Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

14 de março de 2014

Porto Alegre 242 anos: mais de 85 atrações na programação

Foto: Samuel Maciel/PMPA
Programação inclui agenda diversificada de shows, exposições e serviços
Programação inclui agenda diversificada de shows, exposições e serviços
Porto Alegre completa 242 anos no dia 26 de março, mas a cidade já começa a vivenciar a programação de aniversário, que inclui mais de 85 atrações, nesta quinta-feira, 13, com a abertura da exposição Genesis do fotógrafo Sebastião Salgado, na Usina do Gasômetro. Neste ano, além da agenda cultural para envolver moradores e turistas, a comemoração inclui a entrega de serviços à população, como o início da operação do Programa Integrado Socioambiental (Pisa) e a inauguração do Mirante do Cristal do Pisa. A programação Porto Alegre – 242 anos é um tributo ao centenário do nascimento de Lupicínio Rodrigues, comemorado em 2014.
 
De 13 a 30 de março, os cidadãos poderão acompanhar uma agenda diversificada de shows, exposições, serviços à cidade, atividades esportivas, eventos literários, oficinas e ações de descentralização. O próximo grande evento ocorre domingo, 16, quando o Anfiteatro Por-do-sol receberá o show do projeto Nivea Viva o Samba, que reúne os artistas Martinho da Vila, Alcione, Diogo Nogueira e Roberta Sá, em apresentação gratuita. E a programação fecha no dia 30, com a 11ª Corrida Aniversário de Porto Alegre, com largada na avenida Edvaldo Pereira Paiva para caminhada, rústica infantil, corridas de 5km e 10km e revezamentos.
 
Conforme o prefeito José Fortunati, a proposta é envolver moradores e turistas em uma programação diversificada, com artistas locais e visitantes e entrega de serviços à população. “O mês do aniversário é excelente oportunidade para exaltar o orgulho de todos os personagens que fazem parte da nossa cidade, formada por um povo trabalhador, empreendedor e participativo”, avalia o prefeito. “Com 242 anos de história, Porto Alegre vive um momento efervescente de construção do futuro. É uma cidade que se prepara para dar melhores condições de vida aos cidadãos, em termos de mobilidade urbana, qualificação do transporte coletivo, da saúde, assistência social, entre tantos projetos que os próprios moradores estão ajudando a consolidar”, completa.
 
Sebastião Salgado – A exposição Genesis, que tem apoio da prefeitura por intermédio da Secretaria Municipal da Cultura, integra o FestFoto 2014 e resulta de um projeto de oito anos de trabalho, com 250 fotos e curadoria e projeto de Lélia Salgado. O fotógrafo Sebastião Salgado estará presente na abertura, às 19h desta quinta, na Usina do Gasômetro. A exposição fica em cartaz até 12 de maio. A jornada para a composição de Genesis, inaugurada no Museu de História Natural de Londres, começou em 2004 e durou até 2012. Consagrado pelas exposições Trabalhadores (1986-1992) e Êxodos (1994-1999), para Genesis Salgado realizou 30 viagens utilizando aviões de pequeno porte, helicópteros, barcos e canoas para atingir pontos remotos do planeta.
 
Viva o Samba – A terceira edição do projeto Nivea Viva o Samba, que divulga a música popular brasileira, leva para o Anfiteatro Por-do-sol, a partir das 16h30 de domingo, 16, show dos artistas Martinho da Vila, Alcione, Diogo Nogueira e Roberta Sá, em apresentação gratuita.
 
Serviços para a população – As comemorações de aniversário da cidade incluem agenda de entregas de projetos e oferta de serviços. Será entregue à comunidade o novo prédio da Creche Estrela Mágica, na Lomba do Pinheiro, atendendo a demanda do Orçamento Participativo. No dia 26, será inaugurado o Mirante do Cristal do Pisa. A programação inclui ainda nova edição do Brechocão, ação colaborativa de revitalização de canteiro central no Eixo Baltazar, Piquenique da Inclusão, limpeza do Arroio Dilúvio e ações de conscientização sobre o Novo Código de Limpeza Urbana.
 
24 Horas de Cultura – Uma maratona cultural durante 24 horas em diversos espaços da cidade envolvendo todas as manifestações artísticas. Este é o mote principal da atividade, que neste ano traz uma novidade: apresentações circenses, com as atrações do 1º Festival do Circo de Porto Alegre. A música contempla todos os gêneros. A Orquestra Filarmônica da PUCRS faz concerto em homenagem à Capital. Espalhados por vários locais da cidade, o samba, a MPB e a música inclusiva da Orquestra Villa Lobos completam o cardápio. Teatro, dança, instalações, artes plásticas, carnaval comunitário e literatura também constam das atividades que se estenderão entre os dias 22 e 23. Todos os espaços culturais do município estarão abertos para visitação e atividades nessas datas.
 
Medalha de Porto Alegre – Cerca de 30 personalidades serão agraciadas com a Medalha Cidade de Porto Alegre no dia 26 de março. A condecoração é entregue desde 1975 em reconhecimento à atuação de instituições, entidades e pessoas que contribuam para o desenvolvimento de projetos na cidade, vinculados às áreas dos serviços públicos exercidos pelos órgãos municipais.
 
Tributo a Lupi no Baile da Cidade – Para homenagear o mais gravado compositor gaúcho de MPB no Brasil no ano do centenário do seu nascimento, a prefeitura lançou o selo “Lupi - 100 anos de amor e de dor”, que marca as ações integrantes da programação. No dia 29, o Baile da Cidade, tradicional evento comemorativo ao aniversário de Porto Alegre, terá como destaque o show Lupi 100 Anos, reunindo os artistas Neto Fagundes, Nelson Coelho de Castro, Gelson Oliveira, Vitor Hugo, Lourdes Rodrigues, Loma, Wilson Paim, Ana Lunardi, Ana Muniz, Nani Medeiros, Bebeto Alves, Nei Lisboa e Wilson Nei.
 
Orgulho Porto-alegrense:

O tributo prestado a Lupicínio Rodrigues traduz o conceito de exaltar o orgulho da cidade e de ser porto-alegrense, durante a programação que comemora os 242 anos da Capital. O centenário de nascimento do artista porto-alegrense é celebrado em 2014. A Secretaria Municipal da Cultura planejou atrações especiais durante todo o ano em homenagem ao grande compositor, conhecido como quem melhor interpretou a “dor-de-cotovelo” nas canções.
 

Lupicínio tem grande identificação com a cidade onde nasceu, cresceu e se projetou no cenário musical brasileiro. Nascido em 16 de setembro de 1914 e falecido em 27 de agosto de 1974, trabalhou como bedel da Faculdade de Direito da Ufrgs. Boêmio, foi proprietário de casas noturnas que funcionavam como local para encontro com seus inúmeros amigos e admiradores.
 

Torcedor do Grêmio, compôs o hino tricolor em 1953 e deixou mais de 100 canções editadas, entre elas as antológicas Cadeira Vazia, Nervos de Aço, Felicidade, Se Acaso Você Chegasse, Vingança, Volta e Cevando o Amargo.
 
 Clique aqui e confira a programação completa de aniversário.


/porto_alegre_242_anos
Texto de: Carolina Seeger
Edição de: Vanessa Oppelt Conte
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.