Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

27 de julho de 2014

Edital BNDES de Cinema 2014 abre inscrições

Via Cultura e Mercado:

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) abriu nesta sexta-feira (25/7) as inscrições para o Edital BNDES Cinema 2014. Um valor total de R$ 14 milhões será investido em 15 projetos de longas-metragens brasileiros independentes, sendo sete ficções, cinco documentários, duas animações e um projeto de finalização, de qualquer gênero.

O edital divide a categoria de ficção em dois grupos. No Grupo 1, serão selecionados dois projetos que priorizem o sucesso comercial. Cada um será premiado com R$ 1,5 milhão cada. Já no Grupo 2, o foco é em longas voltados ao reconhecimento artístico e técnico no mercado internacional. Neste grupo, cinco projetos farão jus a um aporte de R$ 1 milhão cada. Como novidade na edição deste ano, o edital estabelece a exigência de que ao menos um dos projetos selecionados no Grupo 2 seja de um diretor estreante em longas-metragens.

Na categoria Documentário, serão cinco os projetos vencedores, que contarão com investimentos de R$ 500 mil. O edital aposta também no bom momento da animação brasileira, aumentando o investimento no gênero: desta vez, dois projetos de animação serão contemplados com R$ 1,5 milhão, cada. Finalizando, a Comissão Examinadora selecionará ainda na categoria Finalização um longa-metragem em fase de pós-produção, que receberá R$ 500 mil para a conclusão da obra.

As inscrições ficam abertas até o dia 10 de setembro e os interessados devem indicar, no momento da inscrição, em qual categoria pretendem concorrer. Cada produtora pode apresentar até três propostas. O material recebido será avaliado por duas subcomissões: a de análise preliminar, formada por cinco técnicos do BNDES, ficará responsável por verificar a documentação e habilitação dos projetos;  e a de análise técnica, composta por três servidores do BNDES, um representante da Ancine e cinco especialistas do setor audiovisual, fará o julgamento sob critérios técnicos.

Clique aqui para acessar o edital.

*Com informações do site da Ancine