Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

1 de julho de 2014

Índios mostram sua cultura no Acampamento Farroupilha

Três famílias de índios caigangues estão mostrando um pouco da sua cultura no Acampamento Farroupilha Extraordinário da Copa. Acampados no Parque Maurício Sirotsky Sobrinho desde o dia 12 de junho, os índios estão expondo ao lado da barraca onde dormem e fazem suas refeições, peças de artesanato por eles confeccionadas. São arcos e flexas, cestos, chapéus, colares e pequenas miniaturas de animais feitos em palha, taquara ou madeira macia que podem ser adquiridos pelos visitantes.
 
As famílias vieram da Aldeia Serrinha, da reserva de Nonoai, no planalto gaúcho. Lá, vivem cerca de quatro mil famílias de índios, segundo o responsável pelo grupo aqui em Porto Alegre, Zílio Salvador, de 62 anos. Ele conta que o artesanato complementa a renda dos índios que sobrevive do trabalho na lavoura. A maioria das família planta feijão, milho, batata doce, verdures e melancia. Além disso, criam galinhas e porcos e também pescam.
 
Casado e com quatro filhos, o homem conta que todos foram batizados na Igreja Católica, mas não deixaram de realizar o ritual da cultura indígina em que os pequenos são batizados com chá de ervas. Ele assegura que embora a maneira de viver dos índios venha se assemelhando com a do homem branco, as tradições e culturas são preservadas. "Somos unidos", argumenta o índio Zílio. "Quando alguém de nossa aldeia vai fazer uma casa, todos ajudam a construir", assegura, acrescentando que existe solidariedade entre eles. Do Acampamento Farropupilha o grupo segue para Gramado, onde espera incrementar as vendas de artesanato para os turistas, já que a chuva em Porto Alegre frustou as expectativas de vendas na Capital.
 
Caigangues - Os índios caingangues estão entre os cinco povos indígenas mais numerosos no Brasil atualmente. Eles vivem em cerca de 30 áreas diferentes, a maioria delas demarcadas no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e São Paulo. A estimativa é de uma população de 30 mil caigangues no Brasil.  
 


/acampamento_farroupilha /copa_2014
Texto de: Catarina Gomes
Edição de: Manuel Petrik
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.