Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

7 de abril de 2015

Reunião vai avaliar Carnaval de Rua e preparar o de 2016

Foto: Joel Vargas/PMPA
Mais de 300 mil pessoas participaram da programação Mais de 300 mil pessoas participaram da programação
Foto: Rodrigo Kandrik/Divulgação PMPA
Orla do Guaíba registrou o maior público
Orla do Guaíba registrou o maior público
Os acertos e os pontos que devem ser melhorados no Carnaval de Rua de Porto Alegre serão discutidos em reunião no próximo dia 16 de abril, a partir das 19h. O encontro ocorrerá no salão da Igreja Sagrada Família (rua José do Patrocínio, 954) e contará com a presença de representantes da Prefeitura, do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul, da Brigada Militar, dos blocos, dos comerciantes e dos moradores dos locais onde ocorreram os desfiles.
Em 2015, o Carnaval de Rua atraiu mais de 300 mil foliões. Ao todo foram 14 dias de festa, animados por 21 blocos. A Orla do Guaíba registrou o maior público: 35 mil pessoas compareceram à evolução do Bloco Império da Lã, em 2 de fevereiro. Foi também na orla que se verificou o fim de semana mais movimentado da programação. Mais de 42 mil foliões ocuparam a avenida Beira-rio em 21 e 22 de fevereiro, ao som dos blocos Filhos do Cumpadi Washington, Da Trinca e Kiridão. “O Carnaval da orla foi uma experiência muito bem-sucedida”, destacou Leonardo Maricato, coordenador-geral do Carnaval de Rua de Porto Alegre. Além da orla, desfiles ocorreram no Centro Histórico e na Cidade Baixa.
A prefeitura estuda concentrar mais desfiles na orla, considerada o local ideal pela Brigada Militar para esse tipo de evento. A redução do número de dias de desfiles também será analisada. Para o vice-prefeito Sebastião Melo - designado pelo prefeito José Fortunati para coordenar o grupo responsável pela organização e fiscalização do carnaval de rua – a pauta da reunião deve unir o interesse dos foliões com o dos moradores: “A alegria de um grupo não pode se transformar em tormento para outro.”
Números do Carnaval de Rua 2015
- 21 blocos de rua
- 14 dias de desfiles e apresentações
- 301.500 foliões
- 197 mil na Cidade Baixa – 13 eventos em dez dias
- 89,5 mil na Orla do Guaíba – 6 eventos em 5 dias
- 15 mil no Centro – 3 eventos em 3 dias
- Zero ocorrência policial durante os desfiles
 Maior público
- Orla do Guaíba: 35 mil foliões / Bloco Império da Lã (2 de fevereiro)
Fim de semana com maior público
- Orla do Guaíba: 42 mil foliões / Blocos Filhos do Cumpadi Washington, Da Trinca e Kiridão (21 e 22 de fevereiro)
Infraestrutura do Carnaval de Rua
- 780 banheiros químicos
- Posto de informações aos foliões e aos moradores
- Base de apoio aos cerca de 100 servidores municipais que trabalharam em cada dia
- 2 bases fixas do Projeto Coração no Ritmo Certo (SMS)
- 2 equipes volantes do Projeto Coração no Ritmo Certo (SMS)
- Ônibus de Comando Móvel da Brigada Militar
- Plataforma de Observação Elevada (POE) – Brigada Militar
- Delegacia Móvel de Polícia Civil
- Base da EPTC
- Ambulância
- Equipe do Grupo Austral (responsável pela produção do evento) responsável pela produção do evento)
- Caminhão-pipa (100 mil litros água foram usados para lavar as ruas onde ocorreram os desfiles na Cidade Baixa


/carnaval /cultura
Texto de: Adriano Santana
Edição de: Jandira Davila Feijó
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.