Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

19 de abril de 2013

NO DIA DO ÍNDIO AS IMAGENS DIZEM TUDO





Antes da Guerra Guaranítica onde lusos e espanhóis uniram-se para praticar uma das maiores covardias que se tem notícia na história da formação do Rio Grande, os índios viviam assim, como nesta gravura acima (tribo charrua). Livres a andejar pelos pastiçais. Caçando, pescando, cuidando do gado, numa harmonia entre terra e gente e num modelo de sociedade tão perfeita que até hoje não conseguimos chegar nem perto.

Nos tempos de agora, o que vemos são índios mendigando pelas esquinas, esquecidos, abandonados nos beirais das estradas, sob tetos de lona, numa pobreza de dar dó. Aonde estão nossas autoridades, políticos, tradicionalistas, enfim, nós brancos que expulsamos estes primitivos de seu próprio lar? Não podemos criticar os massacres norte-americanos aos seus nativos em seus festejados filmes de "mocinhos" sem antes vasculhar nossa memória e pedir penitência pelo que fizemos e continuamos fazendo.