Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

3 de fevereiro de 2015

Desfile de carnaval na orla do Guaíba teve avaliação positiva

Foto: Joel Vargas/PMPA
Estreia do carnaval na orla atraiu 35 mil foliões
Estreia do carnaval na orla atraiu 35 mil foliões
O desfile de estreia da orla do Guaíba no circuito dos blocos, realizado segunda-feira, 3, foi considerado exitoso pelo grupo de trabalho formado para coordenar e fiscalizar o Carnaval de Rua de Porto Alegre. “O local foi aprovado por 35 mil foliões, que prestigiaram o bloco Império da Lã”, disse o coordenador da equipe, Leonardo Maricato, da Secretaria Municipal da Cultura (SMC). “É mais uma opção para a cidade”, acrescentou.

Representantes de associações de moradores também elogiaram a dispersão. “Foi o melhor carnaval que já tivemos”, afirmou Alexandre Guerra, da Associação dos Amigos da Cidade Baixa. “Não faltou espaço para o público, e a dispersão ocorreu naturalmente”, completou. "O desfile do Império da Lã foi perfeito, por causa do espaço que a orla oferece", destacou o músico João Carlos Martins. “Poderiam ser 50 mil pessoas que ainda assim seria perfeito, por ter espaço para todo mundo.”
Para o gerente de Operações da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Paulo Gomercindo Machado, a passarela da orla poderia ser usada para a dispersão de desfiles iniciados na Cidade Baixa a partir de 2016. “A área do Anfiteatro Pôr-do-Sol tem condições de reunir a dispersão de dois ou três blocos, em uma grande apoteose, sem causar transtornos ao trânsito e aos moradores da Cidade Baixa”, comentou.
As observações foram feitas em reunião ocorrida na tarde desta terça-feira, 3, no auditório da Secretaria Municipal de Turismo (SMTUR). O objetivo dos encontros é avaliar e aprimorar os serviços colocados à disposição dos foliões e dos moradores. Além da apresentação de Império da Lã, também foram analisadas as evoluções de Maria do Bairro e Do Jeito que Tá Vai, que se apresentaram no sábado, 31 de janeiro.
Para o vice-prefeito, Sebastião Melo, o sucesso do Carnaval de Rua deve-se ao comprometimento de todos os envolvidos. “Com essa parceria entre moradores, Ministério Público Estadual do Rio do Grande do Sul, Brigada Militar, Polícia Civil e Prefeitura de Porto Alegre, a cidade está construindo uma cultura e adquirindo experiência para organizar eventos que atraem multidões”, disse Melo. 
Representantes da prefeitura e do Grupo Austral, responsável pela produção dos eventos, se comprometeram a rever a localização dos banheiros químicos ao longo do trajeto dos desfiles. O telefone de contato para sugestões e reclamações sobre o Carnaval de Rua de Porto Alegre também terá a operação alterada. Nos dias de desfiles, uma equipe vai operar o canal de comunicação com a comunidade dentro do Centro Integrado de Comando da Cidade de Porto Alegre (Ceic).

Leia também:

35 mil foliões no Carnaval de Rua na orla do Guaíba