Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

21 de setembro de 2014

Faltou verba mas sobrou criatividade no 20 de setembro


 
Prejudicado pelo cancelamento de grandes investidores dos festejos farroupilhas de Porto Alegre, a comissão organizadora cancelou o desfile temático e a construção dos carros usados pelos grupos que ensaiam o ano inteiro para mostrar o tema dos festejos na avenida.
Cientes do cancelamento dos elementos que dão destaque para o espetáculo, as entidades resolveram dar continuidade ao desfile, mas na manhã de sábado, dia 20, como era antes de 2003, junto com o desfile tradicional.
Cedo, foi feita a revista da tropa, como de costume, dando inicio ao desfile cívico militar. Depois começaram a entrar as invernadas representando o tema - Eu sou do Sul - que durou em torno de uma hora.
A criatividade dos coreógrafos, limitados pelos recursos existentes, deu um novo brilho, ao que já parecia sem chance de continuar. Entusiasmados, mostraram os povos que formaram o gaúcho, as lutas de fronteiras, os símbolos, tudo que nos faz ter orgulho de sermos gaúchos e de ser do sul.
As duas grandes paixões do Rio grande do Sul, Inter e Grêmio, estiveram representados na avenida.
Com transmissão ao vivo, permanente pela internet, da TV Tradição, mostrando o orgulho de ser do sul para o mundo inteiro assistir, foi mostrado até mesmo um churrasco, preparado no decorrer da avenida, sendo ofertado pelos assadores.
Um colorido especial mostrava nossas pilchas, nossa história, estatuas mostravam o resgate iconográfico de nosso estado.
Grafite, para mostrar o orgulho de ser do sul.
Laçadores, esquiladores, poetas, trovadores, todo tipo de artistas regionais na avenida mostrando o que o Rio Grande tem de melhor para se orgulhar de sua historia.
Frase do compositor Elton Saldanha mostra a identificação do homem gaúcho com seu cavalo: "O homem e o cavalo, o rastro é uma só"!