Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

25 de abril de 2015

Um bom chimarrão faz muito bem para a saúde


 
Há mais de 15 anos, médico Oly Schwingel acompanha as pesquisas sobre o assunto
por: Carolina Schmidt
Foto: Carolina Schmidt / Folha do Mate
o-bom-chimarrao-faz-bem-a-saude 

Como Schwingel trabalha com plantas fitoterápicas, recomenda o chimarrão aos pacientes
Além de unir as pessoas para uma roda de amigos, o bom chimarrão também traz benefícios para a saúde. Há 20 anos, pesquisas sobre o assunto passaram a ter força, conforme explica o médico Oly Schwingel que acompanha os estudos sobre a questão.
Ele destaque que no ano de 2003, durante a Festa Nacional do Chimarrão (Fenachim) em Venâncio Aires, foram divulgadas questões relacionadas com o DNA da folha de erva-mate que passou a fazer parte do centro de estudos de países da Cone Sul. ‘A planta tem um princípio ativo muito ainda a se aprender e se desenvolver nas suas práticas.’
Schwingel aprecia o chimarrão desde a infância. ‘Sempre tomava com o meu pai antes dele sair para trabalhar.’ Quando ele graduou-se em Medicina, foi trabalhar na região de Mato Leitão, onde o chimarrão estava sempre presente na roda de amigos. A partir daí, acompanhar as pesquisas sobre a planta e a bebida ocorreu de forma espontânea. ‘Em Mato Leitão, há o seio da cultura, da produção e da comercialização. O chimarrão tem um impacto forte.’
Como ele tem conhecimento e trabalha com fitoterápicos, ressalta que a erva-mate é uma planta diferenciada. Schwingel observa que a planta traz elementos como as Xantinas, Saponinas e Sais Minerais que repercutem no corpo humano como energético. ‘É precioso o efeito no sistema nervoso central, área cardiovascular e neuro esquelética. O chimarrão também é um tesouro para as funções digestivas.’
Nos seus atendimentos, Schwingel recomenda o uso do chimarrão aos pacientes. ‘O chimarrão, a vida e a saúde têm um encanto que reflete quando a pessoa fica doente, porque eles sempre perguntam quando poderão tomá-lo, novamente. Essa bebida é um marcador para nós gaúchos e para os povos da América do Sul.’
No entanto, ele frisa que é preciso supervisionar os pacientes hipersensíveis aos princípios do chimarrão para que tomem o chimarrão de forma moderada. ‘De fato, algumas pessoas podem ter insônia, tremores, ansiedade e taquicardia, Mas, é difícil encontrar alguma situação em que não se pode tomar chimarrão.’
“O chimarrão tem precioso o efeito no sistema nervoso central, área cardivascular e neuro esquelética’, Oly Schwingel – médico
Chasque publicado no sítio da Folha do Mate:
www.folhadomate.com