Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

7 de maio de 2013

Biblioteca deverá ser instalada na Região Ilhas


Crianças e adolescentes da Região Ilhas deverão ser beneficiadas com a instalação de biblioteca especializada para aqueles públicos. O primeiro passo para será dado nesta quarta-feira, 8, em reunião com a participação de representantes do Centro Administrativo Regional (CAR) Ilhas, da Rede de Proteção da Criança e Adolescente, das secretarias de Governança Local e de Cultura e da Organização Não Governamental (ONG) Cirandar. A ONG Cirandar é parceira da prefeitura na instalação e manutenção da biblioteca infanto-juvenil existente no Residencial Nova Chocolatão. No encontro, serão examinados os possíveis locais de implantação da biblioteca.

De acordo com a agente de Governança Vânia Gonçalves de Souza, o projeto de biblioteca da Região Ilhas deverá ser similar ao do espaço da Nova Chocolatão, existente desde a inauguração do reassentamento em 2011. Em março deste ano, a Biblioteca Nova Chocolatão recebeu o Selo Criança Esperança, da Rede Globo e Unesco, como projeto que promove cultura e integração. As atividades começaram em 2009 na antiga Chocolatão, ainda no Centro de Porto Alegre, onde foi realizada capacitação para mediação de leitura. Com a mudança para o Residencial Nova Chocolatão, na Região Leste, o projeto foi mantido. O espaço se estabeleceu como uma referência em biblioteca comunitária, com leitura mediada, aulas de música e assistência social.

A Biblioteca da Nova Chocolatão dispõe de cerca de 2 mil títulos e circulação mensal de 500 livros pela comunidade, distribuídos entre empréstimos e consultas no próprio local. O espaço também promove encontros para contar histórias, com a participação de cerca de 800 moradores por mês. De acordo com Vânia, a biblioteca tem relação muito próxima com a associação de moradores e além de atuar para promover a leitura.


/governanca
Texto de: Poti Campos
Edição de: Caren Mello
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.