Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

2 de abril de 2015

Velhos costumes, temos de respeita-los


 
A colheita da macela é uma tradição que se repete todos os anos no período da Quaresma: na madrugada da Sexta-feira Santa, antes do nascer do sol, as pessoas saem em busca da macela – erva que dá origem a um saboroso chá com propriedades medicinais - nos campos e às beiras das estradas.

Diz a lenda, que as propriedades curativas da macela somente fazem efeito se a planta for colhida na "Sexta-feira Santa" antes do amanhecer. A erva de nome científico Achyrocline satureioides é nativa da flora brasileira também conhecida por macela-do-campo, macelinha, carrapichinho-de-agulha, camomila nacional etc. Popularmente, em algumas regiões, é incorretamente chamada de “marcela”.
É um arbusto perene que atinge cerca de um metro de altura e que na região sul costuma florescer no mês de março. As flores são amarelas, com cerca de um centímetro de diâmetro, florescendo em pequenos cachos. As folhas são finas e de cor verde-claro, meio acinzentada, que se destaca do restante da vegetação do campo. (Fonte: Wikipedia