Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

28 de março de 2014

Acordo entre Cultura e Saúde é comemorado pela classe teatral gaúcha



Em solenidade realizada na manhã dessa quinta-feira (27) as secretarias de Estado da Cultura e da Saúde assinaram um acordo histórico, por meio do qual a Sedac passa a gerencias a ocupação dos pavilhões 5 e 6 do Hospital Psiquiátrico São Pedro. Este acordo assegura o uso dos pavilhões pelo grupos de tratro que já atuam no local.
Secretário Assis Brasil e secretária Sandra Fagundes assinam acordo.
Secretário Assis Brasil e secretária Sandra Fagundes assinam acordo.
O evento faz parte das comemorações do dia  mundial do teatro e dia nacional do circo, que é comemorado em 27 de março. O secretário da Cultura, Assis Brasil, cumprimentou os atores presentes pela data. “ Hoje é um dia muito significativo. Diante da sensibilidade da secretária da saúde, este ato consolida uma parceria que vai render os melhores frutos, potencializando tudo o que o pessoal do teatro já faz aqui no Hospital Psiquiátrico São Pedro”, afirmou. Assis Brasil também informou que a partir de agora será encaminhado o trabalho de qualificação do espaço com a execução das melhorias estruturais necessária. O projeto será feito por meio de parceria com o setor privado utilizando a Lei de Incentivo à Cultura.
Cantiga de roda para comemorar
Cantiga de roda para comemorar
A secretária da Saúde, Sandra Fagundes, destacou a assinatura como um evento de Governo que atende a uma demanda social. “ Entre a saúde a  cultura há uma intensa identidade. Cultura é saúde. Cultura é uma das liberdades fundamentais da humanidade”. A secretária destacou ainda  a inclusão da comunidade do bairro Partenon com esta ação. “ O uso dos pavilhões pelos grupos de teatro er as ações por eles desenvolvidas,  reafirma  a ocupação desse espaço de saúde e de cultura. Este trabalho modifica a relação da comunidade deste bairro com este espaço”, concluiu.
O uso dos pavilhões
Pavilhões 5 e 6 usados pelos grupos de teatro
Pavilhões 5 e 6 usados pelos grupos de teatro
O projeto faz parte da política de desinstitucionalização do Governo do Estado que propõe, através das várias expressões das artes (música, teatro, cinema e dança), estabelecer relações de inclusão da comunidade do São Pedro com a sociedade, tornando o hospital uma  referência de produção artística descentralizada da cidade. Fazem parte do Condomínio Cênico do Hospital os grupos: Falos e Stercus, Oigalê, Povo da Rua, Neelic e Caixa Preta.
O trabalho dos grupos insere no movimento anti-manicomial, com os grupos de teatro colaborando na inserção dos moradores com a comunidade, através de oficinas e apresentações artísticas, além de terem mudado o estigma do hospital ao trazer a população para dentro do espaço com seus espetáculos e ações.
São Pedro em Movimento
Porta Aberta com apresentações gratuitas no gramado do HPSP
Porta Aberta com apresentações gratuitas no gramado do HPSP
Várias apresentações estão programadas para o gramado do Hospital Psiquiátrico São Pedro, dentro das comemorações do dia do Teatro. Nesta sexta-feira (28), às 10h, o grupo Nau da Liberdade, apresenta O Resgate.
No sábado (29), às 10h, o Povo da Rua Teatro de Grupo apresenta Zona Paraíso. Os dois com estrada franca.