Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

11 de fevereiro de 2015

Unidos de Vila Isabel homenageia 450 anos do Rio de Janeiro

Foto: Anselmo Cunha/PMPA
Escola deverá levar para o sambódromo cerca de 1,5 mil componentes
Escola deverá levar para o sambódromo cerca de 1,5 mil componentes
Foto: Evandro Oliveira/PMPA
Enredo celebra a Cidade Maravilhosa, apresentando suas belezas e história
Enredo celebra a Cidade Maravilhosa, apresentando suas belezas e história
 Nesta semana, o portal da prefeitura apresenta em duas publicações diárias os enredos das dez escolas do Grupo Especial do Carnaval de Porto Alegre. Os textos, publicados desde a segunda-feira, 9, respeitam a ordem definida para os desfiles no Complexo Cultural do Porto Seco, nas noites de sexta-feira, 13, e no sábado.  

Primeira escola de samba a desfilar no sábado, 14, a Unidos de Vila Isabel homenageará os 450 anos do Rio de Janeiro no Carnaval de Porto Alegre. O enredo “De São Sebastião... Cidade Maravilhosa: Rio, 450 anos de história!”, do carnavalesco Sandro Rauly, irá celebrar a cidade, apresentando suas belezas, contando a sua história e mostrando o jeito carioca de ser.
 
A Unidos irá retratar a chegada dos portugueses e dos franceses ao Rio e a evolução da cidade, aspectos do povo carioca e da cidade em si. Também irá mostrar a Cidade Maravilhosa como fonte de inspiração para músicas, filmes, novelas, as belezas de suas praias, o amor dos cariocas pelo futebol e o espetáculo do Carnaval conhecido em todo o mundo.
 
A escola de Viamão deverá levar para o sambódromo cerca de 1,5 mil componentes, quatro carros alegóricos, três tripés e 17 alas. A rainha do Carnaval 2015, Rochelle da Silva Lino, é representante da Unidos de Vila Isabel. 
 
A Escola – A Unidos de Vila Isabel foi fundada em 7 de abril de 1979. Até 1982, a entidade participava do desfile em Porto Alegre como uma banda. É a entidade fora da Capital que mais vezes participou da categoria especial, embora nunca tenha sido campeã da mesma. Oriunda da Vila Isabel, em Viamão, tem seu símbolo caracterizado por uma pomba; suas cores são o azul escuro, amarelo a branco. Seu atual presidente é Cléber Tavares.
UNIDOS DE VILA ISABEL
Samba-enredo 2015 – “De São Sebastião... Cidade Maravilhosa... Rio 450 anos de história”
Compositores – Vinícius Souza, Marcelo Trindade e Gabriel Trindade
Intérprete – Anderson Luiz
Integrantes – Cerca de 1,5 mil
Carros alegóricos – 4 e 3 tripés
Alas – 17
  
Letra
Meu coração é de Vila Isabel,
família vem mostrar o seu amor
ao Rio, cidade maravilhosa,
nos braços de um redentor
 
Baía de Guanabara
Portal de um novo mundo e lindos sonhos
Riquezas da coroa imperial
despertam a cobiça francesa
na aliança com os primitivos
Nascia a disputa pela terra
Estácio, com a proteção de São Sebastião
Chega em solo “akari oca”, dando início a colonização
Família real traz consigo a prosperidade
Riquezas naturais pra eternidade
Nas telas de Debret
 
Aplausos para o Rio de Janeiro
Reduto de poetas geniais
Morada do samba e da boemia
Beleza sem igual, linda Paris tropical!
 
Nos morros, favelas, a luta de um povo
Histórica arquitetura
Me falta o ar, contemplar o mar, o Pão de Açúcar ao luar
Patrimônio da humanidade, recanto de felicidade
No maraca eu vou, meu coração vai vibrar
Eu vou, na apoteose minha escola a desfilar
De um lindo sonho não desejo acordar
É carnaval, eu quero paz
Tu és cartão postal deste país
Meu rio! Jogos olímpicos a festa vem aí
Copacabana tem fogos pra te encantar
No réveillon, vamos comemorar!
 Acesse o site do Carnaval de Porto Alegre clicando aqui.

Leia também:
- Estado Maior da Restinga levará história de Torres para a avenida

- Acadêmicos de Gravataí canta a transformação do mundo

- Juventude do Brasil inspira enredo da União da Vila do IAPI

- Copacabana faz homenagem a Belém do Pará no Porto Seco
Bambas da Orgia encerra primeira noite com homenagem à Bahia

/carnaval
Texto de: Isabel Lermen
Edição de: Manuel Petrik
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.