Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

18 de setembro de 2016

DEZ MOTIVOS PARA COMEMORAR A GUERRA DOS FARRAPOS.

autoria: LEO RIBEIRO DE SOUZA
Sobre o porque de comemorar "uma guerra que perdemos" (segundo alguns historiadores ressentidos), eu respondo:
1° - Comemoro a insubmissão de um povo a uma Monarquia, chamando a atenção da Corte para uma Província esquecida e explorada nos confins da república.
2º - Comemoro a bravura de quem, com menos homens, armas e cavalos, mas sobrando valentia, enfrentou por dez anos o Império deixando marcos históricos como a Batalha do Seival, a Tavessia dos Lanchões de Garibaldi e a Fuga de Bento Gonçalves.
3º - Comemoro o surgimento nesta terra de heróis como o General Antônio de Souza Netto, Coronel Teixeira Nunes e da 1ª Brigada de Cavalaria dos Lanceiros Negros.
4º - Comemoro o fato de, apesar dos esparsos recursos probatórios, não nos acomodarmos com as definições e rebuscarmos a veracidade histórica de passagens como a Batalha dos Porongos.
5 - Comemoro porque a "guerra que perdemos" nos deu uma identidade própria, diferenciada, no Sul do Brasil.
6º - Comemoro poder cantar, como em nenhum outro Estado brasileiro, o Hino da minha terra, e ver fulgurar em milhares de eventos o pavilhão tricolor surgido naquele decênio heroico.
7° - Comemoro porque essa epopeia foi um dos motivos para o surgimento de um movimento cultural que fez avivar nosso folclore através da musicalidade, das danças, dos cinemas, dos rodeios, expandindo-se para o resto do mundo, aonde houver um gaúcho.
8º - Comemoro o orgulho que ainda resta, apesar da violência, da pobreza educacional, enfim, da falência monetária desta outrora pujante Província de São Pedro.
9 º - Comemoro porque, graças a "petulância" dos Farroupilhas, a cada mês de setembro eu posso rever meus amigos de causa e tradição.
10° - Comemoro para saborear o desgosto dos escritores "rio-grandenses" (e seus asseclas) que se indignam com a minha comemoração.
www.blogdoleoribeiro.blogspot.com
"um chasqueiro virtual da cultura gaúcha"