Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

11 de maio de 2013

Governança: instalado o Comitê Gestor da Lomba

Foto: IND
Entre as finalidades estão planejar, articular e monitorar ações de governo Entre as finalidades estão planejar, articular e monitorar ações de governo
Foto: Indaiá Dillenburg/Divulgação PMPA
Outro propósito é zelar pela qualificação e bom atendimento dos serviços
Outro propósito é zelar pela qualificação e bom atendimento dos serviços
Foi instalado na tarde de sexta-feira, 10, o Comitê Gestor do Território da Lomba do Pinheiro. Previsto para acontecer nas 17 regiões do Orçamento Participativo (OP), o CGT foi instituído através de decreto, em março último, e deve ser constituído por representantes de todos os órgãos do governo com atuação nas regiões.
 
De acordo com o decreto, as finalidades do comitê são planejar, articular e monitorar ações de governo; zelar pela qualificação e bom atendimento de serviços públicos ao cidadão; monitorar a execução de demandas e prioridades do OP; fomentar parceria de governança solidária local e a criação de redes de sustentabilidade; e promover o desenvolvimento sustentável e a melhoria da qualidade de vida e de convivência na região.
 
O secretário municipal de Governança Local, Cezar Busatto, instalou o Comitê da Lomba destacando o papel que isso representa em cada uma das regiões da cidade. “O propósito é fazer o governo municipal trabalhar o território de maneira integrada, melhorando o atendimento ao cidadão”, disse. Ele enfatizou que as características das regiões são diferentes, o que deve ser levado em consideração.
 
Busatto afirmou ainda que, da mesma forma como foi deliberado na reunião preparatória de instalação do Comitê Gestor do Território da Região Cruzeiro, realizada no início da tarde, é importante que sejam observados alguns tópicos para o bom andamento dos trabalhos. Ficou acertado que cada secretaria e órgão municipais deve  apresentar sua atuação na região, seus planos futuros, de que forma podem se integrar, além de observar o andamento tanto dos serviços via 156 como das demandas do OP.
 
Busatto destacou a diferença entre o Comitê Gestor do Território e o Fórum de Cogestão em Serviços. Enquanto o primeiro é um instrumento de governo, podendo, quando necessário, convidar outros atores a participar, como os conselheiros do OP, entre outros, o segundo é a forma de integração com a comunidade, que o comanda.
 
Segurança - Representantes do RS na Paz foram convidados pelo coordenador do CAR Lomba, Rodrigo Arnold, para participar da instalação do Comitê Gestor. Busatto destacou a importância dessa integração. “Uma vez que não temos a estrutura das polícias sob a responsabilidade do município, a integração é decisiva”, comentou.
 
 
 


/governanca
Texto de: Indaiá Dillenburg
Edição de: Vanessa Oppelt Conte
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.