Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

3 de julho de 2014

Acampamento Farroupilha realiza Festival de Trovas

Foto: Luciano Medina/Divulgação PMPA
Organizadores do festival, José Estivalet e Albeni Carmo de Oliveira
Organizadores do festival, José Estivalet e Albeni Carmo de Oliveira
Neste final de semana, dias 5 e 6 de julho, o Acampamento Farroupilha Extraordinário da Copa realizará o Festival de Trovas Gaúchas. Sempre em duplas que competem entre si, os concorrentes adultos estarão divididos em três modalidades: trova campeira, trova estilo Gildo de Freitas (considerado o maior repentista gaúcho, já falecido), em que a trova é cantada no ritmo do uma música de sua autoria, e trova do martelo, quando um trovador fecha o verso do outro.

Acompanhadas de uma gaita, serão realizadas ainda as premiações Potrilhos, em duas modalidades: para crianças entre 8 e 12 anos e meninos e meninas entre 12 e 16 anos. E também a premiação Tordilhos para quem tiver mais de 60 anos.
 
Para os adultos, tanto os temas (mais de cem opções) que os candidatos devem cantar em seus versos e as duplas as serem formadas serão sorteados na hora. As crianças e idosos não terão tema determinado. Os vencedores das três modalidades de adultos concorrem, por último, ao Prêmio Campeão dos Campeões e receberá troféu e premiação no valor de R$ 2 mil.
 
O trovador e poeta José Estivalet de Oliveira, organizador do evento, diz que para ser um bom trovador é preciso ter o dom da musicalidade, saber improvisar, ter muita criatividade e conhecimentos especialmente sobre a história, as tradições e o folclore do Rio Grande do Sul.
 
Autor de dois livros e dois CDs sobre trovas, ele conta ainda que a trova iniciou na França, mas passou a ser a base da musicologia universal, já que todos os países possuem a sua forma de improviso. Diz ainda que o primeiro trovador gaúcho data do século XIX.
 
No sábado, as provas começam às 14 horas e terminam às 21h com o show do músico tradicionalista Ademar Silva. No domingo, recomeça às 10h e encerra-se às 18h, quando haverá a entrega das premiações. A comissão julgadora é formada por dois trovadores e um pesquisador de história. O trovador e poeta Albeni Carmo de Oliveria, que participará do festival diz que "o improviso torna o desafio e a poesia ainda mais fascinante".   
 
Trova - A trova é um poema declamado, que resulta da melodia conseguida pelas rimas e pelo emprego harmonioso das vogais e consoantes e a expressão gramatical e poética. É preciso fazer caber nos versos uma ideia completa, com rima e métrica adequadas.
 
 
 


/acampamento_farroupilha
Texto de: Catarina Gomes
Edição de: Andrea Brasil
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.