Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

22 de abril de 2013

Kaingangues e charruas reúnem-se para marcar Dia do Índio

Foto: Divulgação/PMPA
Apresentação do grupo de dança dos anfitriões foi um dos destaques da festa
Apresentação do grupo de dança dos anfitriões foi um dos destaques da festa
Dentro da programação da Semana Municipal dos Povos Indígenas, o Núcleo de Políticas Públicas para os Povos Indígenas (NPPPI) da Secretaria de Direitos Humanos, reuniu, no sábado, 20, na Aldeia Kaingang Tüpe Pën, mais de 200 indígenas. Com a presença de lideranças kaingang e charrua e representação de entidades parceiras, as atividades iniciaram pela manhã, às 10h, com os pronunciamentos acerca da luta e das demandas indígenas na cidade e no Estado e estenderam-se à noite com a realização de uma festa. As atividades marcam, anualmente, a passagem do Dia do Índio, comemorado em 19 de abril.
O secretário municipal de Direitos Humanos, Luciano Marcantônio, prestigiou o evento, falando sobre o envolvimento da pasta com a temática indígena. A secretária-adjunta de Povos Indígenas e Direitos Especificos, Karina Dávila, também acompanhou o evento e aproveitou para conhecer o atelier de cerâmica kaingang, onde são produzidas panelas pelas mulheres kaingang. O momento mais marcante foi a apresentação do grupo de dança kaingang da aldeia anfitriã. Conforme a coordenadora do NPPPI, Rosa Maris Rosado, a Semana Municipal dos Povos Indígenas é um período importante de visibilidade, voz e vez para aqueles que foram esquecidos no silêncio da memória. "Ouvir o que os indígenas têm a dizer, além de um compromisso legal, se reveste de uma possibilidade de reencantar o futuro da cidade", afirma.
No sábado, também aconteceu o Torneio Guarani de Futebol, no Greminho em Itapuã, com a presença de 12 aldeias Mbyá Guarani de Porto Alegre. Já no domingo, 21, aconteceram os jogos finais com premiações as equipes.
As atividades alusivas a Semana Municipal dos Povos Indígenas acontecem anualmente, em abril, quando os indígenas promovem suas festas tradicionais e se envolvem em formações pedagógicas nas escolas e em outras manifestações públicas, como seminários, palestras e apresentações artísticas.
As atividades prosseguem no dia 24, quando será realizada, às 10h, a abertura da exposição "Kyringüé" (que significa criança na língua Myá guarani) no Museu Joaquim José Felizardo (rua João Alfredo, 582 - Cidade Baixa). O olhar da Kyringüé expresso por meio de desenhos da aldeia e seu entorno traz a reflexões sobre a existência de distintas infâncias na cidade.


/indios
Edição de: Caren Mello
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.