Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

2 de abril de 2015

Boletim APTC ABD-RS nº 114

 

BOLETIM APTC-ABD/RS

Nº 114                                        Março de 2015

 

 

 

Em 2015 a APTC completará 30 anos de atuação ininterrupta em favor do audiovisual do Rio Grande do Sul. É uma marca que merece ser lembrada, e algumas atividades deverão acontecer ao longo do ano.

 

Os primeiros meses do ano já foram de muito trabalho para a APTC, como costumam ser os períodos de transição de governo. Mas tudo indica que estamos atingindo um grau de maturidade na aplicação de políticas públicas, em que continuidade e aperfeiçoamentos são mais valorizados que rupturas e reinvenções. Os próximos meses deverão confirmar esta tendência.

 

 

RELANÇADO EDITAL DA TVE

 

No último dia 18 de março, a direção da TVE (Fundação Piratini) relançou o edital 01/2014, para produção de 5 séries de televisão, utilizando R$ 3,9 milhões de recursos do Prodav 02 (Fundo Setorial do Audiovisual) e R$ 300 mil de recursos próprios.

 

O edital havia sido lançado pela direção anterior, em 24 de novembro do ano passado, e as inscrições haviam sido concluídas em 8 de janeiro. Porém, a 15 de janeiro, a nova diretora da Fundação, Isara Marques, recém empossada, cancelou o processo, alegando problemas técnicos e jurídicos. Depois de dois meses de negociações com APTC, SIAV, SATED e Conselho Deliberativo da Fundação, o edital foi republicado, com retificações, em 18 de março. A partir de manifestações da APTC e SIAV, mais duas erratas foram feitas ao texto, em 24 e 26 de março. Todos esses documentos, bem como instruções para a inscrição de projetos, podem ser encontrados no sítio da TVE <http://tinyurl.com/psosnuo>.

 

Infelizmente, os projetos inscritos no processo anterior terão que ser retirados e readequados, se os produtores desejarem reinscrevê-los. As faixas de programação a serem contempladas permanecem as mesmas, bem como o valor total previsto para cada produção, mas mudaram os números de episódios em cada faixa.

 

- Faixa infantil: 13 episódios de 10 a 15 min, R$ 650 mil

- Faixa doc turismo: 26 episódios de 26 min, R$ 800 mil

- Faixa doc cultura criativa: 26 x 26 min, 800 mil

- Ficção para adolescentes: 13 x 26 min, R$ 672 mil

- Ficção para adultos: 13 x 26 min, R$ 1 milhão

 

As inscrições estão abertas até 6 de maio. O resultado final da seleção deve ser publicado em 21 de julho.

 

 

PRODAV DAS TVs PÚBLICAS ABERTO ATÉ 27 DE ABRIL

 

A nova linha do PRODAV, que visa financiar programas para TVs públicas (mais de 130 emissoras educativas, culturais, comunitárias e universitárias do país) abriu em janeiro 5 editais, um para cada região brasileira, prevendo um investimento total de R$ 60 milhões em 103 obras audiovisuais. A princípio previstas para o final de fevereiro, as inscrições foram prorrogadas até 27 de abril.

 

O PRODAV 12, que é o edital da Região Sul, terá R$ 12 milhões de investimento em 20 obras, com tipologias bastante específicas. O edital pode ser encontrado no sítio do BRDE <http://tinyurl.com/oq7s4q3>.

 

A Unidade Técnica Sul do PRODAV, responsável pela organização e divulgação do edital na região, produziu uma apostila com mais informações e exemplos para elaboração de projetos, e ela está disponível no sítio da APTC: <http://tinyurl.com/nmqet7t>.

 

Duas das linhas propostas (linhas K e L no edital) exigem a associação entre uma produtora audiovisual e um "coletivo urbano". Por isso, a UT-Sul está criando um banco de dados para facilitar a aproximação entre produtoras e coletivos que queiram se associar para apresentar projetos. O documento pode ser visto em <http://tinyurl.com/pb5egpm>.

 

A UT-Sul, composta pelos gestores culturais Marina Volpato e Edinho Costa, está sediada em Porto Alegre, no prédio da TVE, mas já esteve reunida com realizadores de Florianópolis e Curitiba. Nos últimos dias de março, foram realizadas três reuniões com realizadores, produtores e coletivos gaúchos, para resolver dúvidas dos interessados em participar do edital: dia 25 em Pelotas (19h no Centro de Artes da UFPEL), dia 26 em Caxias do Sul (13h no Teatro da UCS) e dia 31 em Porto Alegre (10h no Auditório do BRDE).

 

 

EDITAL GARANTE A PRODUÇÃO DE MAIS 10 LONGAS GAÚCHOS

 

Na manhã do dia 26 de fevereiro, no auditório do BRDE, em Porto Alegre, o Secretário de Estado da Cultura Vitor Hugo, a diretora da Ancine Rosana Alcântara e o diretor financeiro do BRDE Renato de Mello Vianna anunciaram o resultado final do edital 11/2014 do Pró-Cultura RS, com recursos do FAC/RS (Fundo de Apoio à Cultura) complementados pelo FSA (Fundo Setorial do Audiovisual) através do Programa Brasil de Todas as Telas.

 

Esta iniciativa, fruto de uma parceria inédita entre governos federal e estadual, vai viabilizar a produção de 10 filmes gaúchos nos próximos 18 meses, com um aporte total de R$ 5 milhões - R$ 2 milhões do FAC e R$ 3 milhões do FSA.

