Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

23 de novembro de 2016

OP: Região Ilhas elege chapa única

Foto: Joel Vargas/PMPA

Pavimentação foi escolhida como prioridade de investimentos Pavimentação foi escolhida como prioridade de investimentos
Foto: Joel Vargas/PMPA
Participantes elegeram chapa de consenso para integrar o Conselho do OP
Participantes elegeram chapa de consenso para integrar o Conselho do OP

A Assembleia Regional da Região Ilhas ocorreu na noite dessa terça-feira, 22, na Colônia dos Pescadores Z-5, na Ilha da Pintada. No encontro da Rodada Única de Assembleias Regionais e Temáticas do Orçamento Participativo 2016-2017, os participantes elegeram chapa de consenso para representá-los no Conselho do OP. Foram eleitos por aclamação para 1º titular Anecyr Domigues e, para 2ª titular, Liane Antonia Farias. Ismael Franco e Elizabete Meine são os suplentes
 
A comunidade da região apresentou as ações realizadas ao longo do ano em parceria com o Centro Administrativo Regional Ilhas. Após, nas manifestações dos inscritos, houve questionamentos a respeito de atuação das secretarias municipais, bem como a execução de demandas do OP. A reivindicação quase unânime foi para que as obras da Ponte Mauá sejam realizadas.
 
O titular da Secretaria de Obras e Viação (Smov), Rafael Fleck, informou que os postes para a execução do alicerce da ponte já se encontram na secretaria. “A chegada dos pranchões é aguardada para esta semana. Esperamos retomar a execução das obras já na semana que vem”, disse.
 
Outra questão foi a saída de um médico da UBS, além da falta de medicamentos. O secretário da Saúde, Fernando Ritter, informou que resolverá a questão da saída do médico e que, se ele desejar renovar sua permanência, basta manifestar interesse junto ao Ministério da Saúde. Sobre a falta de medicamentos, Ritter destacou que há um esforço para minimizar a falta de recursos para a compra de medicamentos. “Essa matéria foi pauta de audiência pública que realizamos na Câmara Municipal”, disse.
 
A conselheira titular da atual gestão da região, Nazareth da Silveira Nunes, comentou a atuação da prefeitura por ocasião das fortes chuvas do final de janeiro deste ano, que afetaram as ilhas. “O vice-prefeito Sebastião Melo olhou pela ilha nas enchentes e em outras áreas. Coordenados por ele, Defesa Civil, Guarda Municipal e outras secretarias foram fundamentais”.        
              
“Sinto-me à vontade nesta região. Nunca deixei de participar das assembleias do OP. E o que desejo é que façamos uma transição de alto nível, pois a cidade está acima das eleições. Quero ressaltar a forma de administrar que tem essa região: comunitariamente”, disse o vice-prefeito.

Prioridades eleitas – Os participantes elegeram pavimentação como prioridade de investimentos, seguida de cultura, saúde e esporte e lazer.
 
Novidade nas regionais – Os conselheiros do OP votaram uma alteração no Regimento Interno. A partir deste ciclo, o cidadão que participar das assembleias regionais terá a prerrogativa de se cadastrar em todas as 17 assembleias regionais, porém poderá exercer seu direito de voto em apenas uma assembleia, a seu critério. Essa novidade foi informada nas assembleias temáticas, que tiveram início em 7 de novembro, para que todos fossem se familiarizando com a mudança. Foi possível aos participantes votar em todas as assembleias temáticas.  
 
Nesta quarta-feira, 23, ocorrerá a plenária da Região Cristal, na Escola Municipal Professor Eliseu Paglioli (rua Butuí, 221 – Bairro Cristal).
 
 


/orcamento_participativo

Texto de: Indaiá Dillenburg
Edição de: Andrea Brasil
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.