Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

2 de maio de 2013

Com 50 atrações de quatro países, Festival Palco Giratório começa nesta sexta com "Arte"


Evento acontece em diferentes endereços de Porto Alegre até o dia 28 de maio

via Zero Hora

Com 50 atrações de quatro países, Festival Palco Giratório começa nesta sexta com "Arte" Andre Wanderley/Divulgação
Marcelo Flores, Vladimir Brichta e Claudio Gabriel estrelam "Arte", em cartaz nesta sexta-feira Foto: Andre Wanderley / Divulgação
Fábio Prikladnicki
Com uma programação que reúne 50 espetáculos de grupos de quatro países, começa amanhã o 8º Festival Palco Giratório Sesc-POA. Atrações de teatro, dança e circo estarão em cartaz em diferentes espaços da Capital até 28 de maio. Um dos destaques será a peça Arte, de Yasmina Reza, que estreia nesta sexta.
Emílio de Mello, diretor de Arte: "Vejo o espetáculo como um grande quadro branco que vai se desenhando à medida que o conflito evolui"
Contemplando espetáculos de relevância no calendário nacional e apostando em algumas atrações internacionais, o Palco Giratório rivaliza em qualidade com o Porto Alegre Em Cena, que ocorre tradicionalmente em setembro com uma programação internacional de ponta.
Um dos destaques do fim de semana é Arte, montagem carioca de texto da francesa Yasmina Reza, com sessões amanhã, sábado e domingo, às 20h, no Teatro do Sesc. É a terceira incursão do diretor Emílio de Mello pelo universo da dramaturga. Antes, ele havia encenado O Homem Inesperado (2006), com Paulo Goulart e Nicette Bruno, que esteve no Estado em 2008 e em 2009. Depois, foi a vez de Deus da Carnificina (2010), que esteve no 19º Porto Alegre Em Cena em 2012.
Adaptação de livro, peças infantis e teatro de rua são outros destaques do 8º Festival Palco Giratório Sesc-POA
Na trama de Arte, Sérgio (Claudio Gabriel) compra um quadro branco por uma quantia considerável, instigando questionamentos dos amigos Marcos (Marcelo Flores) e Ivan (Vladimir Brichta). Logo, o assunto se torna um debate sobre amizade e relações humanas. Em sua obra, a dramaturga francesa procura desmascarar os impulsos mais primitivos que se escondem por trás das aparências socialmente aceitáveis.
– O Sérgio, que compra o quadro, está mais aberto para o novo. Isso tem a ver com as novas amizades que ele começa a fazer. Marcos critica a arte contemporânea e a atitude do amigo. A certa altura, descobrimos que se sente traído por ele, tem um sentimento de abandono. O diálogo com Sérgio é cruel e patético. Ivan, meu personagem, não tem uma opinião muito formada, não quer se comprometer. Ora concorda com um, ora com outro – explica Brichta.
Para o ator, Reza tem um olhar "corrosivo" sobre o ser humano:
– Ela acha que o ser humano evoluiu muito pouco da barbárie até hoje. O que mudou é que agora existe um verniz social que mantém as relações com certo nível de civilidade.
O festival terá outros destaques, como Ausência (11 e 12), com Luis Melo; Os Bárbaros – Extreme Fasion Show (dias 20 e 21), do grupo mexicano-americano La Pocha Nostra; O Patrão Cordial (20 e 21), da Cia. do Latão; e Um Nenhum Cem Mil (25 e 26), com Cacá Carvalho.
Os ingressos custam R$ 20, com desconto de 50% para estudantes, idosos, classe artística e empresários com cartão Sesc/Senac. Comerciários e dependentes com o cartão pagam R$ 5. Algumas atrações são gratuitas.
O Festival
O 8º Festival Palco Giratório Sesc-POA apresenta uma maratona de espetáculos de amanhã a 28 de maio, em diferentes espaços de Porto Alegre:
50 atrações entre teatro, dança e circo na programação
91 sessões ao público
48 grupos convidados
4 países participantes
Mais de 120 atividades culturais

SEGUNDO CADERNO