Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

18 de fevereiro de 2015

Imperadores do Samba conquista o bicampeonato

Foto: Luciano Lanes / PMPA
Escola levou 1,9 mil integrantes, quatro carros alegóricos e um tripé
Escola levou 1,9 mil integrantes, quatro carros alegóricos e um tripé
Foto: Luciano Lanes / PMPA
Enredo destacou os elementos opostos, polaridades e rivalidades
Enredo destacou os elementos opostos, polaridades e rivalidades
Após uma disputa acirrada, Imperadores do Samba sagrou-se bicampeã no Carnaval 2015 de Porto Alegre. A escola, que levou para a avenida os elementos opostos, polaridades e rivalidades, conquistou 239,9 pontos, vencendo por três décimos a Embaixadores do Ritmo, que ficou em segundo lugar com 239,6 pontos, e a Bambas da Orgia, que totalizou 239,5 pontos. A escola Copacabana foi a última classificada no Grupo Especial, sendo rebaixada para o Grupo Intermediário A.
O prefeito José Fortunati acompanhou a apuração das notas das escolas de samba no Complexo Cultural Porto Seco, na terça-feira, 17. “Foi um evento muito bonito em todas as noites. O Carnaval da cidade vem ganhando força a cada ano. As escolas se empenharam, mostraram sua garra e competência e a cidade está de parabéns com essa belíssima manifestação cultural”, ressaltou o prefeito.
Além da grande campeã, foram conhecidos os demais resultados do Carnaval 2015. A campeã do Intermediário A foi a escola Unidos do Capão, com 238,8 pontos, garantindo vaga no Grupo Especial em 2016. A Realeza foi a última colocada e vai para o Grupo de Acesso. No Grupo de Acesso, a vencedora foi a Unidos da Vila Mapa, com 237,9 pontos. Nas tribos, o primeiro lugar ficou com Os Comanches, com 229 pontos.
Terceira escola a desfilar no Complexo Cultural do Porto Seco, na madrugada de domingo, a Imperadores retratou o homem e mulher, sagrado e profano, leve e pesado, dia e noite, bem e mal, passado e futuro, tragédia e comédia. O enredo “A Magia dos Opostos”, do carnavalesco Silvio de Oliveira, teve como destaque a homenagem da Imperadores à sua maior rival, a Bambas da Orgia.
A escola estava dividida em cinco setores: As Trevas e a Luz, A Água e o Fogo, A Razão e a Emoção, o Passado e o Futuro e Os Opostos Que se Atraem. Ao todo, foram 21 alas, quatro carros alegóricos e um tripé, com a participação de cerca de 1,9 mil integrantes. O presidente da escola, Rodrigo Costa, ressaltou a emoção que contagiou o desfile deste ano, destacando que o sucesso se deu pelo grande grupo de trabalho que a escola construiu.

A Escola – A Imperadores do Samba foi fundada em 19 de janeiro de 1959 na rua Joaquim Nabuco, no bairro Cidade Baixa. Suas cores são o vermelho e o branco e seu símbolo são dois leões africanos que guardam a coroa imperial. É a segunda escola com mais títulos do Carnaval do Grupo Especial da capital gaúcha. Foi campeã 17 vezes. Atualmente, é presidida por Rodrigo da Silva Costa.

Avaliação - Foram 32 avaliadores, sendo quatro para cada quesito. Entretanto, somente três notas são consideradas válidas. A mais baixa é descartada no momento da apuração. As dez agremiações que integram o Grupo Especial e se apresentaram sexta e sábado foram avaliadas durante os desfiles em oito quesitos: bateria, harmonia, samba-enredo, enredo, fantasia, evolução, alegorias, mestre-sala/porta-bandeira. A coordenação do júri foi pela terceira vez de Jorge Teixeira da Silva, o Jorginho Harmonia.

Confira os resultados:
Tribos:
1 Os Comanches
2 Guaianazes

Grupo de Acesso:
1 Unidos da Vila Mapa
2 Protegidos da Princesa Isabel
3 Acadêmicos da Orgia
4 União da Tinga
5 Escola de Samba da Glória
6 Fidalgos e Aristocratas (rebaixada)

Intermediário A: 
1 Unidos do Capão
2 Academia do Samba Puro
3 Praiana
4 Império do Sol
5 Guajuviras
6 Imp. Leopoldense
7 Realeza (rebaixada)

Grupo Especial: 
1 Imperadores do Samba
2 Embaixadores do Ritmo
3 Bambas da Orgia
4 Estado Maior da Restinga
5 Império da Zona Norte
6 Unidos da Vila do IAPI
7 Unidos da Vila Isabel
8 Imp. Dona Leopoldina
9 Acad. de Gravataí
10 Copacabana (rebaixada)