Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

19 de maio de 2013

Zé Caradípia e Chico Saratt abrem Sons da Cidade 2013

Foto: Divulgação/PMPA
Sons da Cidade 2013 abre com Zé Caradípia e Chico Saratt
Sons da Cidade 2013 abre com Zé Caradípia e Chico Saratt
Os cantores e compositores Zé Caradípia e Chico Saratt fazem a abertura do projeto Sons da Cidade 2013 nesta terça-feira, 21 de maio, às 20h, no Teatro de Câmara Túlio Piva (rua da República, 575). A entrada é um quilo de alimento não-perecível, e as senhas serão distribuídas a partir das 19h. A realização é da Coordenação de Música da Secretaria Municipal da Cultura 25 anos, e a curadoria é do jornalista e radialista Paulo Moreira.

José Luiz Fernandes, ou Zé Caradípia, nasceu em Canoas e iniciou sua carreira musical em 1976, integrando o grupo Cordas & Rimas. No ano de 1982, a cantora Zizi Possi gravou uma composição de Caradípia chamada “Asa Morena” e transformou a canção num sucesso nacional, considerada uma das 100 mais importantes músicas da MPB. Seu primeiro disco foi gravado em 1995 e se chama “Onda Forte”. Em 2001, lançou “Retina da Alma”. Dois anos depois, foi a vez de “Pintando Falas”, que recebeu o Prêmio Açorianos de Música na categoria compositor de MPB. E, em 2009, foi lançado o DVD “Armadilha Zen”.

O samborjense Chico Saratt começou a tocar violão aos nove anos de idade. Aos quatorze, se apresentou pela primeira vez em público. Em 1984, muda-se para Porto Alegre e inicia parceria com o escritor e compositor Mauro Moraes. Grava o primeiro disco em 1988, chamado “Chico Saratt”. Passa uma temporada na Europa e, três anos depois, faz o segundo disco. Em 1991, grava “A Música dos Festivais”, em parceria com o poeta Rodrigo Bauer. Seu quarto disco, “Do Sul do Brasil”, é de 1997. Foi condecorado, em 2006, com Prêmio Lupicínio Rodrigues pela Câmara Municipal de Porto Alegre e dirigiu o Estúdio do Instituto Gaúcho de Tradições e Folclore (IGTF) e o Auditório Araújo Vianna.

Em 2012, lançou seu mais recente trabalho, o CD “Capital”, pelo qual concorre ao Açorianos na categoria “intérprete de MPB”.

SONS DA CIDADEZÉ CARADÍPIA / CHICO SARATT
TEATRO DE CÂMARA TÚLIO PIVA - 21 de maio de 2013 – 20h
ENTRADA FRANCA


/cultura /musica
Edição de: Álvaro Luiz Oliveira Teixeira
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.