações, promoveu a campanha fotográfica "A minha carne é de carnaval, não teu objeto sexual!", com enorme repercussão nas redes sociais, e o encontro "Afrorresilientes - A perspectiva da militância negra feminista", que reuniu mulheres negras de diversos segmentos em um painel dentro da Universidade.
O coletivo, que é aberto e realiza reuniões e formações periódicas, entende que suas tarefas são necessárias para uma transformação social, onde não haja racismo ou qualquer tipo de opressão.


Neste mês, o Sopapo Poético será realizado na Escola de Samba Acadêmicos da Orgia, situada na Av. Ipiranga, nº 2741, no bairro Santana, referência histórica do samba e do Carnaval em Porto Alegre.
O espaço será aberto para o público às 19h, com exibição de vídeos comandada pelo Dvj Augusto, em uma parceria com o Cine Kafuné.

No mesmo horário tem início a Feirinha Afro, com alimentação e exposição e venda de artesanato, roupas, discos, livros e diversos artigos voltados à cultura negra.

Às 20h, começa o sarau poético-musical. Na primeira parte do evento, os presentes intervêm espontaneamente, com interpretações de poemas e canções. A seguir, serão chamados os integrantes do Coletivo Negração.

Paralelamente ao sarau, acontece o SOPAPINHO, onde os pequenos desenvolvem atividades acompanhadas de educadoras. Pede-se aos pais que tragam lanches e bebidas saudáveis para seus filhos compartilharem com as demais crianças.

 

SOPAPO POÉTICO - Ponto Negro da Poesia

29ª EDIÇÃO - ABRIL/2015

Convidado: COLETIVO NEGRAÇÃO

Quando: terça-feira, 28 de abril, às 19h

Onde: ACADÊMICOS DA ORGIA - Av. Ipiranga, 2741 - próximo da Av. Silva Só, Bairro Santana, Porto Alegre/RS

ENTRADA FRANCA

Mais informações: sopapo.poetico@gmail.com

9365-3315 - 8428-2804 - 9317-6497 - 9218-5449


Realização:
ANdC - Associação Negra de Cultura

Apoio:
Cine Kafuné

ESCOLA DE SAMBA ACADÊMICOS DA ORGIA

AECPARS – Associação das Entidades Carnavalescas

SIMPA - Sndicato dos Municipários de Porto Alegre


Visite a nossa página no facebook (Sopapo Poético) e deixe um comentário sobre o sarau.