Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

12 de agosto de 2013

Sedac anuncia em Gramado R$ 1 milhão para produção cinematográfica gaúcha



O selo Rio Grande do Sul – Polo Audiovisual e os editais lançados pela secretaria de Estado da Cultura, por meio do Instituto Estadual de Cinema (IECine)  posicionam novamente o estado no cenário nacional e internacional da produção audiovisual.
Na terceira noite do Festival de Cinema de Gramado, nesse domingo (11) o secretário de Estado da Cultura, Assis Brasil, anunciou o II edital de Finalização para longas-metragens produzidos no estado. O investimento será de R$ 1 milhão dividido entre dez projetos e o edital estará publicado até o final do mês de agosto. Com este novo edital o Rio Grande do Sul terá, até 2014, cerca de 20 longas finalizados com recursos públicos.

O titular da pasta da cultura destacou o trabalho realizado pelo IECine “ uma atuação que colabora para que o estado retome seu lugar no cenário nacional como o terceiro polo produtor de cinema”. Assis Brasil ressaltou a esperança de que este seja um trabalho que permaneça. “ Faço o anúncio de mais este edital com orgulho pelas ações públicas que este governo desenvolve. E também com a responsabilidade de manter acesa esta chama para que possa servir de indicador às futuras administrações do estado”, concluiu. Antes do anúncio o secretário lembrou o cineasta e professor Anibal Damasceno Ferreira, falecido em abril de 2013, e que foi presença constante no Festival desde sua criação.

Outra novidade para a classe cinematográfica é o edital do Fundo de Apoio à Cultura para a Produção de Minisséries e Documentários de Televisão para exibição na TVE-RS. No valor de R$ 1,2 milhão este edital vai contemplar 10 documentários e quatro minisséries.

Noite de premiação
Na  mesma noite ocorreu  a cerimônia de premiação da Mostra Gaúcha – Prêmio Assembleia Legislativa, no Palácio dos Festivais. Todos os anos a produção local de curtas-metragens é exibida na Mostra Gaúcha, integrante da programação oficial do evento. Após uma criteriosa avaliação, a comissão de seleção chegou aos 18 títulos que integraram a competição deste ano.
O vencedor de melhor filme, O Matador de Bagé, recebeu o Troféu Assembleia Legislativa e prêmio no valor de R$ 5 mil. Além de R$ 8 mil em locação de equipamentos de iluminação, acessórios e maquinaria da Naymar-POA. O prêmio também inclui uma bolsa em um dos cursos ministrados pela Foco BR. Os vencedores das outras categorias também receberam troféu e prêmio no valor de R$ 2,5 mil.
Texto: Asscom Sedac