Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

29 de maio de 2013

Sossego, Cultura e Turismo são temas de audiência pública

Foto: Ocimar Pereira/Divulgação PMPA
Discussões sobre o Código de Convivência envolveram cerca de 140 pessoas
Discussões sobre o Código de Convivência envolveram cerca de 140 pessoas
Com mais de 140 participantes, foi realizada na noite desta segunda-feira, 28, a segunda Audiência Pública do Código de Convivência Urbana. Cidadãos e entidades representativas abordaram os temas relativos ao Sossego, Cultura e Turismo de Porto Alegre das 19h às 22h na Câmara de Vereadores.
 
A apresentação do movimento “Ipanema: Eu moro, Eu cuido.” deram início ao debate sobre ações de melhoria e cuidado com bairro da zona Sul, em conjunto com a prefeitura e a Brigada Militar. A procuradora do município, Andrea Vizotto, participou das discussões definindo o conceito de sossego de público e privado. A relação e convivência entre as manifestações religiosas e comunidades também pautou o debate.  Os participantes discutiram ainda a existência de um conjunto de temas que merecem uma discussão separada. 
 
A participação dos coletivos urbanos foi mais uma vez atuante na discussão do novo Código de Convivência.  O secretário de Turismo, Luiz Fernando Moraes, fez uma explanação sobre os projetos de desenvolvimento do Turismo na cidade e abriu o debate ao plenário. 
 
No sábado, 1º de junho, os ativistas do portoalgre.cc estarão promovendo a segunda edição do Redenção Iluminada que faz parte das ações de conscientização quanto ao processo de elaboração do novo Código de Posturas. O evento terá início às 19h.
 
Entre os participantes da audiência pública estiveram o Sindicato dos Bares Hotéis e Restaurantes de Porto Alegre, Movimento Reflorestas, Conselho Municipal de Cultura, Cientec, Secretaria dos Direitos Humanos do RS, Crea, OAB, PUC e entidades africanistas, além dos vereadores Cássio Trogildo, Waldir Canal, Reginaldo Pujol e delegados e conselheiros do Orçamento Participativo.


/codigo_urbano
Texto de: Ocimar Pereira
Edição de: Caren Mello
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.