 

O edital foi lançado em 29 de julho do ano passado, com inscrições até 18 de setembro. Dos 50 projetos inscritos, 36 foram habilitados: 12 na linha A, 11 na linha B e 13 na linha C. A Comissão de Seleção, formada por Alvaro de Carvalho Neto, Angélica Diefenthaler, Bia Barcellos, Camila Gonzatto, Fabiana Piccinin, Gilberto Perin, Guilherme Castro, José Carlos Martins, Leonardo Bomfim, Marcus Mello, Roberto Tietzmann e Simone Luz Constante, após o resultado preliminar publicado em 22 de janeiro e a avaliação dos recursos administrativos, selecionou de forma definitiva os seguintes 10 projetos:

 

LINHA A - LONGA-METRAGEM (2 prêmios de R$ 1 milhão cada)

 

- "Depois de ser cinza", dir. Eduardo Wannmacher, prod. Pironauta

- "Yoñlu", dir. Hique Montanari, prod. Container Filmes

 

LINHA B - LONGA-METRAGEM DE BAIXO ORÇAMENTO (4 prêmios de R$ 500 mil cada)

 

- "Até o caminho", dir. Davi Pretto, prod. Tokyo Filmes

- "A colmeia", dir. Gilson Vargas, prod. Cinematográfica Pata Negra

- "De que arte se ocupam as pessoas mortas", dir. Márcio Schoenardie, prod. Verte Filmes

- "Disforia", dir. Lucas Cassales, prod. Sofá Verde Filmes

 

LINHA C - DOCUMENTÁRIO (4 prêmios de R$ 250 mil cada)

 

- "Mirante", dir. Rodrigo John, prod. Osso Filmes

- "Música para quando as luzes se apagam", dir. Ismael Caneppele, prod. Zeppelin Filmes

- "A vida extraordinária de Tarso de Castro", dir. Leo Garcia e Zeca Brito, prod. Coelho Voador

- "Xadalu", dir. Tiago Bortolini de Castro, prod. Pitanga Filmes

 

A APTC cumprimenta os contemplados, agradece o trabalho da Comissão de Seleção e de todos os se envolveram na realização deste edital, em especial a direção e funcionários da Ancine e as equipes do ex-Secretário de Cultura Luis Antônio de Assis Brasil, que viabilizou a parceria com o governo federal, e do atual Secretário Vitor Hugo, que assegurou a continuidade de uma política pública tão importante para o audiovisual do Rio Grande do Sul.

 

Continuaremos atuando, em conjunto com a SEDAC, para garantir a contratação e realização dos projetos selecionados, dentro das regras do edital, e para que esta política de desenvolvimento do setor tenha continuidade e se fortaleça. Sendo assim, aproveita para convocar todos os realizadores do Estado, especialmente os seus associados, para discutir regulamentos e formatos para futuros editais ainda melhores e políticas públicas ainda mais abrangentes para a nossa atividade.

 

 

FESTIVAL DE CINEMA DE GRAMADO

 

Entre os dias 7 e 15 de agosto acontecerá a 43ª edição do Festival de Cinema de Gramado. As inscrições para a mostra competitiva de curtas-metragens nacionais, longas-metragens brasileiros e longas estrangeiros estão abertas e se encerram no dia 30 de Abril.

 

A APTC, ao lado da ACCIRS, SIAV e IECINE, segue negociando com a Gramadotur, autarquia responsável pelo evento, solicitando condições que, ao nosso ver, significariam uma melhora considerável e avanço na qualidade do festival.

 

Seguindo nossa recomendação, pela primeira vez o Festival de Gramado aceitará inscrições online, tornando o acesso ao evento mais democrático. Para a mostra Nacional e Internacional solicitamos a contratação de mais dois curadores, com o objetivo de expandir a abrangência do festival.

 

Para a Mostra Gaúcha / Assembleia Legislativa, nossa principal solicitação continua sendo a mesma de 2013 e 2014: a qualificação do processo de seleção dos filmes. Para isso, solicitamos que o Festival crie a figura de um curador da mostra e que acrescente duas pessoas ao Comitê de Seleção, necessidade constatada pelo número cada vez mais elevado de inscritos nessa categoria. Em 2013 o Departamento Cultural da Assembleia Legislativa respondeu que a nossa proposta tinha sido apresentada fora do prazo. Em 2014, também. Neste ano, a negociação está ainda em andamento.

 

 

INAUGURADA A CINEMATECA CAPITÓLIO

 

No dia 27 de março, como parte das comemorações do aniversário da Porto Alegre, foi finalmente inaugurada a Cinemateca Capitólio, 21 anos depois da compra do prédio pela Prefeitura e 12 anos depois da aprovação do primeiro projeto de restauro pela Fundacine, via Lei Rouanet, com verbas da Petrobras, complementadas depois pelo BNDES e Ministério da Cultura.

 

A nova sala, com 160 lugares, está sendo gerida pela Coordenação de Cinema, Vídeo e Foto da SMC (Marcus Mello), com uma programação alternativa e de qualidade. Por enquanto, a projeção é apenas em 35 mm, com projetores doados pelo GNC Cinemas. A perspectiva é de implantação da projeção digital em alta definição até o final do ano.

 

 

HISTÓRIAS CURTAS

 

Dia 19 de março aconteceu a premiação da 14ª temporada do "Histórias Curtas", da RBS TV. "Provinciano", dirigido por Bruno Carvalho, ganhou os prêmios de melhor filme no júri popular e no júri oficial, fazendo jus a uma câmara Sony NEX-FS700. Boca Migotto foi premiado com a melhor direção, pelo documentário "Pra ficar na história, Vila Fitarelli". A APTC esteve presente na cerimônia, desejando longa vida para o "Histórias curtas".

 

 


--
Att,

Comunicação APTC-RS
Associação Profissional de Técnicos Cinematográficos do Rio Grande do Sul
Barão de Teffé, 252 - Menino Deus, Porto Alegre - RS