Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

17 de abril de 2013

Verba para primeira parte da restauração da Casa de Cultura Mario Quintana é aprovada pela Lei Rouanet

via Zero Hora

Os R$ 4,2 milhões devem servir para reformar o telhado, a fachada e a infra-estrutura do prédio


Verba para primeira parte da restauração da Casa de Cultura Mario Quintana é aprovada pela Lei Rouanet Mateus Bruxel/Agencia RBS
Foto de 2011 mostra mau estado das obras na Casa de Cultura Mario Quintana Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS
Boa notícia para a Casa de Cultura Mario Quintana (CCMQ): os R$ 4,2 milhões relativos à primeira parte da completa restauração do espaço já foram aprovados na Lei Rouanet e devem ser repassados pelo governo federal nos próximos dias. – Quando o dinheiro chegar, começamos as obras – diz o diretor artístico e cultural da Secretaria de Estado da Cultura, Manoel Henrique Paulo, que acumula o cargo de diretor da CCMQ.
Orçada em R$ 8 milhões, a reforma será integralmente bancada pelo Banrisul por meio da lei federal de renúncia fiscal. Está dividida em duas fases. A primeira, que ficará restrita ao telhado, à fachada e à infra-estrutura do prédio, tem duração prevista de 18 meses. A segunda, de seis a oito meses.
– Acreditamos que o dinheiro para a fase final possa ser liberado até o fim deste ano – projeta Manoel Henrique Paulo.
Em sua metade final, que tem orçamento superior a R$ 3,7 milhões, o projeto de reforma prevê melhoras na acessibilidade e a revitalização dos ambientes internos, como galerias, teatros e salas de cinema.
As obras foram anunciadas ainda em 2011. Desde então, o projeto foi encaminhado para aprovação em âmbito federal – e a CCMQ ganhou os tapumes que até hoje ostenta na fachada, à espera do início efetivo do restauro.

SEGUNDO CADERNO