Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

27 de maio de 2013

Causos Literários: Curiosidades


Machado de Assis
  • Em mais um post da nova sessão da CLL, Causos Literários, trazemos algumas curiosidades que envolvem literatura. Confere aí dados que vão do bizarro ao interessante.

    • A Academia Brasileira de Letras foi fundada em 20 de julho de 1897, e é composta por 40 membros efetivos e perpétuos, eleitos em votação secreta e 20 sócios correspondentes estrangeiros. Seu primeiro presidente foi Machado de Assis. A primeira mulher admitida foi Rachel de Queiroz, em 1977. Esta instituição foi a primeira academia do mundo a eleger uma mulher para a Presidência (Nélida Pinõn, em 1995).
  • O primeiro acidente de automóvel no Brasil foi causado pelo poeta Olavo Bilac. Ele bateu numa árvore em 1897.
Carlos Drummond de Andrade
  • Carlos Drummond de Andrade foi expulso do Colégio Anchieta, após um desentendimento com o professor de português, que alegou “insubordinação mental”.


    • Jorge Amado teve seus livros publicados em 52 países e traduzidos para 48 idiomas. Em uma ocasião, o escritor somente autorizaria a adaptação de seu romance “Gabriela” para a Televisão, desde que o papel principal fosse dado a Sônia Braga. Quando foi indagado pelo motivo, o escritor respondeu: O motivo é simples: nós somos amantes. (Até então, eles nem se conheciam).


    • Clarice Lispector tinha uma personalidade extremamente objetiva. Costumava dizer que escrevia simples, sem enfeitar. Também era comum sair de jantares, antes de a comida ser servida.


    • Cecília Meireles
      Cecília Meireles tinha um grande desejo de conhecer Fernando Pessoa, de quem havia se tornado admiradora. Em uma de suas viagens a Portugal, conseguiu marcar um encontro com o poeta no café “A Brasileira”, ao meio dia. Cecília esperou em vão por duas horas. Quando retornou ao hotel, recebeu um livro autografado e a explicação: Fernando Pessoa tinha lido seu horóscopo e aquele não era um bom dia para o encontro.


    • Virginia Woolf, Goethe e Hemingway tinham o hábito de escrever em pé.


    Nelson Rodrigues
    • José Lins do Rego era fanático por futebol. Chegou a ocupar um cargo na diretoria do Flamengo, no Rio de Janeiro. Nelson Rodrigues, outro fanático por futebol, afirmou uma vez que “O videoteipe é burro”, quando ficou provado pênalti contra o seu Fluminense.


    • Manuel Bandeira sempre relatou um encontro fictício com Machado de Assis, aos dez anos, em que recitou uma parte do poema “Os Lusíadas” que o mestre não lembrava. Anos mais tarde, confessou que havia inventado a polêmica, somente para se destacar.


    • O antropólogo Lévi-Strauss costumava ter ciúmes de Mário de Andrade, que era muito amigo de sua mulher, Dina. Só depois da morte do poeta, se descobriu que ele era homossexual.

      Lévi-Strauss

    • O primeiro romance do mundo foi escrito em 1007 por uma mulher, Murasaki Shibiku, "A história de Genji", conta a história de um príncipe que procura amor e sabedoria.


    • 23 de abril, dia de São Jorge, é comemorado o dia mundial do Livro, por iniciativa da UNESCO. A data foi escolhida em razão de uma tradição catalã, onde os cavaleiros oferecem uma rosa vermelha de São Jorge às suas damas, e recebem um livro delas.